José Cid & Madredeus

“Boa noite, hoje teremos o som de duas lendas da música lusa, começando com de seus decanos, José Albano Salter Cid de Ferreira Tavares… ou simplesmente José Cid.

Na ativa desde os anos 60, José Cid começou a se destacar no Quarteto 1111, uma banda portuguesa formada em 67, que lançaria um álbum homônimo em 1970, mas que já havia chamado a atenção com faixas inovadoras como “A Lenda de El-Rei Don Sebastião” e “A Balada de Dona Inês”… essa última premiada com o terceiro lugar no Festival RTP da Canção de 1968…

josecid

Mas seria na sua carreira solo que José Cid se tornaria realmente conhecido… ele lançou seu primeiro trabalho em 71, continuando a se apresentar com o Quarteto 1111 até 75 e lançando em 78 um dos marcos do prog. rock português… “10.000 anos depois, entre Vênus e Marte”… um trabalho conceitual que teria reconhecimento internacional.

Nos anos 80 José Cid continuaria a participar de festivais e manteria uma carreira solo variada, com trabalhos numerosos e também colaborações… e ele continua em plena atividade e tão produtivo como no seu começo de carreira, com novos discos e shows constantes… além de um grande fã-clube para quem ele é conhecido como o “Tio Cid”… mas os novos trabalhos dessa lenda viva ficam para outro programa, para hoje nós selecionamos faixas do genial “10.000 anos depois, entre Vênus e Marte”…

Vocês ouviram José Cid com “O último dia na Terra”, “Fuga para o espaço”, “Mellotron o planeta fantástico”, “A partir do zero” e “Memos”.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Nessa segunda parte do programa vamos trazer o som de um grupo que é um dos sinônimos da música lusitana contemporânea… o grande Madredeus…

ainda

Formado em 1985 pelo violonista Pedro Ayres Magalhães e pelo tecladista Rodrigo Leão, o grupo ainda não tinha nome quando encontraram a élfica vocalista Teresa Salgueiro, que participaria da gravação de seu primeiro trabalho, um álbum gravado no Teatro Ibérico, uma antiga igreja no bairro lisboeta chamado Madredeus… e o nome do disco, “Os dias da Madredeus”, acabou se tornando o nome que eles adotaram para o grupo.

osdiasdamadredeus

Eles continuaram um fenômeno conhecido apenas em Portugal até o início dos anos 90, quando começaram a chamar a atenção depois do álbum “Existir”… mas o reconhecimento internacional só viria depois do trabalho seguinte, “O Espírito da Paz” de 94, que seria seguido de uma série de apresentações internacionais, inclusive no Brasil… e chamaria a atenção do genial cineasta alemão Win Wenders, que escolheria o grupo para participar do seu filme “O de Lisboa”…

existir

A partir daí o Madredeus se tornou um fenômeno que atravessou fronteiras, mostrando que o português também é uma língua capaz de superar barreiras e ser apreciada no mundo todo… atualmente o grupo passa por um período de reestruturação, depois da saída de Teresa Salgueiro para a carreira solo em 2007… no ano passado eles lançaram o duplo “Metafonia”, seguido de um DVD, ao mesmo tempo que anunciavam um novo grupo, a Banda Cósmica, com duas vocalistas… mas, para hoje nós selecionamos material clássico do Madredeus, extraídos dos seus quatro primeiros discos…

oespiritodapaz

Vocês ouviram o Madredeus com “A peninsula”, “O pastor”, “As ilhas dos Açores”, “Os senhores da guerra”, “Pregão” e “Viagens interditas”.

Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa… 97,1.

Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com, que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você vai poder fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado…

Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

JOSÉ CID

1. O ÚLTIMO DIA NA TERRA – 4:26

2. FUGA PARA O ESPAÇO – 8:12

3. MELLOTRON O PLANETA FANTÁSTICO – 6:45

4. A PARTIR DO ZERO – 4:46

5. MEMOS – 2:15

TOTAL – 26:24

MADREDEUS

1. A PENÍNSULA – 4:01

2. O PASTOR – 3:42

3. AS ILHAS DOS AÇORES – 5:00

4. OS SENHORES DA GUERRA – 4:40

5. PREGÃO – 4:10

6. VIAGENS INTERDITAS – 2:53

TOTAL – 24:26

TOTAL GERAL: 50:50

Ouça o Art Rock com José Cid & Madredeus, que foi ao ar no dia 19/07/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: