Arquivo de dezembro, 2009

Trans-siberian Orchestra

Posted in Programas with tags on 25/12/2009 by Artrock

“Boa noite… estamos chegando no fim do ano e, como sempre, não poderíamos deixar de celebrar a festa que encerra a divina saturnália e glorifica o nascimento de Mitra… que passou a ser comemorado oficialmente em Roma em 274 por ordem do imperador Aureliano… e que, setenta anos depois, em 350, foi transformado pelo papa Júlio I no dia de nascimento do novo deus solar… Jesus de Nazareth.

Para comemorar o nascimento de todos esses deuses a gente sempre seleciona algum tema apropriado… e, dessa vez, escolhemos um trabalho conceitual dos anos 90, o álbum “Christmas Eve & Other Stories” do grupo Trans-siberian Orchestra, criado em em 96 pelo produtor e compositor Paul O’Neil, que passou a se dedicar à proposta das óperas rock depois de seu envolvimento com o grupo Savatage, de Jon e Chris Oliva.

 

A parceria de Paul com o Savatage continuaria mesmo depois que Chris Oliva deixou o nosso plano da realidade em 93… e ele levaria essa colaboração adiante no projeto Trans-siberian Orchestra, que lançaria em 96 o álbum “Christmas Eve & Other Stories”… seu disco de estréia, em que já reuniam um verdadeiro exército de músicos e colaboradores, formando uma orquestra de 60 integrantes para as gravações em estúdio.

E as exibições ao vivo não ficavam muito atrás, chegando a incluir nos shows nada menos do que 14 vocalistas e 14 músicos, acompanhados de dois narradores… tudo isso para explorar temas que tem a ver com esses eventos que encerram nossos anos… uma tradição que é muito anterior ao atual ritual das compras desenfreadas… mais antigo até do que o próprio cristianismo.

Vocês ouviram a Trans-siberian Orchestra com “O come All Ye Faithfull/O Holy Night”, “A Star To Follow”, “First Snow”, “The Prince Of Peace”, “Christmas Eve/Sarajevo 12/24” e “Good King Joy”.

A gente volta já!

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar trazendo a Trans-siberian Orchestra, de Paul O’Neil… para celebrar como bons devotos, o nascimento da Luz Inefável de Mitra…  o Sol triunfante!

Mas, na verdade, o Natalis Solis Invicti, o Nascimento do Invencível Deus Sol… é só um dos muitos nomes dessa festa do solstício de inverno no hemisfério norte… e o divino Mitra é só um dos muitos deuses celebrados nesse dia… como Hórus, filho de Isis… ou ainda Tamuz, filho de Semíramis… e também Dionísio, que os romanos chamavam de Baco… não esquecendo do Senhor Krishna e do próprio Buda.

E o álbum “Christmas Eve & Other Stories” também não foi o único que a Trans-siberian Orchestra produziria com temas natalinos… em 98 seria a vez de “The Christmas Attic”, seguido em 2004 por “The Lost Christmas”… mas eles também lançariam outras duas óperas que fugiriam desse tema… primeiro foi “Beethoven’s Last Night” de 2000… e depois, em 2009, o ambicioso “The Night Castle”…

O grupo continua em plena atividade, e mantém a mesma estrutura, com uma formação que volta a reunir dezenas de músicos, entre vocalistas e instrumentistas, liderados por Paul O’Neil, juntamente com Jon Oliva e Robert Kinkel nos teclados e composição e Al Pitrelli nas guitarras e na direção musical… mas esse novo álbum fica para outro Art Rock… por hoje vamos fechar com mais um pouco de “Christmas Eve & Other Stories”…

Com a Trans-siberian Orchestra vocês ouviram “Ornament”, “The First Noel”, “Old City Bar”, “Promises to Keep”, “The Christmas Day”, “An Angel Returned” e “O Holy Night”.

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1…
Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA

1. O COME ALL YE FAITHFULL/O HOLY NIGHT – 4:19

2. A STAR TO FOLLOW – 3:49

3.    FIRST SNOW – 3:53

4.    THE PRINCE OF PEACE – 3:33

5.    CHRISTMAS EVE/SARAJEVO 12/24 – 3:25

6.    GOOD KING JOY – 6:36

TOTAL – 25:35

TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA

1.    ORNAMENT – 3:37

2.    THE FIRST NOEL – 0:55

3.    OLD CITY BAR – 6:18

4.    PROMISES TO KEEP – 2:41

5.    THE CHRISTMAS DAY – 4:20

6.    AN ANGEL RETURNED – 3:52

7.    O HOLY NIGHT – 2:40

TOTAL – 24:24

Total geral: 49:59

Ouça o Art Rock com Trans-siberian Orchestra que foi ao ar no dia 20/12/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Esperanto

Posted in Programas with tags on 20/12/2009 by Artrock

“Boa noite… no programa de hoje teremos um daqueles grandes grupos que teve poucos discos e, infelizmente, é muito pouco conhecido… o genial Esperanto.

Esse projeto multinacional, surgiu em 71 a partir do violinista belga Raymond Vincent, líder do grupo Wallace Collection… ele reuniu originalmente um quarteto, mas o número de músicos envolvidos iria crescer com o tempo e o Esperanto acabaria se tornando uma verdadeira orquestra, com uma dúzia de integrantes que se definiam justamente pelo seu background variado, misturando muitas influências musicais, além das próprias nacionalidades.

E a idéia de adotar o nome da língua internacional, criada por Ludwik Zamenhof no século XIX, foi perfeita para ilustrar o que seria a sua proposta musical, uma complexa trama onde os teclados do belga Bruno Libert dialogavam sem cessar com os outros instrumentistas… acompanhados das vocalizações surpreendentes da havaiana Bridget Dudoit, da neozelandesa Joy Yates e dos australianos Glenn Shorrock e Janice Slater.

O álbum “Esperanto: Rock Orchestra” sairia em 73, e o grupo saiu em tour, primeiro como banda de apoio do Sha Na Na e depois, com muito mais sucesso, abrindo para os Strawbs… e eles voltariam logo depois ao estúdio para preparar mais um álbum, “Danse Macabre”, que teria a produção do grande Pete Sinfield… o poeta do King Crimson e do Emerson, Lake & Palmer… mostrando bem o entusiasmo por esse grupo que acabaria tendo vida curta.

Vocês ouviram o Esperanto com “Perhaps one day”, “Roses”, “The Duel” e “The Prisoner”…

A gente volta já!

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar trazendo o Esperanto… um grupo que merecia ter ido muito mais longe do que foi… e hoje anda quase esquecido…

Depois do lançamento do segundo álbum, o Esperanto seguiu em uma tour conjunta com o Magma, que também tinha contrato com a A & M Records… mas eles continuaram sem receber nenhuma informação sobre as vendas ou royalties do seu trabalho… um problema que já havia levado a mudanças no grupo, como a saída do vocalista/guitarrista Glenn Shorrock, substituído por Keith Christmas… que também não ficaria por muito tempo.

Outras mudanças se seguiram… e, em seu terceiro álbum, o Esperanto teria apenas 8 integrantes… incluindo os novos vocalistas Roger Meakin e Kim Moore… mas o grupo estava finalmente encontrando um formato definitivo, com shows e tours muito bem sucedidas… incluindo festivais importantes como Reading e Newcastle… infelizmente, os músicos continuavam se sentindo meio abandonados pela gravadora, que, no fim, resolveu que não tinha intenção de renovar o seu contrato.

Em meio a um desânimo geral, o Esperanto acabou se separando… e levaria muito tempo para os seus três únicos álbuns fossem editados em CD… permitindo que o seu som fosse redescoberto… e para fechar o programa de hoje, selecionamos faixas de “Danse Macabre” de 74 e também de “Last Tango”, o último registro do grupo, lançado em 1975.

Com o Esperanto, vocês ouviram “The Journey”, “Danse Macabre”, “Eleanor Rigby” e “Obsession”…

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1…
Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ESPERANTO

1. PERHAPS ONE DAY – 4:29

2. ROSES – 5:41

3. THE DUEL – 7:05

4. THE PRISONER – 7:20

TOTAL – 24:35

ESPERANTO

1. THE JOURNEY – 10:14

2. DANSE MACABRE – 2:03

3. ELEANOR RIGBY – 7:42

4. OBSSESSION – 4:36

TOTAL – 24:35

Total geral: 49:10

Ouça o Art Rock com Esperanto que foi ao ar no dia 13/12/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Bill Bruford & Absolute Elsewhere

Posted in Programas with tags , on 14/12/2009 by Artrock

Boa noite… hoje teremos no programa um dos mais carismáticos bateristas do prog. rock… o genial Bill Bruford, que é mais conhecido por suas passagens pelo Yes e pelo King Crimson… mas que nós vamos trazer em dois outros momentos da sua longa carreira.

William Scott Bruford nasceu em Kent, na Inglaterra, em 1949… e é uma daquelas figuras constantes na história do rock, que sempre se manteve em atividade, tanto em sua carreira solo, como participando de grupos e muitos projetos… incluindo um breve retorno com os seus velhos companheiros do Yes nos anos 90… e, é claro, uma volta bem mais prolongada com o King Crimson.

Mas, para o programa de hoje, vamos explorar uma outra fase da sua carreira, começando com seus primeiros trabalhos solo, lançados no final dos anos 70, depois de suas primeiras passagens pelo Yes & Crimson… e antes da formação da Bill Bruford’s Earthworks.

Nessa sua investida solo, ele começou trazendo um time de peso, incluindo as guitarras de Alan Holdsworth (do Soft Machine, Tempest & Gong) e John Goodsall (do Brand X), o baixo de Jeff Berlin e os teclados e Dave Stewart (ex-The Egg)… e o resultado pode ser conferido nos álbuns “Feels good to me” de 77 e “One of a Kind” de 79…

Vocês ouviram Bill Bruford com “Back to the beginning”, “Beelzebub”, “Feels good to me”, “If you can’t stand the heat”, “Hell’s Bells” e “Five G”.

A gente volta já!

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer um momento pouco conhecido da carreira de Bill Bruford… sua participação no álbum “In search of ancient Gods”, do projeto Absolute Elsewhere.

Além de Bill Bruford na bateria, esse grupo era formado pelo tecladista Paul Fishman, o guitarrista Philip Saatchi e o baixista Jon Astrop… e na verdade era um veículo para a criação de uma viagem sonora, inspirada na obra do icônico escritor alemão Erich Von Däniken… autor do clássico “Eram os Deuses Astronautas”… um dos livros fundamentais para entender a mitologia dos anos 60/70…

A idéia de que os deuses da antiguidade eram extra-terrestres influenciaria muito do que foi feito na ficção científica das últimas décadas, incluindo livros, filmes, séries de TV e toda uma concepção mítico-histórica que, na época, era levada muito a sério… recebendo muita atenção da mídia em todo o mundo, apesar de ter sido desde logo desconsiderada pela ciência.

No mundo da música, muitos trabalhos se inspiraram na rica viagem especulativa de “Eram os Deuses Astronautas”… mas esse álbum de 76 era mais diretamente ligado a Von Däniken, com direito a notas de sua autoria nos encartes, além de ilustrações extraídas de seus livros… e o resultado desse encontro singular foi recuperado em CD, permitindo um vislumbre de mais esse momento quase perdido do prog. dos anos 70.

Com o Absolute Elsewhere vocês ouviram “Earthbound/Future Past”, “Gold of the Gods” e “Miracles of the Gods”…

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

BILL BRUFORD

BG – SAMPLE AND HOLD

1. BACK TO THE BEGINNING – 7:25

2. BEELZEBUB – 3:22

3. FEELS GOOD TO ME – 3:53

4. IF YOU CAN’T STAND THE HEAT – 3:27

5. HELL’S BELLS – 3:33

6. FIVE G – 4:46

BG  – THE ABINGDON CHASP

TOTAL – 26:26

ABSOLUTE ELSEWHERE

BG – MOON CITY

1. EARTHBOUND/FUTURE PAST – 9:02

2. GOLD OF THE GODS – 2:39

3. MIRACLES OF THE GODS – 11:47

BG – RETURN TO THE STARS

TOTAL – 23:28

Total geral: 49:54

Ouça o Art Rock com Bill Bruford & Absolute Elsewhere que foi ao ar no dia 06/12/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Isle of Wight Festival

Posted in Programas with tags on 08/12/2009 by Artrock

“Boa noite… hoje teremos no programa um pouco de um dos grandes festivais da história do rock, um momento mágico que é lembrado até hoje… mas não estamos nos referindo a Woodstock, e sim ao Festival da Ilha de Wight.

Na verdade houve mais de um desses famosos encontros… o primeiro ocorreu em 68, mas, na época, foi anunciado como “The Great South Coast Bankholiday Pop Festivity”, e tinha como atração principal o Jefferson Airplane, mas contava ainda com Pretty Things, The Move, Crazy World of Arthur Brown e o lendário Tyranossaurus Rex de Marc Bolan…

 

 

Em 69 houve outro festival, que já receberia o nome de Isle of Wight Festival of Music… e as atrações seriam muitas… The Band, Bob Dylan, Blodwyn Pig, The Nice, Rithie Havens, Moody Blues e The Who, entre outros… e, assim como o primeiro evento, esse também foi um grande sucesso… reunindo em dois dias um público de mais de 150 mil pessoas…

No entanto, seria o terceiro encontro que realmente entraria para a história, tornando-se um evento apoteótico, com um público estimado entre 600 e 800 mil pessoas… o que o torna até hoje o maior festival já realizado em terras britânicas… e ele seria tão cheio de controvérsias que só voltaria a ocorrer em 2002… mas, para essa primeira parte do programa, vamos ouvir pouco dos shows de Joni Mitchell, Emerson, Lake & Palmer, Moody Blues e Family, para lembrar o Isle of Wight Festival de 1970.

Vocês ouviram momentos do Festival da Ilha de Wight de 1970… primeiro foi Joni Mitchell com “The Big Yellow Taxi”, depois foi o Emerson, Lake & Palmer com “Blue Rondó a La Turk”, na seqüência foram os Moody Blues com “Nights in White Satin” e, para fechar, “Weaver’s Answer” com o Family.

A gente volta já!

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar trazendo um pouco do Festival da Ilha de Wight de 1970… um dos mais memoráveis encontros da história do rock.

O sucesso dos dois festivais anteriores levou os organizadores a mirar alto para o terceiro… recrutando uma seleção de músicos absolutamente insuperável… com nomes como Kris Kristofferson, Taste, Chicago, Leonard Cohen, Procol Harum, Cactus, John Sebastian, Joni Mitchell, Miles Davies, Ten Years After, Emerson, Lake & Palmer, The Doors, The Who, Melanie, Sly & the Family Stone, Free, Donovan, Jethro Tull, Joan Baez, Richie Havens e Jimi Hendrix…

Mas… durante os vários dias em que durou o festival, entre 26 e 30 de agosto de 1970, houve tempo para muitos outros shows, tanto nos palcos principais como nos secundários, incluindo bandas ainda pouco conhecidas como o Supertramp e o Hawkwind… e até de um certo futuro ministro, na época exilado na Inglaterra, chamado Gilberto Gil…

Várias dessas performances foram sendo tornadas disponíveis no correr dos anos, através de lançamentos dos próprios músicos envolvidos e também de especiais para celebrar esse lendário festival… e para fechar o programa de hoje nós selecionamos faixas da genial apresentação do Jethro Tull, que ocorreu no domingo, dia 30 de agosto… e que pode ser encontrada no CD e DVD “Nothing is Easy: Live at Isle of Wight 1970”, de 2004…

Com o Jethro Tull, vocês ouviram “My Sunday Feeling”, “My God”, “To Cry you a Song”, “Boureé” e “Nothing is Easy”… todas extraídas do álbum “Nothing is Easy: Live at Isle of Wight 1970”…
Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1…

Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ISLE OF WIGHT FESTIVAL

1. JONI MITCHELL – THE BIG YELLOW TAXI – 2:55

2. ELP – BLUE RONDO A LA TURK – 7:24

3. MOODY BLUES – NIGHTS IN WHITE SATIN – 5:01

4. FAMILY – WEAVER’S ANSWER – 7:06

TOTAL – 22:26

ISLE OF WIGHT FESTIVAL

1. MY SUNDAY FEELING – 5:20

2. MY GOD – 7:30

3. TO CRY YOU A SONG – 5:40

4. BOUREE – 4:34

5. NOTHING IS EASY – 5:36

TOTAL – 27:00

Total geral: 49:26

Ouça o Art Rock com Isle of Wight Festival, que foi ao ar no dia 29/11/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *