Peter Gabriel

“Boa noite, hoje teremos no programa a força criativa por trás da melhor fase do grande Genesis… o genial Peter Gabriel…

Nascido em Chobham, na Inglaterra, em 1950, Gabriel emergiu no cenário do progressivo quando este ainda estava em sua formação, fundando o seminal grupo Genesis em 1967… e ele levaria o grupo aos limites em termos de poética e teatralidade, influenciando muito do que se fazia no prog. rock da época com a força de suas apresentações que beiravam o expressionismo.

As fantasias, os jogos de luz e cor, a projeção de vídeos e a interpretação de cada personagem individual de suas músicas… tudo compunha uma experiência única no mundo do rock do começo dos anos 70, transformando o Genesis em um fenômeno… e ele estava em seu auge quando Gabriel resolveu buscar outros caminhos e deixou o grupo em 76.

No ano seguinte saiu seu primeiro trabalho solo, que já reunia a mistura de elementos e ritmos que seria a sua marca registrada… e que o acompanham até hoje… mas, antes de ouvir o seu mais novo trabalho, vamos começar com um pouco do seu começo de carreira, com faixas extraídas do álbum “Peter Gabriel” de 77 e também de “Peter Gabriel 3” de 80, que contou com a presença de Peter Hammil e Robert Fripp…

Vocês ouviram Peter Gabriel com “Down the Dolce Vita”, “Solsbury Hill”, “Here Comes the Flood”, “No self control” e “Games without frontiers”.

O Art Rock volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer um pouco do mais novo trabalho do grande Peter Gabriel, um álbum de covers que é a primeira parte de um projeto que tem a sua cara… “Scratch my back”…

A idéia surgiu em 2008 e começou com a intenção de ser um lançamento duplo… dois discos lançados simultaneamente, o primeiro com versões feitas por Gabriel para faixas de outros músicos… e o segundo uma coletânea feita por esses mesmos músicos só com faixas do próprio Gabriel… mas reunir artistas como Randy Newman, Lou Reed, David Bowie, Neil Young e até Radiohead para um projeto conjunto é uma tarefa que leva tempo, por isso o segundo disco acabou atrasando.

Esta é uma idéia típica de Peter Gabriel, pois transforma algo banal, como uma coletânea de covers, em um projeto que reúne estilos e vozes diferentes para afirmar a força do rock, em suas diversas formas, como uma linguagem musical capaz de comunicar a solidão compartilhada desse nosso mundo globalizado, onde a realidade está em vias de sofrer sua derradeira metamorfose, transformando-se em meros bits de informação.

Distante da riqueza rítmica de seus outros trabalhos, esse novo álbum mostra um Gabriel introspectivo, com uma sonoridade dominada por climas que remetem ao paradigma progressivo, executados com a London Scratch Orchestra, arranjos de John Metcalfe e produção intimista do veterano Bob Ezrin… o resultado saiu no começo de 2010… o impecável “Scratch my back”.

Vocês ouviram Peter Gabriel com “Heroes” de David Bowie, “The Boy in the Bubble” de Paul Simon, “The Power of the heart” de Lou Reed, “The Book of Love” dos Magnetic Fields, “Philadelphia” de Neil Young e “Waterloo Sunset” dos Kinks.

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado…

Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

PETER GABRIEL

BG – MODERN LOVE

1. DOWN THE DOLCE VITA – 5:06

2. SOLSBURY HILL – 4:21

3. HERE COMES THE FLOOD – 5:36

4. NO SELF CONTROL – 3:56

5. GAMES WITHOUT FRONTIERS – 4:06

BG – INTRUDER 4:54

TOTAL – 23:05

PETER GABRIEL

BG – APRES MOI

1. HEROES – 4:09

2. THE BOY IN THE BUBBLE – 4:28

3. THE POWER OF THE HEART – 5:52

4. THE BOOK OF LOVE – 3:52

5. PHILADELPHIA – 3:46

6. WATERLOO SUNSET – 3:50

BG – LISTENING WIND

TOTAL – 25:57

GRAND TOTAL – 49:02

Ouça o Art Rock com o Peter Gabriel que foi ao ar no dia 06/06/2010, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

3 Respostas to “Peter Gabriel”

  1. Sérgio Visentin Says:

    O melhor programa de rock progressivo da rede.

    Tenho aprendido bastante sobre conjuntos de rock progressivo que nao chegavam no Brasil nos anos 70 e tambem dos novos rocks progressivos.

    Dava pra fazer um sobre o Caravan, grato.

  2. Vidal Costa Says:

    Obrigado, Sérgio… e pode ficar tranquilo que já escalei um Caravan para atender ao seu pedido!

    Vidal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: