Pink Floyd & Genesis

“Boa noite, hoje teremos no programa dois momentos marcantes do prog. inglês, com grupos que são presença obrigatória na discoteca de qualquer um que goste de rock… não importando o estilo ou a época.

E vamos começar com um dos trabalhos mais celebrados do decano da psicodelia inglesa… o álbum “Atom Heart Mother”, do grande Pink Floyd… que foi lançado em 1970 e seria o responsável por marcar o início do que seria a ascensão definitiva do grupo ao megaestrelato que alcançariam depois daquele que seria um dos discos mais importantes da história do rock, e um dos mais vendidos da história da música… o genial “The Dark Side of the Moon” de 73…

Na época de “Atom Heart Mother”, o Floyd já era cultuado, e eles estavam investindo alto, gravando pela primeira vez em uma mesa de oito canais… coisa rara naqueles tempos… e também foi o primeiro a receber mais tarde o tratamento quadrafônico… o resultado foi um álbum clássico, com uma sonoridade rica e elaborada, principalmente na faixa título… e é claro com a sua inesquecível capa mostrando a vaca Lulubelle… ideia do genial designer Storm Thorgerson…

O nome do disco, e também da impressionante suíte que dominava o lado A do vinil, foi inspirado em uma matéria do Evening Standard que descrevia uma mulher que iria receber um marca-passo movido a bateria atômica… uma invenção que, como o álbum “Atom Heart Mother”, veio de uma época distante, em que, por estranho que pareça, o futuro parecia muito mais perto…

Vocês ouviram o Pink Floyd com a genial suíte “Atom Heart Mother”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora teremos outro grupo essencial do prog. inglês dos anos 70… o grande Genesis, que chegou a ser uma quase unanimidade de crítica e público durante a fase em que Peter Gabriel era a sua força criativa.

Claro que o Genesis também dispensa maiores apresentações, ainda mais na época de Peter Gabriel, em que o grupo não apenas fez parte da fundação da própria linguagem progressiva, no final dos anos 60, mas também se firmaria como um dos grandes representantes do estilo… tanto pela força da sua música quanto pela sua poética singular e pela criação de apresentações inesquecíveis em seus shows…

Mais tarde o grupo teria que mudar muito para sobreviver em meio a uma realidade mercadológica que passou a ignorar tudo que não fosse comercial… mas isso seria durante a era do seu segundo líder, o baterista e futuro hit maker Phil Collins, que tomaria o controle definitivo quando a outra figura dominante, o guitarrista Steve Hackett, resolveu sair também no final dos anos 70.

E para o programa de hoje nós selecionamos faixas do genial álbum “Foxtrot” de 72… dando ênfase para a épica “Supper’s Ready”… uma suíte em sete partes cujo momento culminante era representado no palco pela figura de Gabriel erguendo um longo tubo de luz negra como se fosse uma espada… anos antes de George Lucas inventar os sabres de luz de “Guerra nas Estrelas”…

Vocês ouviram o Genesis com “Time table” e “Supper’s Ready”, ambas do genial album “Foxtrot”, de 72…

O Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você vai poder fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado…

Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

PINK FLOYD

BG – FAT OLD SUN

1. ATOM HEART MOTHER – 23:36

BG – SUMMER OF 68

TOTAL: 23:36

GENESIS

BG – WATCHER OF THE SKIES

1. TIME TABLE – 4:47

2. SUPPER’S READY – 22:58

BG – GET THEM OUT BY FRIDAY

TOTAL – 27:45

GRAND TOTAL – 51:21

Ouça o Art Rock com o Pink Floyd & Genesis que foi ao ar no dia 19/12/2010, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

3 Respostas to “Pink Floyd & Genesis”

  1. Augusto da Veiga Says:

    Mais uma vez, parabéns pelo programa. Na década de 70 foi com esses clássicos que entendi o que é Rock Progressivo.

  2. Walber França Says:

    Super Classicos do progressivo! Duas bandas de importancia impar para a musica progressiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: