Arquivo para março, 2011

Jethro Tull & Circulus

Posted in Programas with tags , on 25/03/2011 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje vamos trazer um pouco do folk rock britânico… começando com um grupo que é uma das unanimidades do rock, o grande Jethro Tull.

Naturalmente, o Jethro dispensa maiores apresentações, pois foi e continua sendo um dos grupos mais respeitados tanto no mundo do prog quanto do folk rock… e eles estão em plena tour comemorativa dos 40 anos do clássico álbum “Aqualung”… uma tour  imperdível para os fãs desse grupo que sempre  já experimentou com vários estilos, sempre oferecendo trabalhos geniais.

No começo o guitarrista Mick Abrahams tentou levar o Jethro na direção dos blues amplificados, no estilo de um Savoy Brown, mas a sua saída abriu o caminho para a liderança de Ian Anderson, e o flautista e vocalista tinha outros planos… sob a sua batuta o grupo se voltaria para o folk rock e para o progressivo, cruzando as duas linguagens de uma forma única e inconfundível.

O Tull tem uma vasta discografia e muitos dos seus álbuns podem ser considerados essenciais… mas, para o programa de hoje, nós selecionamos material extraído do estupendo disco ao vivo lançado em 1992… o genial “A little Light Music”, em que o grupo apresentava o seu lado mais folk, graças à presença do baixista Dave Pegg e do baterista David Mattacks, ambos pertencentes ao decano do folk rock inglês… o grande Fairport Convention…

Vocês ouviram o Jethro Tull com “Living in the past”, “Rocks on the road”, “John Barleycorn” (que é uma canção folk tradicional) e, por último, “Locomotive Breath”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora, para mostrar que o folk rock está bem vivo na velha Inglaterra, vamos trazer um dos melhores exemplos da nova geração folk… o genial Circulus.

Formado nos anos 90, o Circulus foi uma criação do multi-instrumentista Michael Thyak… e, desde o início, foi um grupo voltado para o resgate do lado mais psicodélico dos grupos de folk rock dos anos 60, com influências que vão desde o grande Incredible String Band até outras muito mais obscuras, como o seminal Jade, de Dave Waite & Marianne Segal, que lançou em 70 seu único álbum, a obra prima “Fly On Strangewings”.

A partir dessas inspirações, Michael Thyak criou um grupo de formações variadas… e eles lançariam em 1999 o seu primeiro registro, o EP “Giantism”… mas seria só em 2005 que eles chamariam a atenção com o álbum de estreia “A Lick on the tip of na envelope yet to be sent”, onde misturavam instrumentos tradicionais com guitarras e teclados contemporâneos, em meio a arranjos complexos e contracantos…

Tudo isso é acompanhado nos shows por um visual saído da Renascença ou do Barroco… mas combinado a uma rica tapeçaria psicodélica… infelizmente, os vocais e o harmonium de Lo Polidoro não seriam ouvidos no álbum de 2009, “Thoughts become reality”, pois ela seguiria em carreira solo, mas o Circulus continuou firme… e nós selecionamos um pouco do seu primeiro trabalho e também de “Clocks are like people”, de 2006…

Vocês ouviram o Circulus com “Miri it is”, “My body is made of sunlight”, “Power to the pixies”, “Wherever she goes”, “Willow tree” e “To the fields”.

O Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Rádio Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado…
Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

JETHRO TULL

BG – BOURÉE

1. LIVING IN THE PAST – 5:07

2. ROCKS ON THE ROAD – 7:04

3. JOHN BARLEYCORN – 6:34

4. LOCOMOTIVE BREATH – 5:51

BG – LOOK INTO THE SUN

TOTAL: 24:36

CIRCULUS

BG – THE SCARECROW

5. MIRI IT IS – 2:37

6. MY BODY IS MADE OF SUNLIGHT – 3:55

7. POWER TO THE PIXIES – 6:14

8. WILLOW TREE – 4:56

9. WHEREVER SHE GOES – 4:18

10. TO THE FIELDS – 3:22

BG – ORPHEUS

TOTAL – 25:22

Total geral: 49:58

Ouça o Art Rock com o Jethro Tull & Circulus que foi ao ar no dia 12/02/2011, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Collosseum II & Thin Lizzy

Posted in Programas with tags , on 25/03/2011 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos um programa especial, para lembrar uma grande figura do rock, nos mais diversos estilos…  o grande guitarrista Gary Moore, que deixou o nosso plano da realidade, pegando o mundo do rock de surpresa…

Nascido em Belfast, na Irlanda do Norte, Gary Moore foi influenciado pelo grande Peter Green do Fleetwood Mac… e seu primeiro grupo a ter alguma repercussão foi o Skid Row… um grupo irlandês que nada tem a ver com a banda homônima dos anos 80 nos Estados Unidos… o Skid Row original só lançaria dois álbuns… e o seu talentoso guitarrista acabaria indo ajudar o amigo Phil Lynott no Thin Lizzy por uns tempos, tentando depois começar uma carreira solo com o álbum “Grinding Stone”…

Mas ele só se tornaria conhecido depois de sua passagem pelo grande grupo de jazz rock do batera Jim Hiseman… o Colosseum II foi a segunda encarnação desse super-grupo, e contava ainda com os teclados de Don Airey e o baixo de Neil Murray… e foi a partir de então que Gary Moore começou a ser reconhecido com um dos mais versáteis guitarristas da sua geração, passando sem problemas do rock pesado para as fraseados jazzísticos e depois para o blues…

Ele voltaria a tentar a carreira solo… e depois também voltaria a integrar o Thin Lizzy… e para essa primeira parte do programa, nós selecionamos faixas do primeiro álbum do grupo Colosseum II… o excelente “Strange New Flesh” de 1976…

Com o Colosseum II vocês ouviram “Dark Side of the Moog”, “Down to you”, “Gemini and Leo” e “Secret places”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Agora teremos outro momento da longa carreira de Gary Moore… uma das suas passagens pelo grupo de seu amigo Phil Lynott… o grande Thin Lizzy.

O Thin Lizzy foi formado em Dublin, na Irlanda, em 1969… e surgiu da reunião de dois membros do Orphanage, o vocalista Phill Lynott e o baterista Brian Downey, com o guitarrista Eric Bell e o tecladista Eric Wrixon, ambos ex-integrantes do grupo Them do grande Van Morrison… e o nome foi inspirado em um robô chamado Tin Lizzie, tirado da revista em quadrinhos The Dandy…

O grupo se tornaria um dos grandes nomes do hard rock britânico dos anos 70… e a sua figura central, Phill Lynott, cuja mãe era brasileira, é até hoje reconhecido como uma das vozes mais originais da sua geração, além de uma poética singular, que seria uma das marcas do Thin Lizzy… e o seu amigo Gary Moore fez parte do grupo em três ocasiões… primeiro para substituir Eric Bell em 73, novamente para a tour americana de 76 no lugar de Brian Robertson… e mais uma vez em 1978.
Em suas passagens pelo Thin Lizzy, Gary Moore mostrava a sua versatilidade, com um som bem diferente da sua fase jazzística… a partir dos anos 80 ele se concentraria no rock pesado, antes de dar outra guinada em sua carreira e mergulhar no blues… ele partiu para muito além da Ilha Esmeralda no dia 2 de Fevereiro de 2011, e o som da sua guitarra vai fazer falta… para essa segunda parte do programa, nós selecionamos faixas do único álbum que gravou com o Lizzy, o genial “Black Rose” de 79…

Vocês ouviram “Waiting for an alibi”, “Do anything you want to”, Thoughest street in town”, “Got to give it up”, “Get out of here” e “Roisin dubh (Black Rose): a Rock Legend”, com o Thin Lizzy, na época em que Gary Moore era o seu guitarrista.

O Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você vai poder fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

COLOSSEUM II

BG – WINDS

1. DARK SIDE OF THE MOOG – 6:17

2. DOWN TO YOU – 9:01

3. GEMINI AND LEO – 4:47

4. SECRET PLACES – 3:56

BG – ON SECOND THOUGHTS

TOTAL: 24:03

THIN LIZZY

BG – WITH LOVE

1. WAITING FOR AN ALIBI – 3:29

2. DO ANYTHING YOU WANT TO – 3:52

3. TOUGHEST STREET IN TOWN – 4:00

4. GOT TO GIVE IT UP – 4:23

5. GET OUT OF HERE – 3:37

6. ROISIN DUBH (BLACK ROSE): A ROCK LEGEND – 7:08

BG – S&M

TOTAL – 26:30

GRAND TOTAL – 50:26

Ouça o Art Rock com o  Collosseum II & Thin Lizzy que foi ao ar no dia 05/02/2011, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Captain Beefheart & Frank Zappa

Posted in Programas with tags , on 15/03/2011 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos um programa para lembrar o incorrigível Don Van Vliet… também conhecido como o grande Captain Beefheart… que acionou a hiperpropulsão da sua espaçonave e deixou a nossa para trás a nossa pálida realidade no final de 2010…

Na verdade ele se chamava Donald Glenn Vliet e nasceu em 41, na cidade de Glendale na Califórnia… era uma criança precoce, com dons para a pintura e escultura que não foram estimulados pelos pais, acabando por tomar o rumo da música em parte devido à amizade com outro menino precoce… um certo Frank Vincent Zappa…  e foi nessa época, ainda na adolescência, que os dois inventaram o nome que Donald adotaria para o seu alter-ego…  Captain Beefheart!

A Captain Beefheart and his Magic Band lançaria seu primeiro trabalho em 65… o compacto para “Diddy Wah Diddy” de Bo Diddley… mas eles só ganhariam repercussão após o lançamento em 67 do álbum “Safe as Milk”… e a sua forma definitiva só viria mesmo em 69, quando lançaram o seminal duplo “Trout Mask Replica”…

Nessa época o grande guitarrista Ry Cooder já havia deixado o grupo… mas a colagem de elementos de blues e folk-rock do primeiro disco tinha se transformado em algo muito mais surpreendente… conservando apenas a voz inconfundível de Don Van Vliet… e nós selecionamos um pouco desse álbum indispensável para celebrar esse velho navegante que nos deixou para explorar o espaço distante…

Vocês ouviram a Captain Beefheart and his Magic Band, com “Frownland”, “Ella Guru”, “Moonlight in Vermont”, “Sweet Sweet bulbs”, “When Big Joan sets up”, “Ant Man Bee” e “Veteran’s Day poppy”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nessa segunda parte do programa vamos trazer um pouco da colaboração entre Frank Zappa e Don Van Vliet… dois exemplos de genialidade da história do rock…

Depois da boa repercussão do álbum de estreia da Magic Band, as coisas acabaram se perdendo para o seu capitão… além das mudanças de formação, o segundo álbum, “Strictly Personal” de 68, foi remixado pelo produtor e manager, Bob Krasnow… e ele lançou o disco sem consultar os membros do grupo.

A crise quase levou Van Vliet e largar a música… não fosse pelo amigo Frank Zappa, que havia fundado o selo Straight Records, e ofereceu um contrato e ainda produziu o genial “Trout Mask Replica”… que a gente tocou na primeira parte do programa… mas essa não foi a última vez que os dois parceiros de infância juntaram suas forças criativas.

No álbum “Hot Rats” de 69, Frank Zappa teve a ajuda do multi-instrumentista Ian Underwood, do violinista Jean-Luc Ponty, do guitarrista Lowell George, de “Sugarcane” Harris na rabeca e de seu velho amigo Don Van Vliet… que, no fim, deixaria o mundo do rock nos anos 80, para se dedicar às artes plásticas… produzindo muito nessa área desde então… a esclerose múltipla calou a sua voz em 2010, mas sempre vamos poder continuar a ouvir as loucuras do velho Captain Beefheart…

Vocês ouviram Frank Zappa com “Willie the Pimp” (que teve os vocais de Captain Beefheart)… e depois foi “Peaches in Regalia”, “Son of Mr. Green Genes” e “Little Umbrellas”.

O Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Rádio Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado…

E para você que curte o Art Rock… atenção para o novo horário: a partir da semana que vem ele irá ao ar nos Sábados às 22hs… até lá!”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

CAPTAIN BEEFHEART

BG – PACHUCO CADAVER

1. FROWNLAND – 1:40

2. ELLA GURU – 2:27

3. MOONLIGHT IN VERMONT – 3:57

4. SWEET SWEET BULBS – 2:21

5. WHEN BIG JOAN SETS UP – 5:18

6. ANT MAN BEE – 3:56

7. VETERAN’S DAY POPPY – 4:32

BG – WILD LIFE

TOTAL: 24:21

ZAPPA

BG – THE GUMBO VARIATIONS

1. WILLIE THE PIMP – 9:17

2. PEACHES IN REGALIA – 3:39

3. SON OF MR GREEN GENES – 9:00

4. LITTLE UMBRELLAS – 3:04

BG – IT MUST BE A CAMEL

TOTAL – 25:00

GRAND TOTAL – 49:21

Ouça o Art Rock com o Captain Beefheart & Frank Zappa que foi ao ar no dia 30/01/2011, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *