Incredible String Band & Trees

“Boa noite, no programa de hoje vamos mergulhar no folk rock britânico, começando com o som de um dos seus grupos mais geniais… a incomparável Incredible String Band.

A Incrível Banda de Cordas surgiu em 66, quando o duo formado por Robin Williamson e Clive Palmer, encontraram Mike Heron e resolveram foram um trio… tomando o nome The Incredible String Band, tirado do nome do acanhado bar folk de Palmer, o Clive’s Incredible Folk Club, que ficava no quarto andar de um prédio em Glasgow, na Escócia… os três tocavam ali toda noite, e ainda em 66 eles assinariam um contrato com o selo Elektra, especializado em folk music, lançando seu primeiro álbum.

O disco seria muito bem recebido… e, logo eles sairiam de vez do anonimato com o genial “The 5000 spirits or the layers of the onion”… a essa altura Palmer já havia deixado o grupo… mas o álbum seria celebrado e abriria caminho para discos ambiciosos que influenciariam muito do que se fez no folk rock britânico desde então, incluindo grupos recentes, como o Circulos, que a gente já trouxe aqui no Art Rock.

A Incredible String Band teria anos conturbados até a separação em 74, e seu retorno em 99 não renderia muitos trabalhos… para essa primeira parte do programa de hoje nós selecionamos faixas de dois trabalhos essenciais… “The hangman’s beautiful daughter” e “Wee tam and the Big Huge”, ambos de 68… discos seminais em que a mistura de tradições musicais distintas criam uma amálgama única, que Jimmy Page chegou a dizer um dia ter sido a sua grande inspiração.

Vocês ouviram a Incredible String Band com “Witches Hat”, “Water Song”, “You get Brighter”, “Maya” e “The Circle is Unbroken”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer outro exemplo do folk rock britânico… desta vez com uma sonoridade mais convencional, mas nem por isso menos brilhante… o grupo Trees.

Fundado em 1969, em plena fase final da ascensão do folk rock na Inglaterra, o Trees era centrado em torno do multi-instrumentista Tobias Boshell, do guitarrista Barry Clarke e da vocalista Celia Humphries… tendo ainda na formação Unwin Brown na bateria e David Costa nas guitarras acústicas e no dulcimer… e eles lançariam em 1970 o seu primeiro álbum… “The Garden of Jane Delaney”.

A sonoridade tinha elementos do Fairport Convention, em parte devido à bela voz de Celia Humphries, mas o grupo tinha momentos mais voltados para a perspectiva do rock entremeando o domínio do lirismo e os climas melancólicos que seriam a sua marca registrada… e também estariam presentes no segundo álbum, “On the Shore”, lançado ainda em 1970…


Infelizmente, o grupo não seguiria muito adiante, tentando um retorno em 73, mas sem voltar a lançar nenhum trabalho de estúdio… dos seus integrantes, só “Bias” Boshell seguiria uma carreira de destaque, integrando o Barklay James Harvest e depois substituindo Patrick Moraz nos Moody Blues… enquanto isso, o Trees se converteria em das jóias ocultas do folk inglês… e nós selecionamos faixas de seus dois únicos álbuns para essa segunda parte do programa de hoje.

Vocês ouviram o Trees com “The Great Silkie”, “The Garden of Jane Delawney”, ‘Lady Margareth”, “Murdoch” e “While the Iron is Hot”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

 

INCREDIBLE STRING BAND

BG – THE HALF-REMARKABLE QUESTION

1. WITCHES HAT – 2:37

2. WATER SONG – 3:01

3. YOU GET BRIGHTER – 5:50

4. MAYA – 9:24

5. THE CIRCLE IS UNBROKEN – 4:42

BG – LORDLY NIGHTSHADE

TOTAL – 24:34

TREES

BG – SNAIL LAMENT

6. THE GREAT SILKIE – 5:16

7. THE GARDEN OF JANE DELAWNEY – 4:19

8. LADY MARGARETH – 7:14

9. MURDOCH – 5:10

10. WHILE THE IRON IS HOT – 3:20

BG – NOTHING SPECIAL

TOTAL – 25:19

TOTAL GERAL: 49:53

Ouça o Art Rock com o Incredible String Band & Trees que foi ao ar no dia 05/11/2011, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

2 Respostas to “Incredible String Band & Trees”

  1. extrema arte Says:

    Sem palavras, trabalho extremamente genial!

  2. elcioch Says:

    foi agradavel ler sobre esta banda! mas antes de começar a ler a primeira capa postada em que vestem roupas medievais esta bem chamativa!
    vou procurar algum audio deles para conferir!
    obrigado por esta postagem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: