Novalis

“Boa noite, no programa de hoje vamos trazer um dos grandes nomes do progressivo germânico… o Novalis.

banished_bridge (1)

Formado na cidade de Hamburgo, em 71 o grupo se chamava originalmente Mosaik… e já contava em sua formação com o baixista Heino Schünzel, o tecladista Lutz Rahn e o baterista Hartwig Biereichel… mas eles logo mudariam de nome para Novalis em homenagem ao célebre pseudônimo usado pelo grande escritor e filósofo alemão, Georg Friedrich von Hardenberg, um dos maiores representantes do Romantismo germânico…

Seria como Novalis que eles conseguiriam o seu primeiro contrato… e a princípio fariam como muitos outros grupos do chamado krautrock, gravando em inglês para atingir o mercado internacional, algo que só iria mudar mais tarde, quando chegaram a incorporar até mesmo poemas do próprio Novalis, e outros grandes nomes do Romantismo, em suas composições.

Em sua sonoridade, o Novalis construía longas suítes dominadas pelos fraseados de órgão, com fortes linhas de baixo e passagens acústicas… elementos típicos do prog. alemão, mas com ênfase para a criação de climas e paisagens melódicas… e nós vamos começar com um pouco do seu trabalho de estreia… o álbum “Banish Bridge”, de 73.

Vocês ouviram o Novalis com “Banished Bridge” e “Inside of me (Inside of you)”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar trazendo o Novalis, que nunca atingiu a notoriedade de outros grupos do rock alemão, mas manteve uma carreira prolífica, com uma discografia invejável nos anos 70 e 80.

novalis

A partir de 75 o Novalis decidiu deixar de lado a perspectiva do sucesso internacional, dedicando-se a uma sonoridade voltada às nações de língua germânica… o que permitiria que o grupo explorasse em seus trabalhos a rica poética da língua alemã… e quem havia lhes sugerido isso foi produtor Achim Reichel, ex-líder do lendário grupo beat The Rattles…

No fim, isso acabou resultando em uma sucessão de álbuns brilhantes, que não tiveram tanta repercussão fora da Alemanha, mas que marcariam época no prog. rock de seu país… e eles manteriam uma posição de relativo destaque até a década de 80, quando começaram a perder terreno e acabaram se separando em meio a tentativas de mudar o seu som para sobreviver às mudanças do mercado musical.

sommerabend

O último registro do Novalis foi uma coletânea de gravações ao vivo lançada em 93… época em que, felizmente, muitos dos seus trabalhos clássicos estavam sendo relançados em CD pela Repertoire Records… e, para essa segunda parte do programa, nós selecionamos faixas dos álbuns “Novalis” de 75 e “Sommerabend” de 76…

Com o Novalis, vocês ouviram “Impressionen” e “Sommerabend”…

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

NOVALIS

BG – HIGH EVOLUTION

1. BANISHED BRIDGE – 17:11

2. INSIDE OF ME (INSIDE OF YOU) – 6:39

BG – LAUGHING

TOTAL – 23:40

NOVALIS

BG –SONNENGEBLECHT

3. IMPRESSIONEN – 8:59

4. SOMMERABEND – 18:19

BG – AUFBRUCH

TOTAL: 27:18

TOTAL GERAL – 50:58

Ouça o Art Rock com a Novalis que foi ao ar no dia 20/07/2013, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: