The Byrds

“Boa noite, no programa de hoje teremos um dos nomes essenciais da história do rock… tanto por seus álbuns clássicos como por dar origem a outros grupos… The Byrds!

balladofeasyrider

Essa história começa em 64… e, embora movimentada, foi bem curta… originalmente eles eram um trio e usavam o nome The Jet Set, contando com Jim McGuinn, Gene Clark e David Crosby… mas eles logo teriam o reforço do baixista Chris Hillman e do baterista Michael Clarke… e seria como um quinteto que eles conseguiriam um contrato com a Columbia Records e mudariam de nome para The Byrds…

fifthdimension

A influência dos Beatles podia ser sentida até no nome do grupo, mas eles também já haviam começado impressionando o próprio Bob Dylan com uma cover para a sua música “Mr. Tambourine Man”… e seria essa fusão entre o folk e o rock que formaria a identidade do novo grupo, com as harmonias vocais funcionando como elemento condutor da melodia, em uma sonoridade que influenciaria muita gente.

mrtambourineman

Em 65 eles lançariam os clássicos álbuns “Mr. Tambourine Man” e “Turn! Turn! Turn!”… mas logo depois começariam as mudanças… e, em meio à saída de Gene Clark, os álbuns “Fifth Dimension” de 66 e “Younger than Yesterday” de 67, soariam bem diferentes, eles seriam clássicos de uma outra era, em que o folk rock passava a explorar também a psicodelia… vamos ouvir um pouco desses primeiros voos…

Vocês ouviram The Byrds com “Mr. Tambourine Man”, “All I really want to do”, “Turn! Turn! Turn!”, “The times they are a-changin’”, “5D (Fifth Dimension)”, “Wild mountain thyme”, “Eight miles high!”, “Hey Joe” e “John Riley”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar trazendo o som dos Byrds, que passou por muitas fases em sua carreira, todas capazes de influenciar muita gente…

sweetheartoftherodeo

Novas mudanças ocorreriam depois do Festival de Monterrey, em 67… David Crosby deixaria o grupo, que seguiria em frente, mas continuaria sofrendo com um verdadeiro entra e sai de músicos… além de mudanças de estilo, começando a explorar o country rock durante a passagem de Gram Parsons… a vinda do guitarrista Clarence White pareceu anunciar a estabilidade, mas aí foi a vez de Chris Hillman deixar o grupo.

A essa altura, Jim McGuinn havia ingressado no movimento espiritual Subud e mudado de nome, passando a ser conhecido como Roger McGuinn… e ele continuaria como o único membro constante dos Byrds, que, apesar das mudanças, ainda continuavam sendo capazes de lançar trabalhos significativos, hoje considerados precursores, ao mesmo tempo que seus ex-integrantes criaram outros grupos lendários como o Crosby, Stills & Nash, os Flying Burrito Brothers e o Manassas…

thenotoriousbyrdbrothers

Em 72 a formação original se reuniu e gravou o álbum “Byrds”… mas logo até Roger McGuinn havia embarcado de vez na carreira solo… e, desde então, as reuniões seriam só esporádicas… Gram Parsons e Clarence White deixaram o nosso plano da realidade em 73… e, em 91, foi a vez de Gene Clark e Michael Clarke… houve brigas e processos, mas o legado dos Byrds sempre merece ser lembrado… vamos ouvir um pouco da sua fase country, no final dos anos 60…

turnturnturn

Vocês ouviram os Byrds com “You ain’t going nowhere”, “One hundred years from now”, “Goin’back”, “Wasn’t born to follow”, “Space Odyssey”, “Jesus is just alright”, “It’s all over now, baby blue” e “Ballad of easy rider”.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

BYRDS

BG – CHIMES OF FREEDOM

1. MR. TAMBOURINE MAN – 2:34

2. ALL I REALLY WANT TO DO – 2:08

3. TURN! TURN! TURN! – 3:54

4. THE TIMES THEY ARE A-CHANGIN’- 2:22

5. 5D (FIFTH DIMENSION) – 2:36

6. WILD MOUNTAIN THYME – 2:34

7. EIGHT MILES HIGH – 3:38

8. HEY JOE – 2:20

9. JOHN RILEY – 3:01

BG – CAPTAIN SOUL

TOTAL – 25:07

BYRDS

BG – TRIAD

10. YOU AIN’T GOING NOWHERE – 2:39

11. ONE HUNDRED YEARS FROM NOW – 2:44

12. GOIN’BACK – 3:23

13. WASN’T BORN TO FOLLOW – 2:03

14. SPACE ODYSSEY – 4:04

15. JESUS IS JUST ALRIGHT – 2:12

16. IT’S ALL OVER NOW, BABY BLUE – 4:56

17. BALLAD OF EASY RIDER – 2:29

BG – FIDDLER A DRAM (MOOG EXPERIMENT)

TOTAL: 23:30

TOTAL GERAL – 48:37

Ouça o Art Rock com a The Byrds que foi ao ar no dia 09/08/2014, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

 

 

Anúncios

Uma resposta to “The Byrds”

  1. […] Olá ouvintes do Art Rock! O programa de 13-02-2016, foi um reprise com o The Byrds! Confiram este programa clicando aqui! […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: