Arquivo para janeiro, 2015

Ruphus & Popol Ace

Posted in Programas with tags , on 21/01/2015 by Artrock

“Boa noite… hoje teremos no programa dois exemplos do progressivo norueguês dos anos 70, começando com um dos mais importantes… o Ruphus.

Ruphus - Ranshart

Surgido em 1970, o grupo se apresentava no início como uma versão norueguesa para o Jefferson Airplane… com o foco para os seus dois vocalistas, a excelente Gudny Aspaas e o seu colega Rune Sundby, que na verdade não ajudava muito devido ao seu inglês carregado e acabava prejudicando um pouco o resultado final, já que a ideia de cantar em inglês era justamente para alcançar o mercado internacional.

Mas essa fase só durou até o álbum de estreia do grupo, “New Born Day” de 73… pouco depois a formação e o direcionamento do Ruphus mudariam… os dois vocalistas seriam substituídos por Rune Østdahl e eles adotariam uma sonoridade mais progressiva, impulsionados pelo talento do tecladista Håkon Graf.

Rufhus-let your light shine

Gudny voltaria para a fase seguinte do Ruphus, que seria mais jazzística, mas eles continuariam em atividade até a virada para os anos 80, lançando outros trabalhos, sempre com variações na sua sonoridade… e para o programa de hoje, nós selecionamos faixas dos álbuns “Ranshart” de 74 e “Let Your Light Shine” de 76.

Vocês ouviram o Ruphus com “Love is my light”, “Fallen Wonders”, “Second Corner” e “Let your light shine”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos ouvir outro genial grupo norueguês, o Popol Ace, que teve uma carreira curta e atribulada, marcada por uma briga com um dos grandes nomes do prog. alemão.

Popol Ace - Stolen from time

Originalmente eles eram conhecidos como Arman Sumpe Dur Express… e chegaram a gravar um compacto com esse nome antes de resolveram adotar alguma coisa mais interessante… e seria Popol Vuh, o nome do livro sagrado dos Maias… que eles passaram a usar depois da entrada do vocalista Jahn Teigen.

Com boa repercussão no cenário local, os álbuns “Popol Vuh” de 72 e “Quiche Maya” de 73 mostravam um grupo que caminhava para a consolidação do seu estilo e sonoridade… mas, como os bons fãs do progressivo devem saber, já havia outro grupo com o mesmo nome… e Florian Fricke, do Popol Vuh alemão, não gostou nada de descobrir que havia um homônimo norueguês e os ameaçou de processo.

Mudando o nome para Popol Ace eles lançariam em 75 o álbum “Stolen from time”… mas não foram muito longe… Jahn Teigen sairia para uma bem sucedida carreira solo… o tecladista Pete Knutsen e o guitarrista Arne Schultze seguiram em frente e lançaram em 78 o desastroso álbum “Curly Sounds”… e isso enterrou de vez o grupo… vamos ouvir um pouco dessa promessa interrompida do prog. escandinavo.

Vocês ouviram “Bury me dead”, “Soft shoe dancer”, “Mr. Bigalow” e “Suicide”, com o Popol Ace.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

RUPHUS

BG – SHA BA WAH

1. LOVE IS MY LIGHT – 6:12

2. FALLEN WONDERS – 5:51

3. SECOND CORNER – 6:34

4. LET YOUR LIGHT SHINE – 8:16

BG – EASY LOVERS, HEAVY MOANERS

TOTAL – 26:43

POPOL ACE

BG – SLEEPWALKER

1. BURY ME DEAD – 5:57

2. SOFT SHOE DANCER – 4:41

3. MR BIGALOW – 4:13

4. SUICIDE – 8:20

BG – JESTER

TOTAL: 23:12

TOTAL GERAL – 49:55

Ouça o Art Rock com a Ruphus & Popol Ace que foi ao ar no dia 17/01/2015, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

Pink Floyd

Posted in Programas with tags on 15/01/2015 by Artrock

“Boa noite… no Art Rock de hoje vamos trazer uma das surpresas do ano de 2014… o álbum “Endless River”… um novo registro de estúdio do Pink Floyd, depois de 20 anos de silêncio.

endless-river-pink-floyd

Depois do bem sucedido lançamento de “The Division Bell”, em 94, todos esperavam que o Floyd sob a liderança de David Gilmour continuasse a lançar novos trabalhos… o álbum tinha chegado ao topo das paradas e a tour mundial que se seguiu foi um dos eventos do ano no mundo do rock, com o show final ocorrendo na Earls Court, em Londres, em 29 de outubro de 1994.

Em junho de 95 saía o álbum ao vivo “Pulse”, acompanhado de um vídeo… ambos gravados com altíssimo nível de qualidade e recebendo grande repercussão, tanto de público como de crítica… o CD original vinha em uma box com o marcante “coração” pulsante, um led vermelho que piscava a intervalos regulares, indicando que o “paciente” ainda estava bem vivo.

Mas, o que ninguém sabia, é que a bateria do led iria durar mais do que o próprio Pink Floyd… depois do lançamento de “Pulse” o grupo mergulharia no silêncio, e “The Division Bell” prosseguiria como o seu último registro de estúdio até 2014, quando eles pegaram o mundo do rock de surpresa com o álbum “Endless River”… vamos conferir um pouco desse álbum do Pink Floyd do século XXI…

Vocês ouviram o Pink Floyd com “Things left unsaid’, “It’s what we do”, “Ebb and flow”, “Sum”, “Skins” e “Talkin’ Hawkin’”, que conta com a narração do físico Stephen Hawking.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer mais um pouco do grande Pink Floyd, que mostrou em 2014 que, quando quer, ainda é capaz de causar um grande impacto no mundo da música.

Quando o grupo fez o seu celebrado retorno para o Live 8 em 2005, incluindo a volta de Roger Waters, todos pensaram que um novo trabalho seria lançado… mas isso não ocorreu… e, depois que o tecladista Rick Wright atravessou a barreira do hiperespaço em 2008, parecia mesmo que o Floyd havia sido definitivamente deixado de lado.

Porém, a perda do velho companheiro levou David Gilmour a resgatar material gravado ainda nos anos 90… originalmente essas gravações haviam sido pensadas para um álbum de ambient music que seria chamado “The Big Spliff”, mas este acabou engavetado por 20 anos e, ao ser retomado em 2012, tornou-se a base para “The Endless River”… que seria dedicado a Rick Wright.

Gilmour e Nick Mason reuniram-se em 2013 para ouvir o material, explorar ideias em novas gravações e trabalhar outras partes com a ajuda de amigos como o guitarrista Phil Manzanera… e o resultado seria um álbum quase todo instrumental, mas que mais uma vez mostrou a força do mito floydiano… chegou ao topo das paradas em todos os seus formatos… incluindo o vinil, formato no qual “The Endless River” se tornaria o mais vendido desde os tempos em que o CD ainda era novidade…

Vocês ouviram “The lost art of conversation”, “On Noodle Street”, “Allons-y (1)”, “Autumn ‘68”, “Allons-y (2)”, “Louder than words”, “TBS 14” e “Nervana”… faixas do sereno álbum de despedida do grande Pink Floyd.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

PINK FLOYD

BG – ANISINA

1. THINGS LEFT UNSAID – 4:26

2. IT’S WHAT WE DO – 6:17

3. EBB AND FLOW – 1:55

4. SUM – 4:47

5. SKINS – 2:36

6. TALKIN’ HAWKIN’ – 3:29

BG – CALLING

TOTAL – 23:32

PINK FLOYD

BG – CALLING

1. THE LOST ART OF CONVERSATION – 1:42

2. ON NOODLE STREET – 1:41

3. ALLONS-Y (1) – 1:57

4. AUTUMN ’68 – 1:35

5. ALLONS-Y (2) – 1:32

6. LOUDER THAN WORDS – 6:36

7. TBS 14 – 4:11

8. NERVANA – 5:30

BG – SURFACING

TOTAL: 24:47

TOTAL GERAL – 48:19

Ouça o Art Rock com a Pink Floyd que foi ao ar no dia 10/01/2015, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

David Bowie

Posted in Programas with tags on 08/01/2015 by Artrock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa da semana passada (dia 03-01-2015), foi um reprise com o camaleão do Rock, David Bowie. Confiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

david_bowie_heroes

david_bowie-low

david-bowie-lodger