Arquivo para fevereiro, 2016

Donovan

Posted in Programas with tags on 25/02/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos no programa um dos mais importantes nomes do rock britânico dos anos 60, o grande Donovan…

1

Nascido em Glasgow, na Escócia, em 1946, Donovan Philips Leitch começou a sua carreira no circuito folk da sua região, antes de se mudar para Londres em 64 e lançar o seu primeiro compacto, “Catch the Wind”… e, a princípio, ele chegou a ser muito comparado com Bob Dylan, mas isso diminuiria com o tempo, conforme sua música tomava um caminho distinto…

Sob a produção de Mickie Most seriam lançados álbuns clássicos como “Sunshine Superman” de 66, “Mellow Yellow” de 67 e “Hurdy Gurdy Man” de 68… e Donovan se tornaria o catalizador da nascente psicodelia britânica, atraindo para trabalhar consigo grandes músicos de estúdio que formariam depois seus próprios grupos… como Jimmy Page, John Bonham e John Paul Jones…

2

Para essa primeira parte do programa, selecionamos faixas desse período inspirado de Donovan, quando estava entre os mais celebrados e bem sucedidos poetas do rock, com um olhar que misturava a sensibilidade folk com explorações metafísicas e uma sonoridade que atravessava toda a gama de possibilidades da psicodelia…

Vocês ouviram Donovan com “Sunshine Superman”, “Season of the witch”, “Three King Fishers”, “Hurdy Gurdy Man”, “Lalena”, “Barabajagal” e “Atlantis”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar trazendo mais um pouco da longa carreira de Donovan Leitch, agora com o álbum que marcou o seu retorno nos anos 90, o genial “Sutras” de 96…

3

Apesar de continuar com o seu prestígio intacto durante os anos 70, a carreira de Donovan entrou em declínio nos anos 80… seus poucos trabalhos do período não foram bem recebidos, pois o clima otimista da geração dos anos 60 havia dado lugar ao cinismo dos yuppies da Era Regan e não havia lugar para velhos hippies destinados ao esquecimento…

Felizmente a década de 90 veio para mudar tudo isso e o produtor americano Rick Rubin entrou em contato com Donovan em 95 para averiguar se ele teria interesse em um trabalho que fosse reminiscente de suas primeiras gravações, com inspiração folk e arranjos mais acústicos.

4

E o resultado foi “Sutras”, um trabalho que relançou a carreira de Donovan, resgatando sua posição de prestigio no mundo do rock, diante de uma crítica que já o considerava uma coisa do passado… sem a preocupação de fazer sucesso e sem fazer concessões, esse foi o primeiro de uma série de lançamentos excelentes… e é um pouco desse belo álbum que vocês vão conferir para fechar o programa de hoje.

Vocês ouviram “Please don’t Bend”, “Give it all up”, “Nirvana”, “Eldorado”, “Be mine”, “The Evernow” e “The Garden” com Donovan.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

DONOVAN

BG – CATCH THE WIND

1. SUNSHINE SUPERMAN – 3:16

2. SEASON OF THE WITCH – 4:58

3. THREE KING FISHERS – 3:16

4. HURDY GURDY MAN – 3:18

5. LALENA – 2:55

6. BARABAJAGAL – 3:26

7. ATLANTIS – 5:01

BG – GUINEVERE

TOTAL – 26:10

DONOVAN

BG – EVERLASTING SEA

8. PLEASE DON’T BEND – 4:14

9. GIVE IT ALL UP – 3:10

10. NIRVANA – 3:32

11. ELDORADO – 3:07

12. BE MINE – 3:28

13. THE EVERNOW – 4:10

14. THE GARDEN – 2:52

BG – UNIVERSE AM I

TOTAL: 24:31

TOTAL GERAL – 50:41

Ouça o Art Rock com Donovan que foi ao ar no dia 20/02/2016, clicando aqui.

Anúncios

REPRISE: Asia

Posted in Programas with tags on 25/02/2016 by Artrock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa de 13-02-2016, foi um reprise com o AsiaConfiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

asia-alpha

asia-asia

asia-astra

asia-omega

asia-xxx

 

 

Jefferson Airplane & Jefferson Starship

Posted in Programas with tags , on 13/02/2016 by Artrock

“Boa noite, abrindo o programa de hoje vocês ouviram “High Flying Bird”, com o Jefferson Airplane e Signe Anderson nos vocais… que deixou o nosso plano da realidade no sombrio começo de 2016, e no mesmo dia que Paul Kantner, o guitarrista e vocalista do Airplane…

1

Essas duas baixas da família do Jefferson Airplane foram as últimas ocorridas no final do triste mês de janeiro de 2016… e a mais significativa foi a de Paul Kantner, pois ele se mantinha como uma força criativa tanto em seu resgate do Jefferson Starship, quanto em seus novos projetos como o “Windowpane Collective”…

Mas os dois álbuns dessa que seria a derradeira investida de Paul Kantner ficam para outro programa… para hoje, nós selecionamos faixas de épocas de grande entusiasmo… começando com os dois álbuns que o velho astronauta lançou logo depois do celebrado “Blows Against the Empire”… quando estava no auge da sua prolífica relação com Grace Slick.

2

Lançados em 71 e 72, os álbuns “Sunfighter” e “Baron von Toolbooth & the Chrome Nun” são um exemplo perfeito da proposta musical da dupla Kantner/Slick, que buscava uma síntese dos sonhos dos anos 60, entre viagens lisérgicas e devaneios de ficção científica…

Vocês ouviram “Sunfighter”, “Look at the wood”, “Million”, “Earth Mother”, “Ballad of the Chrome Nun” e “Flower of the night” com Paul Kanter e Grace Slick.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos adiantar o fluxo temporal para encontrar outro fragmento da viagem da Nave Estelar Jefferson… quando ela seguiu viagem novamente, ainda nos anos 90.

3

Quando recuperou o direito do uso do nome, Paul Kantner voltou a se apresentar com o Jefferson Starship, juntamente com os amigos Marty Balin e Jack Casady… Grace Slick chegaria a integrar novamente o grupo, e até Signe Anderson faria algumas apresentações… mas eles só se estabilizariam com a entrada da vocalista Diana Mangano…

Os álbuns “Deep Space /Virgin Sky” de 95 e “Windows of Heaven” de 98 mostravam um grupo recuperando a sua linguagem musical, com faixas que resgatavam muito do clima dos anos 70, quando o Jefferson Starship parecia levar adiante a sonoridade do Aiplane com uma nova roupagem…

Essa fase parecia estar se consolidando, mas a guinada conservadora da Era Bush enterrou muitos sonhos renovados da neo-psicodelia… o Jeffeson Starship voltaria a renascer com o genial “Jefferson’s Tree of Liberty” de 2008… e, depois disso, Paul Kantner não ficaria parado, com excursões constantes e outros projetos… vamos ouvir um pouco do duplo “Across the Sea of Suns” de 2001…

Vocês ouviram o Jefferson Starship com “When the Earth moves again”, “Embryonic Journey/Starship”, “Hyperdrive” e “Mexico/Wooden Ships”… lembrando Paul Kantner, que atravessou por fim a barreira do hiperespaço e deixou para trás o árido planeta Terra.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

JEFFERSON AIRPLANE

1. HIGH FLYING BIRD – 2:33

JEFFERSON STARSHIP

BG – HOLDING TOGETHER

2. SUNFIGHTER – 3:56

3. LOOK AT THE WOOD – 2:12

4. MILLION – 4:06

5. EARTH MOTHER – 3:20

6. BALLAD OF THE CHROME NUN – 4:00

7. FLOWER OF THE NIGHT – 4:17

BG – WHEN I WAS A BOY A WATCHED THE WOLVES

TOTAL – 24:24

JEFFERSON STARSHIP

BG – GOOD SHEPARD

8. WHEN THE EARTH MOVES AGAIN – 4:13

9. EMBRYONIC JOURNEY/STARSHIP – 6:16

10. HYPERDRIVE – 7:08

11. MEXICO / WOODEN SHIPS – 8:47

BG – HAVE YOU SEEN THE STARS TONIGHT?

TOTAL: 26:24

TOTAL GERAL – 50:48

Ouça o Art Rock com Jefferson Airplane & Jefferson Starship que foi ao ar no dia 06/02/2016, clicando aqui.

Genesis

Posted in Programas with tags on 02/02/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos trazer no programa momentos das duas tours que marcaram a fase final de um dos grandes grupos progressivos da história do rock… o Genesis.

1

Claro que o grupo de Peter Gabriel, e depois de Phil Collins, já esteve muitas vezes no nosso programa e dispensa maiores apresentações, pois é um dos grandes nomes do rock e também uma presença obrigatória na discoteca de qualquer um que se interesse pelo progressivo…

Mas dessa vez vamos trazer dois momentos distintos da carreira do grupo, que registram primeiro uma tentativa de continuidade, e depois um anúncio, que esperamos prematuro, de despedida… e, em ambos os casos, vamos conferir o Genesis ao vivo, a começar com a malograda tour de 97, depois da saída de Phil Collins, quando Ray Wilson (ex Stillskin) assumiu os vocais…

Essa fase do Genesis começou com grande entusiasmo, com o álbum “Calling all Stations” chegando ao topo das paradas do Reino Unido… mas afundou em pouco tempo com o fraco desempenho nos Estados Unidos… se dependesse do grupo eles até poderiam ir adiante, mas o lucro era pouco para as gravadoras, a tour americana foi cancelada… e registros ao vivo ficaram só por conta dos bootlegs… como “Nothing Left Now”, que nós selecionamos para essa primeira parte do programa de hoje…

Vocês ouviram “No son of mine”, “Calling all stations”, “Turn it on Again” e “Shipwrecked” gravadas ao vivo no primeiro show da tour do Genesis com Ray Wilson.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos trazer mais um momento ao vivo do grande Genesis, agora com o seu retorno em 2007, para aquela que é, até o momento, a sua derradeira tour…

2

Depois do fracasso da experiência com Ray Wilson, o Genesis chegou a anunciar a separação em 2000… mas, depois de encontros e desencontros, os três membros remanescentes da formação clássica (Tony Banks, Michael Rutherford e Phil Collins) acabaram anunciando uma nova excursão mundial… “The Turn it on Again Tour”…

Os shows em 2007 teriam um palco colossal, desenhado pelo arquiteto Mark Fisher e decorado por uma complexa estrutura de luzes com mais de 50 metros e 9 milhões de leds, criada pelo genial Patrick Woodroffe… um dos mais celebrados designers do rock, autor de capas clássicas do progressivo…

A tour foi um grande sucesso, mas o Genesis não seguiu em frente… reencontros ocorreram, inclusive com Peter Gabriel e Steve Hackett para o documentário “Together and Apart” de 2014, mas nada seria decidido sobre uma reunião… felizmente houve um registro da última tour, o álbum “2007 Live Over Europe”, que nós selecionamos para essa segunda parte do programa de hoje.

Vocês ouviram o Genesis com “Follow you, Follow me”, “Mama”, “Ripples” e “Carpet Crawlers”.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

GENESIS

BG – LAND OF CONFUSION

1. SON OF MINE – 7:07

2. CALLING ALL STATIONS – 7:07

3. TURN IT ON AGAIN – 4:26

4. SHIPWRECKED – 5:35

BG – ALIEN AFTERNOON

TOTAL – 24:15

GENESIS

BG – FIRTH OF FIFTH

5. FOLLOW YOU, FOLLOW ME – 4:19

6. MAMA – 6:56

7. RIPPLES – 7:58

8. CARPET CRAWLERS – 5:58

BG – LOS ENDOS

TOTAL: 25:11

TOTAL GERAL – 50:45

Ouça o Art Rock com Genesis que foi ao ar no dia 30/01/2016, clicando aqui.