Arquivo para setembro, 2016

Steve Miller

Posted in Programas with tags on 29/09/2016 by Artrock

“Boa noite, nosso programa hoje será com uma grande figura do rock americano, um guitarrista e vocalista que passou por vários períodos de grande sucesso nos anos 70 e 80…

1

Estamos nos referindo a Steven Haworth Miller, que começou na estrada da música cedo, pois seus pais eram ligados ao mundo do jazz e amigos pessoais do grande Les Paul… mas foi só em meados da década de 60 que a sua carreira começou a tomar forma, principalmente depois que ele se mudou para San Francisco, em 66…

2

Naquele ano ele formaria a Steve Miller Band… e, em 67, conseguiu a oportunidade de ser a banda de apoio de Chuck Berry no show que se transformaria no álbum “Live at Filmore Auditorium” de 67… depois disso, Steve acrescentaria mais um guitarrista, Boz Scaggs, e marcaria presença em Monterrey e no Magic Mountain Festival…

3

O álbum “Children of the Future” seria gravado na Inglaterra e lançado em 68, seguido pouco depois por “Sailor” e, em 69, por “Brave New World”… e a força desses primeiros trabalhos de Steve Miller já era suficiente para atrair colaborações como de um tal Paul McCartney, que usou o pseudônimo Paul Ramon… vamos conferir um pouco do blues psicodélico da primeira fase da Steve Miller Band…

4

Vocês ouviram “Children of the Future”, “Pushed me to it”, “You’ve got the Power”, “Brave new World”, “Space Cowboy”, “My Friend” e “Living in the USA”, com a Steve Miller Band.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Nós vamos continuar trazendo a Steve Miller Band, que permanece em plena atividade, depois de cinco décadas, com apenas algumas paradas inesperadas…

5

A fase psicodélica da Steve Miller Band terminaria de forma trágica em 71, quando Steve Miller quebrou o pescoço em um acidente de carro quando estava para começar uma nova tour europeia… o último álbum que ele tinha gravado foi lançado pela gravadora e, em 72, saiu a coletânea dupla “Anthology…”

6

Mas, por incrível que pareça, Steve Miller sobreviveu ao acidente e, em 73, estava de volta com o álbum “The Joker”, o primeiro de uma série de álbuns clássicos, seguido de “Fly Like an Eagle” de 76 e “Book of Dreams” de 77… com uma sonoridade mais direta que alcançaria o topo das paradas e marcaria os anos 70.

7

A Steve Miller Band foi uma das poucas a conseguir se manter com álbuns de grande sucesso na década seguinte… e, apesar de sofrer algumas baixas e passar algum tempo sem gravar, a velha banda seguiria em frente e voltaria a lançar trabalhos a partir de 2010… mas para essa segunda parte nós selecionamos faixas da sua fase mais celebrada…

Vocês ouviram a Steve Miller Band com “Sugar Babe”, “The Joker, “Space Intro”, “Serenade”, “Rock’n me”, “Threshold” e “Winter Time”…

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… para fechar, fiquem com um sucesso de 86 da Steve Miller Band, a versão estendida da faixa “I want to make the World turn around”… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

STEVE MILLER BAND

BG – MY DARK HOUR

1. CHILDREN OF THE FUTURE – 3:00

2. PUSHED ME TO IT – 0:39

3. YOU’VE GOT THE POWER – 0:53

4. BRAVE NEW WORLD – 3:30

5. SPACE COWBOY – 4:56

6. MY FRIEND – 3:29

7. LIVING IN THE USA – 4:04

BG – DEAR MARY

TOTAL – 19:31

STEVE MILLER BAND

BG – FLY LIKE AN EAGLE

8. SUGAR BABE – 4:02

9. THE JOKER – 4:25

10. SPACE INTRO – 1:14

11. SERENADE – 3:14

12. ROCK’N ME – 3:09

13. THRESHOLD – 1:07

14. WINTER TIME – 3:16

BG – JET AIRLINER

TOTAL: 20:07

TOTAL GERAL – 39:58

EXTRA

15. I WANT TO MAKE THE WORLD TURN AROUND – 6:24

TOTAL + EXTRA – 46:22

Ouça o Art Rock com Steve Miller que foi ao ar no dia 17/09/2016, clicando aqui.

Anúncios

Brand X

Posted in Programas with tags on 16/09/2016 by Artrock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa de 10-09-2016, foi um reprise com o Brand XConfiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

01

03

04

05

Iron Butterfly

Posted in Programas with tags on 13/09/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos trazer um dos grupos mais influentes da geração psicodélica americana, considerado um dos fundadores da linguagem do rock pesado nos distantes anos 60… o Iron Butterfly.

iron-butterfly-heavy-front

Faz algum tempo que a velha Borboleta de Ferro não marcava presença aqui no Art Rock… a última vez foi justamente em 2012, ano em que o grupo perdia dois de seus membros mais carismáticos, o guitarrista Larry “Rhino” Reinhardt e o baixista Lee Dorman… ambos também membros fundadores do genial Captain Beyond, junto de Rod Evans, o primeiro vocalista do Deep Purple.

Mas a história desse grupo lendário começou muito antes, em 66, em San Diego na Califórnia… com uma turma de garotos centrados em torno das alugações do tecladista e vocalista Doug Ingle… a formação mudava bastante, mas com a entrada do vocalista Darryl DeLoach eles passaram a ensaiar na garagem dos pais dele… e quando o baterista Ron Bushy entrou para o grupo eles tinham a sua própria identidade.

iron-butterfly-in-a-gadda-da-vida-front

Em outubro de 67 eles conseguiram gravar um álbum pelo selo ATCO, mas a demora para ser lançado desanimou os garotos e o Iron Butterfly já tinha uma nova formação quando “Heavy” chegou às lojas em 68… Ingle e Bushy continuavam, e ao seu lado estavam o guitarrista Erik Braunn e o baixista Lee Dorman… essa seria a formação responsável pela genial fase iniciada no álbum seguinte: “In-a-Gadda-da-Vida” de 68.

Vocês ouviram “Possession”, “Unconscious power”, “Iron Buttlerfly Theme”, “Most anything you want”, “Flowers and beads” e “Are you happy?” com o Iron Butterfly.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Nós vamos continuar trazendo um pouco do grande Iron Butterfly, um dos grupos seminais do rock dos anos 60, que ajudou a fazer a ponte entre a psicodelia e o rock pesado…

iron-butterfly-ball-front

“In-a-Gadda-da-Vida”… que significa “In the Garden of Eden”, isto é: No Jardim do Eden… foi um trabalho marcante em vários sentidos… além da força da sua sonoridade dominada pelas frases e riffs de órgão e guitarra, o álbum introduzia na sua faixa título de 17 minutos uma nova forma de composição dentro do rock…

Em “A quick one”, de 66, Pete Townsend do Who anunciava a possibilidade da ópera rock em uma faixa de 9 minutos composta por segmentos que eram verdadeiras árias… mas, em “In-a-Gadda-da-Vida” o Iron Butterfly construía uma composição contínua, evoluindo não de forma segmentada, e sim através de variações temáticas construídas na execução da própria música…

Era uma exploração jazzística típica da psicodelia californiana, mas que ganhava cores sombrias no órgão hammond de Doug Ingle, e anunciava uma era que estava por vir, nos anos 70… vamos fechar com essa faixa antológica do segundo álbum do Iron Butterfly e também com um pouco de seu trabalho seguinte, “Ball” de 69…

Vocês ouviram “In-a-Gadda-da-Vida”, “In the time of our lives” e “Soul experience”, com o Iron Butterfly.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

IRON BUTTERFLY

BG – FIELDS OF THE SUN

1. POSSESSION – 2:47

2. UNCONSCIOUS POWER – 2:32

3. IRON BUTTERFLY THEME – 4:35

4. MOST ANYTHING YOU WANT – 3:42

5. FLOWERS AND BEADS – 3:07

6. ARE YOU HAPPY – 4:31

BG – TERMINATION

TOTAL – 21:14

IRON BUTTERFLY

BG – HER FAVORITE STYLE

7. IN-A-GADDA-DA-VIDA – 17:03

8. IN THE TIME OF OUR LIVES – 4:52

9. SOUL EXPERIENCE – 2:54

BG – REAL FRIGHT

TOTAL: 24:45

TOTAL GERAL – 45:59

Ouça o Art Rock com Iron Butterfly que foi ao ar no dia 27/08/2016, clicando aqui.

Peter Gabriel

Posted in Programas with tags on 13/09/2016 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje teremos outra presença frequente no Art Rock, uma das figuras mais emblemáticas do progressivo… o genial vocalista Peter Gabriel.

2

Naturalmente que podemos deixar de lado as apresentações, pois, além de fundador do Genesis, Peter Brian Gabriel também é dono de uma rica carreira, com trabalhos antológicos nas mais variadas linhagens musicais, indo do progressivo ao pop e ao chamado worldbeat.

E, como já fazia algum tempo que não trazíamos o velho Gabriel ao nosso programa, vamos começar com um pouco do início da sua carreira solo, no final dos anos 70 e começo dos 80, quando ele ainda estava firmemente ligado ao paradigma do prog rock e contava com colaborações de amigos como Robert Fripp e Phill Collins.

4

Nessa época, em meio ao furação punk, Gabriel era um dos raros exemplos de sucesso entre as estrelas da fase áurea do progressivo, que logo passariam a ser chamadas de “dinossauros do rock”… e ele conseguiu se afirmar como artista solo sem fazer concessões, com trabalhos consistentes que tinham como título apenas a sua ordem numérica… fiquem com um pouco dos álbuns “II” e “IV”… também conhecidos como: “Scratch” e “Security”.

Com Peter Gabriel vocês ouviram “On the air”, “San Jacinto”, “I have the touch” e “Shock the monkey”.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer dois momentos da carreira de Peter Gabriel nos anos 80, quando estava entre os mais bem sucedidos prog rockers sobreviventes… e sem perder a sua criatividade…

so

Para os roqueiros mais velhos, a década de 80 foi uma fase em que os grandes nomes das décadas anteriores pareciam perdidos em trabalhos pouco inspirados… mas havia exceções, e Peter Gabriel estava entre elas… seu álbum “So” de 1986 foi um dos discos da década, atingindo o topo das paradas em todo o mundo, mas com um pop rock elaborado, cheio de camadas sobrepostas, que mostrava que era possível fazer sucesso comercial sem recorrer a completas banalidades.

Com arranjos e linhas melódicas complexas, o álbum “So” tinha ainda temas típicos da sensibilidade de Gabriel e já apontava para a direção que ele tomaria em seus trabalhos seguintes… como “Passion”, a genial trilha para o polêmico filme “A última tentação de Cristo” de Martin Scorsese… outro trabalho premiado e de grande sucesso.

us

As muitas faces de Peter Gabriel continuam a tentar dar cor e sentido à nossa melancólica realidade… e ele continua em plena atividade… vamos fechar com faixas dos álbuns “So” de 86 e “Us” de 92…

Vocês ouviram “Red Rain”, “Sledgehammer”, “Don’t give up”, que foi um dueto com Kate Bush e, para fechar, “Come talk to me”, com Peter Gabriel.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

PETER GABRIEL

BG – PERSPECTIVE

1. ON THE AIR – 5:28

2. SAN JACINTO – 6:23

3. I HAVE THE TOUCH – 4:32

4. SHOCK THE MONKEY – 5:25

BG – MOTHER OF VIOLENCE

TOTAL – 21:48

PETER GABRIEL

BG – IN YOUR EYES

5. RED RAIN – 5:39

6. SLEDGEHAMMER – 5:16

7. DON’T GIVE UP – 6:33

8. COME TALK TO ME – 7:03

BG – BIG TIME

TOTAL: 24:31

TOTAL GERAL – 46:19

Ouça o Art Rock com Peter Gabriel que foi ao ar no dia 20/08/2016, clicando aqui.