Arquivo para fevereiro, 2017

David Matthews & Rick Wakeman

Posted in Programas with tags , on 17/02/2017 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos no programa dois trabalhos lançados no distante ano de 1977 e hoje quase esquecidos…

1

Vamos começar por um músico pouco conhecido dos apreciadores de prog rock, que estava mais ligado ao jazz: o tecladista, produtor, arranjador e compositor David Matthews, que não deve ser confundido com seu homônimo, o guitarrista líder da Dave Matthews Band…

David Matthews havia trabalhado com James Brown antes de entrar para a CTI Records, um selo de jazz no qual ele acabaria se tornando um nome importante, colaborando para a criação do característico CTI Sound… mas nós selecionamos o seu álbum “Dune”, um trabalho mais espacial que ele compôs em 77 e que teve a infelicidade de tentar pegar carona do sucesso do primeiro filme de Star Wars…

A composição inspirada na obra clássica de Frank Herbert teria até sido muito bem recebida… mas a decisão da gravadora de fazer a capa imitando as letras amarelas sobre fundo estrelado de Star Wars não ajudou muito… e o pior foi que a CTI não pediu permissão para usar o nome “Dune”… eles acabaram sendo processados e foram forçados a tirar o disco das lojas… ele seria lançado em outros países, mas permaneceria uma daquelas raridades que você só escuta aqui no Art Rock…

Vocês ouviram David Matthews com a sua suíte “Dune”… primeiro foi “Arrakis” depois “Sandworms”, “Song of the Bene Gesserit” e “Muad’Dib”.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Agora vamos trazer um trabalho de Rick Wakeman que só é lembrado pelos seus fãs mais antigos… o álbum “White Rock”.

2

Esse lançamento de 77 foi composto como trilha sonora para o filme “White Rock”… na época, Wakeman era uma figura celebrada em todo o mundo, tanto pelo Yes como por sua carreira solo… e, como já havia lançado em 75 a trilha sonora para o filme “Liztomania”, ele foi convidado para compor os temas desse documentário sobre os Jogos de Inverno de Insbruck na Áustria, em 76.

O álbum ainda contava com a participação do Saint Paul’s Cathedral Choir e a bateria de Tony Fernandez, que já havia trabalhado com Rick no álbum “No Earthly Connection” e continuaria colaborando com ele a partir de então… infelizmente ele foi o primeiro de uma série de erros estratégicos, assim como “Criminal Record” que sairia ainda em 77…

3

Ambos os álbuns ficaram em segundo plano diante do retorno de Wakeman para o Yes no genial “Going for the One”… e, além disso, o mercado musical estava mergulhado no furacão punk e na disco music e mesmo a boa repercussão e as ótimas vendas não seriam o suficiente para impressionar as gravadoras… tanto “White Rock” como “Criminal Record” não seriam discos muito reproduzidos… e é por isso que nós os selecionamos para essa segunda parte do programa de hoje…

Com Rick Wakeman vocês ouviram “White Rock”, “After the Ball”, “Ice Run”, “The Breathalyser” e “Judas Iscatiot”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

DAVID MATTHEWS

BG – SILENT RUNNING

1. DUNE

2. ARRAKIS – 5:58

3. SANDWORMS – 5:10

4. SONG OF THE BENE GESSERIT – 2:52

5. MUAD’DIB – 6:39

BG – PRINCESS LEIA’S THEME

TOTAL – 20:39

RICK WAKEMAN

BG – STATUE OF JUSTICE

2. WHITE ROCK – 3:13

3. AFTER THE BALL – 3:03

4. ICE RUN – 6:08

5. THE BREATHALYSER – 3:52

6. JUDAS ISCARIOT – 12:13

BG – MONTEZUMA’S REVENGE

TOTAL: 28:29

TOTAL GERAL – 49:08

Ouça o Art Rock com David Matthews &  Rick Wakeman que foi ao ar no dia 11/02/2017, clicando aqui.

Anúncios

John Wetton

Posted in Programas with tags on 09/02/2017 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje vamos homenagear John Wetton, que ascendeu ao Panteão em janeiro de 2017, deixando a nossa triste realidade para trás…

1

É desnecessário apresentar essa figura a qualquer fã de rock progressivo, pois John Wetton foi elemento central de grupos essenciais como o grande King Crimson, o UK e o Asia… mas ele foi muito mais do que isso… e, para quem está por aqui há mais tempo, o nome desse baixista e vocalista era um encontro frequente nas mais variadas árvores genealógicas do rock…

Ele havia começado no grupo Mogul Trash… e a sua natureza errante, assim como seu grande talento, já o haviam levado a participar dos grupos Renaissance e Family antes de integrar uma das mais brilhantes e bem sucedidas formações do King Crimson… mas ele nunca ficaria parado, passando pelo Roxy Music, Uriah Heep, UK, Atoll e Wishbone Ash antes de formar o Asia em 81…

2

Ele ainda tocaria com amigos como Fripp, Peter Banks, Brian Ferry, Phill Manzanera e muitos outros, também manteria uma carreira solo… e, depois de deixar o Asia, participaria do Phenomena, do Qango e formaria com Geoff Downes o grupo iCon… que nós selecionamos para essa primeira parte do programa de hoje…

Vocês ouviram “Overture: Paradox – Let me go”, “I stand alone”, “The die is cast” e “Raven” com o iCon… extraídas dos álbuns “iCon” de 2005, “Rubicon” de 2006 e “iCon 3” de 2009 que contou com a colaboração de Anne-Marie Helder do Karnataka e também da harpa de Andreas Vollenweider.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Agora vamos trazer um pouco do álbum “Gravitas”, o último registro de estúdio do Asia, lançado em 2014.

3

O retorno da formação original do Asia para o álbum “Phoenix” de 2008, representou uma evolução da parceria que John Wetton havia retomado com Geoff Downes para o projeto iCon… e, embora tanto ele como Steve Howe e Carl Palmer mantivessem outras atividades, a retomada do seu supergrupo dos anos 80 teve boa repercussão e gerou mais dois trabalhos de estúdio e várias tours.

Em 2013 Steve Howe acabou saindo para se concentrar no Yes e também em seus trabalhos solo, mas o Asia continuaria com a entrada de Sam Coulson, um jovem músico que publicava vídeos no youtube e tinha sido descoberto pelo guitarrista americano Paul Gilbert, participando da sua série de workshops “Great Guitar Escape” e depois sendo convidado para tocar junto do genial Walter Trout.

4

A entrada de Coulson para o Asia acabou sendo um reforço para a energia do grupo… para 2017 eles tinham tinha planejado um ano movimentado, com novas tours para promover o lançamento do álbum duplo “Symfonia – Live In Bulgaria 2013″… mas Jown Wetton não chegaria a ver o seu lançamento em fevereiro e ele fica para outro programa… vamos fechar com faixas do álbum “Gravitas” de 2014.

Com o Asia, vocês ouviram “Gravitas”, “Russian dolls”, “Heaven help me now”, “I would die for you” e “Till we meet again”, todas do álbum “Gravitas” de 2014…

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

iCon

BG –PLEASE CHANGE YOUR MIND

1. OVERTURE: PARADOX – LET ME GO – 6:28

2. I STAND ALONE – 6:09

3. THE DIE IS CAST – 6:17

4. RAVEN – 3:58

BG – GOD WALKS WITH US

TOTAL – 22:52

ASIA

BG – NYCTOPHOBIA

5. GRAVITAS – 8:00

6. RUSSIAN DOLLS – 5:06

7. HEAVEN HELP ME NOW – 5:39

8. I WOULD DIE FOR YOU – 3:11

9. TILL WE MEET AGAIN – 4:04

BG – THE CLOSER I GET TO YOU

TOTAL: 25:59

TOTAL GERAL – 48:51

Ouça o Art Rock com John Wetton que foi ao ar no dia 04/02/2017, clicando aqui.

Pink Floyd & Roger Waters

Posted in Programas with tags , on 03/02/2017 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos atender a pedidos e começar trazendo um pouco do álbum “Animals”, do grande Pink Floyd…

1

Gravado no momento em que começavam as tensões dentro do grupo, “Animals” era um álbum conceitual que foi além da crítica existencialista para tomar uma atitude mais agressiva, tanto no social como no político, inspirando-se na clássica obra “Animal Farm” de George Orwell para construir uma metáfora social, onde vemos a humanidade reduzida à sua natureza primitiva, como cães, ovelhas e porcos…

Em resposta às críticas que o movimento punk estava fazendo às grandes bandas de rock, em especial às progressivas, o Floyd mostrava que estava longe da complacência, neste que seria o primeiro álbum do grupo em que Roger Waters impôs a sua visão, dominando o aspecto criativo com uma poética amarga, mas que não se rendia ao niilismo.

O grande impacto do álbum e a repercussão de incidentes durante a tour mundial foram em parte catalizadores para a próxima grande obra do grupo, o duplo “The Wall”… mas nós vamos conferir um pouco da atualidade da temática de “Animals”, que continuaria a ser pertinente nesta nossa decepcionante realidade…

Vocês ouviram o Pink Floyd com “Pigs on the wing, pt.1”, “Pigs (three different ones)” e “Sheep”… todas do álbum “Animals”, que está completando 40 anos em 2017…

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer outro momento da carreira de Roger Waters, agora com o seu último trabalho solo dos anos 90, o álbum “Amused to Death”…

2

Na esteira do grande sucesso com transmissão mundial da sua apresentação da ópera rock “The Wall” em Berlin, em 1990, pouco tempo depois da queda do muro, Roger Waters sentiu que sua carreira estava voltando para o centro das atenções, depois de ter perdido sua luta na justiça pelos direitos do nome Pink Floyd para os seus antigos companheiros de grupo.

Animado, Roger começaria a trabalhar no seu próximo álbum solo, “Amused to Death”, com o nome inspirado na obra do genial teórico americano Neil Postman… e ele contou com inúmeros colaboradores, incluindo Rita Coolidge, Jeff Porcaro, P.P. Arnold, Don Henley e muitos outros… o álbum seria muito bem recebido, mas não chegaria a ser promovido com uma tour e nunca atingiu um status cult entre os fãs.

Em 2015, seria lançada uma versão remasterizada e remixada, incluindo até a participação de Jeff Beck na guitarra… essa versão chegaria a ganhar um Grammy de melhor álbum com Som Surrond… e, no final de 2016, enquanto anunciava um novo álbum de estúdio, Roger resgatava o som do álbum “Animals” para declarar o começo da Resistência ao novo presidente dos EUA… mas isso fica para outro programa, para fechar o Art Rock de hoje nós selecionamos um pouco de “Amused to Death”.

Vocês ouviram “What God want’s, Pt.1”, “The bravery of being out of range”, “Watchng TV” e “Amused to Death”, todas faixas da versão remasterizada de 2015 do álbum “Amused to Death” de Roger Waters…

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

The resistance begins today

E fazendo a nossa parte nesse começo da Resistência, divulgamos o vídeo do Roger Waters na cidade do México com a música do Animals e o inominável presidente do Império de “Big Pig”. Ele acrescentou o vídeo no dia da posse com a mensagem: The resistance begins today…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

PINK FLOYD

BG – DOGS

1. PIGS ON THE WING, PT.1 – 1:26

2. PIGS (THREE DIFFERENT ONES) – 11:26

3. SHEEP – 10:19

BG – PIGS ON THE WING, PT.2

TOTAL – 23:09

ROGER WATERS

BG – IT’S A MIRACLE

4. WHAT GOD WANTS, PT.1 – 6:00

5. THE BRAVERY OF BEING OUT OF RANGE – 4:45

6. WATCHING TV – 6:07

7. AMUSED TO DEATH – 9:07

BG – WHAT GOD WANTS, PT.2

TOTAL: 25:58

TOTAL GERAL – 49:07

Ouça o Art Rock com Pink Floyd & Roger Waters que foi ao ar no dia 28/01/2017, clicando aqui.