Astralis

“Boa noite, no programa de hoje vamos ouvir uma sugestão da Ana Barbara Vicentin, a nossa grande amiga, colaboradora e co-produtora aqui do Art Rock… o grupo chileno Astralis.

Formado em torno do guitarrista e vocalista Patricio Vera-Pinto, o Astralis surgiu em 1999, mas levaria um bom tempo para conseguir gravar o seu primeiro álbum, “Bienvenida al Interior”, que sairia somente em 2006 e contava com o baixo de Mauricio Arcís, a bateria de Segio Heredia e os teclados de Juan Pablo Gaete.

O álbum mostrava uma sonoridade com clara influência do neoprog da década de 80, dominado pelos temas e frases de guitarra dialogando com os teclados e acompanhados de letras cantadas em espanhol… uma decisão que pode ter prejudicado o alcance internacional do disco, mas que não o impediu de ter uma ótima repercussão no cenário do rock chileno.

E em 2009 o Astralis lançaria outro belo trabalho, o álbum “Voces del bosque”, que também foi muito bem recebido, apesar de não contar com a distribuição internacional do selo progressivo Musea, que havia beneficiado o disco de estreia do grupo… vamos conferir um pouco desses dois excelentes exemplos do prog. rock chileno…

Vocês ouviram o Astralis com “Bienvenida al interior”, “Noventa y nueve” e “Caminos internos”.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer o último trabalho lançado pelo Astralis, o álbum “Fantasia de invierno” de 2013…

Apesar de parecer ter se estabilizado como grupo depois de dois álbuns… e de se manter ativo no circuito progressivo chileno, o Astralis entrou em um hiato que duraria até 2013, quando apareceu com um novo trabalho, “Fantasia de invierno”, mais uma vez lançado no Chile pela Mylodon Records.

Mas, ao lado de Patricio Vera estava apenas o baixista Mauricio Arcís, com o restante do grupo sendo completado por músicos convidados, incluindo o segundo guitarrista Luis Álvarez… e, além disso, não se tratava de um álbum de novas composições, mas sim de uma reunião de material composto originalmente por Patrício entre 1989 e 1995, antes mesmo da criação do Astralis.

Ainda assim “Fantasia de invierno” é um trabalho consistente, com faixas que mostram um toque mais hard acompanhadas de composições mais elaboradas como a própria faixa título… e é um pouco desse derradeiro registro de estúdio do Astralis que nós selecionamos para essa segunda parte do Art Rock de hoje.

Com o Astralis vocês ouviram “La cancion es libre”, “Invocacion” e “Fantasia de invierno”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, que foi também quem cedeu o material para o programa de hoje … lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ASTRALIS

BG – BAJO EL DOMO DE CRISTAL

1. BIENVENIDA AL INTERIOR – 7:55

2. KINNARA – 10:11

3. CAMINOS INTERNOS – 5:59

BG – NOVENTA Y NUEVE

TOTAL – 25:40

ASTRALIS

BG – LA MARCHA DE LOS QUE VIENEN

4. LA CANCION ES LIBRE – 4:17

5. INVOCACION – 4:43

6. FANTASIA DE INVIERNO – 14:22

BG – ALGO TIENE QUE CAMBIAR

TOTAL: 23:22

TOTAL GERAL – 49:03

Ouça o Art Rock com Astralis que foi ao ar no dia 04/03/2017, clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: