Origens

“Na origem da Terra, em sua atmosfera, havia muita água, gases e relâmpagos. Quando esses três elementos se juntaram, deram surgimento a diversas substâncias que começaram a fazer do planeta um ambiente propício para a vida.

Celebrando 25 anos de estrada, o baixista Alessandro Aru reuniu vários amigos, integrantes de diversas bandas do cenário musical do rock alagoano, que influenciaram diretamente sua formação musical e que, em algum momento participaram de sua história, para gravar o álbum Origens.
Rogério Cavalcante (Primeiro comparsa de música), Fred Hollanda (Água Mineral, Mopho e Canela Seca), Hélio Pisca (Água Mineral e Mopho), João Paulo (Água Mineral e Mopho), Leonardo Luiz (Mopho, Cores Astrais e Messias Elétrico), Michell Campos (Cores Astrais), Daniel Gontijo (Barba de Gato), Ney Guedes (Cachorro Urubu), Phillipe Hollanda (Cachorro Urubu), Eduardo Bahia (Santo Samba), Pedro Salvador (Canela Seca e Messias Elétrico), Thiago Alef (Canela Seca), Fernando Coelho (Messias Elétrico), Lillian Lessa (Messias Elétrico), Renan Di Carvalho (Lado B), Daniel Queiroz (Jams Sessions), Dácio Messias (Estúdio Concha Acústica).

A trajetória musical deste filho natural de Maceió contribui até hoje com os capítulos mais importantes do gênero em sua terra natal. Alessandro integrou a formação original da banda Mopho – é dele o baixo vigoroso e de timbre aveludado nas gravações originais de A Geladeira, Uma Leitura Mineral Incrível, Mosca sobre a Cabeça e Eu Quero Tudo, quatro clássicos do rock nacional presente na demo-tape de estréia da banda, em 1997 – que conquistou corações e mentes por todo o Brasil.

Com seu estilo único, inspirado em ícones do instrumento no rock and roll – como John Paul Jones (Led Zeppelin), John Entwistle (The Who) e Jack Bruce (Cream) –, o baixista apresenta musicalidade sempre de alta octanagem, que pode ser conferida nas músicas de bandas como Cores Astrais, Santo Samba, Cachorro Urubu e Messias Elétrico – essa última da qual é membro fundador e possui dois discos lançados pela gravadora Baratos Afins.

A relação com o instrumento é visceral a ponto de diversas músicas de sua autoria terem sido compostas originalmente no baixo elétrico.No caso de Origens, o projeto foi formatado a partir de canções compostas pelo baixista e que enveredaram para uma obra conceitual, uma única música, uma espécie de suíte subdivida em seis partes.

Para a produção do trabalho, buscou-se registrar o lado mais orgânico dos músicos por meio de “jams sessions” das quais foram retiradas parte do material gravado.

A idéia de Origens pode ser também traduzida como um encontro para celebrar a amizade e o resgate do que existe de mais autêntico quando se fala em música: amigos expressando suas verdades através de sons.

Sinceros agradecimentos aos amigos que participaram desse projeto, os quais contribuíram de forma brilhante com seus arranjos personalíssimos: Agradeço especialmente por ter pais justos, dedicados e amorosos e irmãos de fé, por ter encontrado uma companheira para todos os momentos que gerou minha maior obra, minha linda filha. Por ter nascido com saúde e poder desfrutar dos sons.”

————————————–

Origens – Origens (2016) Brasil:

Alessandro Aru – Baixo
Hélio Pisca – Bateria, Sintetizadores e Piano
João Paulo – Violão, Guitarra e Voz
Mariana Guedes Quintiliano – Voz

Contato:
arubass@gmailcom
http://www.facebook.com/Origens-%C3%81lbum-419260604939970/

Para ouvir e baixar:
https://origens-album.bandcamp.com/album/origens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: