Arquivo para 03/08/2018

Steve Hackett & Virgil and Steve Howe

Posted in Programas with tags , , on 03/08/2018 by Art Rock

“Boa noite, no programa de hoje teremos dois dos mais importantes guitarristas da geração fundadora do progressivo…

Vamos começar com o grande Steve Hackett… um nome que é não precisa ser apresentado a nenhum fã de prog rock, pois é não apenas conhecido como querido e respeitado por todos… desde os tempos em que era uma das forças dominantes do Genesis até à sua carreira solo, que continuou prolífica e inabalável pelas décadas à fora… e sem dar sinais de fadiga.

Sempre trazemos os trabalhos de Steve Hackett no nosso programa… e, para hoje, nós selecionamos um pouco do seu álbum de 2011, “Beyond the Shrouded Horizon”, que ele mesmo descrevia como uma odisseia por mares terrestres e celestes, das praias rochosas da Escócia aos Anéis de Saturno…

Para essa viagem Steve contou com a colaboração do irmão John Hackett nas flautas, de Chris Squire no baixo, Steve Howe na guitarra, Simon Phillips na bateria, Roger King nos teclados e muitos outros… o álbum recebeu uma edição especial na época do seu lançamento e é um pouco dessa versão dupla que nós selecionamos para começar o Art Rock de hoje…

Vocês ouviram “Loch Lomond”, “Til These Eyes”, “Turn This Island Earth” e “Eruption: Tommy” com Steve Hackett.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer outro guitarrista com uma obra essencial, tanto em seus vários grupos como na carreira solo…

Estamos nos referindo ao genial Steve Howe… que é claro também dispensa maiores apresentações… afinal, o Yes é outro dos pilares do rock progressivo, e Howe é praticamente uma unanimidade, celebrado tanto pela crítica como pelo público e até por outros guitarristas… mas, para o programa de hoje, nós selecionamos um trabalho especial.

O álbum em questão é “Nexus”, lançado em 2017, e foi uma colaboração com o seu filho mais novo, Virgil Howe, mais conhecido como baterista do trio Little Barrie, mas que também já havia gravado com o irmão Dylan em trabalhos do pai como “Spectrum” de 2005 e “Time” de 2011, entre outros…

Em “Nexus”, Virgil explora seus outros talentos, tocando teclados e outros instrumentos… eram composições suas que ele havia enviado para o pai completar com passagens de guitarra… infelizmente, Virgil não veria o resultado final dessa criação conjunta… ele deixou o nosso plano da realidade em setembro de 2017, dois meses antes do lançamento do álbum.

Com Virgil & Steve Howe vocês ouviram “Nexus”, “Hidden Planet”, “Night Hawk”, “Passing Titan”, “Dawn Mission” e “Astral Plane”.

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

STEVE HACKETT

BG – SHE SAID MAYBE

1. LOCH LOMOND – 6:49

2. TIL THESE EYES – 2:41

3. TURN THIS ISLAND EARTH – 11:50

4. ERUPTION: TOMMY – 3:37

BG – THE PHOENIX FLOWN

TOTAL: 24:57

VIRGIL & STEVE HOWE

BG – NICK’S STAR

1. NEXUS – 4:56

2. HIDDEN PLANET – 3:26

3. NIGHT HAWK – 3:35

4. PASSING TITAN – 4:06

5. DAWN MISSION – 5:07

6. ASTRAL PLANE – 3:37

BG – LEAVING AURORA

TOTAL: 24:47

TOTAL GERAL – 49:44

Ouça o Art Rock com Steve Hackett & Virgil and Steve Howe que foi ao ar no dia 28/07/2018, clicando aqui.

Flying Colors

Posted in Programas with tags on 03/08/2018 by Art Rock

“Boa noite, hoje teremos um programa com um supergrupo de peso do prog rock americano, o Flying Colors…

A história desse encontro de talentos começou em 2008 quando o produtor executivo Bill Evans teve a ideia de combinar a qualidade e complexidade do rock progressivo no processo de composição e performance com uma sonoridade de formato mais acessível, sem suítes de 30 minutos e temáticas impenetráveis… e tendo nos vocais um cantor ligado à música pop.

Ele contatou o grande Neal Morse (do Spock’s Beard e Transatlantic), Dave LaRue (dos Dixie Dregs), Steve Morse (Dixie Dregs, Kansas e Deep Purple) e Mike Portnoy (do Dream Theater e Transatlantic)… para a produção musical ele chamou Peter Collins, conhecido por seu trabalho com o Rush e Queensrÿche… e só ficou faltando o vocalista que acabou sendo Casey McPherson, da banda pop texana Alpha Rev… uma contratada da Hollywood Records, o selo musical da Disney.

Pois é… ninguém entendeu muito bem, mas a sugestão foi do próprio Mike Portnoy… e o resultado começou a tomar forma quando os dois Morse (Neal e Steve – que não são parentes) se encontraram para trocar ideias… e foi evoluindo até chegar a um consenso mais ou menos na mesma época em que decidiram o nome para o projeto: Flying Colors… este também seria o nome do primeiro álbum, lançado em 2012, confiram…

Vocês ouviram “Kayla”, “Forecer in a Daze”, “Everything Changes”, “All Falls Down” e, para fechar, uma versão ao vivo para “Space Tuckin’” do Deep Purple, com o Flying Colors.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos trazer agora mais um pouco do som do grupo Flying Colors, que já lançou dois álbuns de estúdio e também dois ao vivo.

Além do álbum “Flying Colors” de 2012 ter sido muito bem recebido tanto pela crítica como pelo público, as plateias dos shows da primeira tour pelos Estados Unidos e Europa também foram tão entusiásticas que eles resolveram lançar um álbum ao vivo para registrar a excursão… e “Live in Europe” saiu em 2013.

Como os membros do Flying Colors continuavam a ter compromissos com os seus outros grupos, o álbum “Second Nature” saiu só em 2014, mas foi ainda mais bem recebido que o trabalho anterior, rendendo uma tour concorrida, mas curta, pois os músicos só tinham duas semanas em que podiam encaixar datas para se apresentarem juntos… e, talvez por isso mesmo, o resultado foram noites memoráveis que eles resolveram registrar em mais um álbum ao vivo.

“Second Flight: Live at the Z7” seria lançado em 2015 e também sairia em bluray… infelizmente, depois disso eles não voltaram a gravar, mas não encerraram a colaboração… em 2017 fizeram uma aparição surpresa no Cruise to the Edge e, em 2018, lançaram um versão apenas para download dos tapes originais do primeiro álbum… mas, para a segunda parte do programa, nós selecionamos um pouco de “Second Nature”.

Com o Flying Colors vocês ouviram “Open up your Eyes”, “A Place in your World” e “One Love Forever”…

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Reinaldo Vilas-Boas… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

FLYING COLORS

BG – FOOL IN MY HEART

1. KAYLA – 5:12

2. FOREVER IN A DAZE – 3:52

3. EVERYTHING CHANGES – 6:48

4. ALL FALLS DOWN – 3:20

5. SPACE TRUCKIN’ – 5:21

BG – BETTER THAN WALKING AWAY

TOTAL: 24:33

FLYING COLORS

BG – MASK MACHINE

1. OPEN UP YOUR EYES – 12:24

2. A PLACE IN YOUR WORLD – 6:32

3. ONE LOVE FOREVER – 7:22

BG – BOMBS AWAY

TOTAL: 26:19

TOTAL GERAL – 50:52

Ouça o Art Rock com Flying Colors que foi ao ar no dia 21/07/2018, clicando aqui.