Arquivo para 04/09/2018

Stick Men

Posted in Programas with tags on 04/09/2018 by Art Rock

“Boa noite, o programa de hoje vamos trazer uma colaboração do nosso companheiro Rubens Silvio, que nos conseguiu um material imperdível de um grupo que os nossos ouvintes já conhecem muito bem, os Stick Men de Pat Mastelotto, Markus Reuter & Tony Levin…

Como trouxemos recentemente no programa esse trio pertencente à nobre família crimsoniana, acho que podemos dispensar as apresentações… basta lembrar que ele surgiu em 2007 a partir de um álbum solo do grande baixista Tony Levin, em que ele mergulhava nas suas alugações com a natureza polimórfica do chapman stick…

Esse instrumento singular foi uma criação do músico de jazz Emmett Chapman, para usar com o seu método de “mãos livres” (free hands) em que a manipulação é feita com os dedos de ambas as mãos por meio da técnica de tapping… diretamente no braço e não no corpo da guitarra.

Chappman começou em 69 a evoluir o conceito, desenvolvendo uma guitarra de nove cordas que chamou de “freedom guitar”… mas em 74 ele apresentou para o público o primeiro Stick, que foi logo abraçado por feras como Alphonso Johnson do grupo Weather Report… e também por um então jovem baixista chamado Tony Levin que se tornaria um grande entusiasta e, anos mais tarde, criaria o trio Stick Men só para explorar as muitas viagens possíveis com essa ferramenta sonora…

Vocês ouviram “Hide in the Trees”, “Larks tongues in aspic – part two”, que é a segunda parte do tema crimsoniano do nosso programa… e, para fechar, “Red” outra clássica do King Crimson Club ” com os Stick Men & David Cross, ao vivo no Carioca Club em São Paulo!

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar com o grupo Stick Men, trazendo mais um pouco da memorável apresentação deles com David Cross, no Carioca Club em São Paulo, em 24 de agosto de 2018.

O show foi registrado nesse bootleg que vocês estão conferindo aqui no Art Rock… foi a primeira apresentação da tour sul americana do grupo, na qual eles teriam a companhia do genial violinista David Cross… outro representante da família do King Crimson.

O show no Club Carioca de São Paulo teve uma atmosfera bem contemporânea, pois o visual mais hard edge do ambiente era bem diferente da sóbria e adornada e quase duas vezes centenária sala do Teatro Municipal São Caetano de Niteroi, onde acabou sendo realizado o segundo concerto da excursão, que originalmente era para ser no Rio de Janeiro.

A presença de David Cross contribuiu para tornar ainda mais crimsoniano o som do grupo… e essa não foi a primeira vez que o violinista participou dos Stick Men, que já tinha realizado uma tour anterior com ele, registrada no álbum “Midori”, gravado ao vivo em Tokyo e disponível apenas em formato digital… felizmente, essa nova colaboração memorável foi também registrada, dessa vez como um bootleg, que graças ao nosso amigo Rubens Sílvio, estamos trazendo aqui para os ouvintes do Art Rock!

Vocês ouviram “Mantra”, “Prog Noir” e “Open” com os Stick Men.

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

STICK MEN

BG – CUSP

1. HIDE IN THE TREES – 6:45

2. LARKS’TONGUES IN ASPIC – PART TWO – 6:18

3. RED – 6:20

BG – SWIMMING IN TEA

TOTAL: 24:43

STICK MEN

BG – SCHATTENHAFT

1. MANTRA 5:25

2. PROG NOIR – 6:15

3. OPEN – 13:20

BG – SHADES OF STARLESS

TOTAL: 25:00

TOTAL GERAL – 49:43

Ouça o Art Rock com Stick Men que foi ao ar no dia 01/09/2018, clicando aqui.

Emerald Dawn & Evership

Posted in Programas with tags , on 04/09/2018 by Art Rock

“Boa noite, hoje teremos no programa dois grupos recentes que mostram que o paradigma progressivo está longe de ter sido superado… e vamos começar com os escoceses do Emerald Dawn.

O grupo foi formado em Edinburgo, e era originalmente uma dupla de multi-instrumentistas… Tree Stewart nos teclados, flauta, guitarra, percussão e vocais e Ally Carter nas guitarras, sintetizadores, sax, teclados e vocais… mas, quando decidiram se mudar para a Inglaterra e se fixar na região de Cornwall, eles acabaram acrescentando o baterista Tom Jackson… e foi com essa formação que gravaram o primeiro álbum “Search for the Lost Key”, lançado de forma limitada em 2014.

O álbum já mostrava as influências do Pink Floyd, Camel, Steve Hackett, e também de grupos da geração neoprogressiva dos anos 80… e eles continuariam a desenvolver a sua proposta acrescentando o baixista Jayjay Quick para a gravação do seu segundo álbum, “Visions”, que sairia em 2017 pela World’s End Records e já os mostrava dando um passo adiante com a ambiciosa faixa “Music Noire”, de mais de 20 minutos!

Na formação mais recente do Emerald Dawn o baixo foi assumido por David Greenaway… e o grupo continua se esforçando para encontrar o seu caminho no cenário do prog rock britânico contemporâneo… vamos conferir um pouco dos seus dois registros de estúdio, “Search for the Lost Key” e “Visions”…

Vocês ouviram “In search of the lost key”, “A vision left unseen” e “Waves”, com o Emerald Dawn…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Nessa segunda parte do programa vamos conferir o som de um grupo progressivo nascido em Nashville, Tennessee, a capital da country music.

Estamos nos referindo ao Evership, uma criação do produtor e multi-instrumentista Shane Atkinson, um veterano que havia tocado em várias bandas nos anos 80 e 90 e que também trabalhava como compositor para temas de comerciais, trilhas de cinema e teatro… além disso, ele chegou a gravar dois álbuns com o grupo de rock alternativo Curious Fools, acabando por se desapontar e deixar de lado a música por um tempo.

Mas ele nunca deixou de compor… e, em 2005, resolveu começar aos poucos um novo projeto que evoluiria para se transformar no Evership… só que levaria um bom tempo… ele passaria anos selecionando as faixas para o que seria o primeiro álbum, começando a gravação das demos em 2009 e reunindo músicos para o empreendimento… na verdade, as gravações demorariam para começar e as formações do grupo também iriam mudando enquanto isso.

Em meio às mudanças, algumas posições centrais se firmaram, com Beau West nos vocais, Jaymi Millard no baixo e Rob Higginbotham na guitarra… Shane Atkinson cuidaria dos teclados e bateria e o seu irmão James assumiria a outra guitarra… mas, apesar de todas as dificuldades o projeto finalmente foi bem sucedido com o lançamento em 2016 do álbum “Evership”, que foi um dos dez álbuns do ano do site ProgArchives…

Com o Evership vocês ouviram “Silver Light” e “Flying Machine”.

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

EMERALD DAWN

BG – BEYOND THE WALL

1. IN SEARCH OF THE LOST KEY – 11:06

2. A VISION LEFT UNSEEN – 7:00

3. WAVES – 8:38

BG – BURIDAN’S LAMENT

TOTAL: 26:44

EVERSHIP

BG – EVERMORE

4. SILVER LIGHT – 9:26

5. FLYING MACHINE – 13:44

BG – ULTIMA THULE

TOTAL: 22:10

TOTAL GERAL – 49:54

Ouça o Art Rock com Emerald Dawn & Evership que foi ao ar no dia 18/08/2018, clicando aqui.