Arquivo para outubro, 2018

Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman

Posted in Programas with tags on 29/10/2018 by Art Rock

“Boa noite, hoje teremos um programa com uma das metades essenciais que formam um grande grupo que segue dividido…

Estamos nos referindo ao incomparável Yes, que não encerrou atividades, mas que sofreu uma metamorfose depois que o último integrante da formação original do grupo, o baixista Chris Squire, deixou a nossa realidade em 2015… nessa época eles estavam em tour promovendo o álbum “Heaven & Earth” de 2014, tendo Jon Davidson nos vocais, e seguiram em frente com Billy Sherwood assumindo o lugar de Chris.

Enquanto isso, Jon Anderson, que havia deixado o grupo em 2008, estava envolvido com sua carreira solo e também com um projeto que já vinha se arrastando desde 2010 de um trio com seus antigos companheiros Trevor Rabin e Rick Wakeman… essa união já havia gerado muita expectativa, mas os conflitos de agenda dos músicos dificultavam o progresso das gravações e o novo grupo nunca parecia sair do papel.

Só em 2016 eles conseguiram se organizar e a tour “An Evening of Yes Music and More” com Anderson, Rabin and Wakeman teve ótima repercussão, motivando os músicos a seguir em frente com o projeto… e então, em 2017, Jon Anderson anunciou que eles passariam a usar o nome Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman… e vocês vão poder conferir agora um pouco do álbum ao vivo gravado por essa nova versão do Yes em 25 de março de 2017 em Manchester, na Inglaterra.

Vocês ouviram o Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman com “I’ve Seen All Good People”, “Heart of the Sunrise” e “Changes”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar trazendo um pouco do primeiro álbum do outro Yes… que conta em sua formação com os vocais de Jon Anderson, a guitarra de Trevor Rabin e os teclados de Rick Wakeman.

O nome Yes, legalmente, é uma propriedade conjunta de Jon Anderson, Chris Squire, Steve Howe e Alan White… mas, quando deixou o grupo pela primeira vez, Jon Anderson concordou em não criar problemas para os ex-companheiros… e esse acordo informal foi mantido quando ele saiu novamente do grupo em 2008…

Para todos os efeitos, o grupo que tivesse Chris Squire em sua formação usaria com exclusividade o nome Yes… mas esse acordo, é claro, deixou de valer quando Chris atravessou a barreira do hiperespaço em 2015 e Jon Anderson declarou que havia conversado com a viúva dele e que ela própria havia lhe dado a sugestão de usar o nome no seu grupo com Rabin e Wakeman…

E assim, tanto o álbum “Live at the Apollo” como a excursão mundial “Quintessential Yes: The 50th Anniversary Tour” de 2018 seriam creditadas a Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman… ficou consolidada assim a divisão do decano do progressivo que passa a estar dividido em dois grupos diferentes… vamos continuar ouvindo um pouco do álbum ao vivo e fechar com a primeira faixa de estúdio “Fragile”, baseada num tema composto por Trevor Rabin para os End Tittles da série de TV “Agent X” de 2015…

Vocês ouviram “Long Distance Runaround / The Fish”, “Make it Easy / Owner of a Lonely Heart” e “Fragile” com o Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman.

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

YES FEATURING ANDERSON, RABIN AND WAKEMAN

BG – LIFT ME UP

1. I’VE SEEN ALL GOOD PEOPLE – 7:43

2. HEART OF THE SUNRISE – 11:26

3. CHANGES – 7:00

BG – RHYTHM OF LOVE

TOTAL: 26:09

YES FEATURING ANDERSON, RABIN AND WAKEMAN

BG – AND YOU AND I

1. LONG DISTANCE RUNAROUND / THE FISH – 6:18

2. MAKE IT EASY / OWNER OF A LONELY HEART – 9:46

3. FRAGILE – 5:24

BG – ROUNDABOUT

TOTAL: 21:27

TOTAL GERAL – 47:37

Ouça o Art Rock com Yes featuring Anderson, Rabin and Wakeman que foi ao ar no dia 20/10/2018, clicando aqui.

REPRISE: Alan Parsons Project

Posted in Programas with tags on 17/10/2018 by Art Rock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa de 13-10-2018, foi um reprise com o Alan Parsons ProjectConfiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

 

Jefferson Airplane & Jefferson Starship

Posted in Programas with tags , on 17/10/2018 by Art Rock

“Boa noite, hoje no programa vamos lembrar outro explorador cósmico que deixou para trás a nossa acabrunhada realidade e seguiu viagem… Marty Balin do grande Jefferson Airplane.

 

Marty já havia lançado dois compactos no comecinho dos anos 60 e, quando resolveu transformar uma velha pizzaria no nightclub The Matrix, em 64, e ele começou a procurar músicos para formar o grupo residente do clube… primeiro foi Paul Kantner e Signe Anderson, depois foi Jorma Kaukonen… e, finalmente, Skip Spence e Jack Casady… enquanto isso, o som expandia do folk para agregar toda uma gama de outras possibilidades e começava assim a viagem do Jefferson Airplane.

O nome foi uma sugestão de Jorma Kaukonen e logo eles estavam chamando atenção no cenário do rock de San Francisco, assinando um contrato com a RCA e lançando em 66 o álbum “Jefferson Airplane Takes Off”… com o tempo, Skip Spence sairia para formar o Moby Grape e foi substituído por Spencer Dryden… e Signe Anderson daria o lugar para a poderosa Grace Slick… mas Marty Balin seguiria como o eixo fundador do grupo.

Sua voz dialogava com a de Grace em meio às outras e ajudava a construir a delicada tensão que ecoava nas faixas clássicas do Airplane… na sua fase mais celebrada, durante dos anos 60, o grupo mostrava sua natureza legitimamente caleidoscópica, com uma sonoridade onde a harmonia se construía na pluralidade… uma estrela de muitas pontas… dessa vez o destaque será para aquela que se chamava Marty Balin.

Vocês ouviram o Jefferson Airplane com “Blues from an airplane”, “It’s no secret”, “Tobacco Road”, “Today”, “Plastic Fantastic Lover”, “Young girl Sunday blues”, “If you feel”, “Turn my life down” e “Volunteers”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos trazer mais um pouco de Marty Balin, que foi uma das vozes da psicodelia dos anos 60… que em 2018 deixou de acompanhar o mísero e desinteressante reality show em que se transformou a nossa pálida realidade.

Em 1971 Marty Balin saiu para formar o grupo Bodacious, que teve vida curta e lançou apenas um álbum em 73… enquanto isso, Paul Kantner e Grace Slick faziam o Airplane passar por uma metamorfose e ele voltaria em 75 como o Jefferson Starship… e eles convidariam Marty para participar do novo projeto, que se tornaria um dos mais bem sucedidos grupos dos anos 70 e seguiria em meio a mudanças, decadências e recuperações pelas décadas seguintes.

Nos anos 80, Balin lançou álbuns solo com relativo sucesso ao mesmo tempo em que voltava, a partir de 86, a colaborar com Paul Kantner, primeiro no KBC e depois nos álbuns “Windows of Heaven” e no excepcional “Jefferson’s Tree of Liberty” do Jefferson Starship.

Em março de 2016 ele estava no meio de uma tour quando teve que se hospitalizar para uma cirurgia de emergência… mas a propalada ciência médica dos Estados Unidos não é para todos… o velho hippie ainda fez seu último protesto processando o hospital, mas o tedioso e sombrio século XXI foi mais forte e ele deixou esse plano da realidade em 2018… vamos conferir um pouco do seu trabalho como tripulante do Jefferson Starship.

Vocês ouviram o Jefferson Starship com “Caroline”, “There will be love”, “St. Charles” e “See the light”, essa última extraída do álbum “Windows of Heaven” de 1998.

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

JEFFERSON AIRPLANE

BG – SHE HAS FUNNY CARS

1. BLUES FROM AN AIRPLANE – 2:10

2. IT’S NO SECRET – 2:38

3. TOBACCO ROAD – 3:28

4. TODAY – 2:58

5. PLASTIC FANTASTIC LOVER – 2:33

6. YOUNG GIRL SUNDAY BLUES – 3:36

7. IF YOU FEEL – 3:21

8. TURN MY LIFE DOWN – 2:55

9. VOLUNTEERS – 2:03

BG – THE HOUSE AT POONEIL CORNERS

TOTAL: 25:42

JEFFERSON STARSHIP

BG – RIDE THE TIGER

1. CAROLINE – 7:30

2. THERE WILL BE LOVE – 5:05

3. ST. CHARLES – 6:41

4. SEE THE LIGHT – 3:32

BG – MIRACLES

TOTAL: 22:08

TOTAL GERAL – 46:48

Ouça o Art Rock com Jefferson Airplane & Jefferson Starship que foi ao ar no dia 06/10/2018, clicando aqui.

Uriah Heep

Posted in Programas with tags on 05/10/2018 by Art Rock

“Boa noite, no programa de hoje teremos uma colaboração do nosso amigo e ouvinte de primeira hora, Almir Octávio, que nos conseguiu o lançamento de 2018 do grande decano do heavy prog, o incansável Uriah Heep.

O velho Heep é uma presença frequente aqui no Art Rock… e, é claro, são desnecessárias quaisquer apresentações do grupo, pois ele também costuma estar presente nas coleções da maioria dos roqueiros das muitas tribos… nem que sejam apenas os álbuns da sua fase clássica, nos distantes anos 70, quando estava entre os grandes nomes do rock pesado.

E nós vamos começar o programa de hoje trazendo justamente um pouco dessa fase celebrada do Uriah Heep, quando os vocais insuperáveis de David Byron se combinavam perfeitamente com os teclados de Ken Hensley, a guitarra de Mick Box, a bateria de Lee Kerslake e o baixo de Gary Thain.

Essa formação seria responsável por quatro dos melhores álbuns do Uriah Heep… e nós selecionamos faixas de dois deles, o genial “Demons and Wizards” de 72, que muitos consideram o ponto alto da carreira do grupo, e também de “Sweet Freedom”, o famoso álbum da capa vermelha, de 1973, ambos relançados em versões expandidas e com faixas bônus…

Vocês ouviram o Uriah Heep com “The Wizard”, “Easy Livin’”, “Rainbow Demon”, “One Day”, “If I had the Time” e “Pilgrin”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós continuamos com o Uriah Heep, agora trazendo um pouco do seu álbum de 2018, “Living the Dream”.

Fazia algum tempo que o Heep não atendia aos seus fãs com um trabalho novo… seu último registro de estúdio havia sido o álbum “Outsider”, de 2014, que chegou até a sair em uma edição especial em vinil branco… desde então, eles haviam se mantido ativos no circuito de shows, com apresentações frequentes e também preparando uma coletânea dupla de faixas clássicas regravadas pela sua formação atual, com o vocalista Bernie Shaw e o tecladista Phil Lanzon, que estão no grupo desde 1986…

Para muitos parecia que eles estavam em vias de se aposentar… mas, mesmo mantendo apenas o guitarrista Mick Box como sobrevivente da formação original, o grupo não perdeu nada da sua energia e, principalmente, da dedicação aos seus fãs, os famosos heepsters.

Lançado em setembro de 2018, o álbum “Living the Dream” é o 25o. da longa carreira do Uriah Heep, que nunca encerrou atividades e tem orgulho de colocar em seu ônibus de excursão a frase: “Desde 69 e ainda na estrada”… e agora vocês vão poder conferir essa prova de resistência do grupo de Mick Box…

Vocês ouviram o Uriah Heep com “Grazed by Heaven”, “Take Away my Soul”, “Waters Flowin’” e “It’s All Been Said”…

O Art Rock fica por aqui, o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… nós agradecemos ao nosso amigo Almir Octávio pelo material que tocamos na segunda parte de programa… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… … tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

URIAH HEEP

BG – CIRCLE OF HANDS

1. THE WIZARD – 2:59

2. EASY LIVIN’ – 2:36

3. RAINBOW DEMON – 4:26

4. ONE DAY – 2:47

5. IF I HAD THE TIME – 5:38

6. PILGRIN – 7:10

BG – PARADISE

TOTAL: 25:35

URIAH HEEP

BG – FALLING UNDER YOUR SPELL

1. GRAZED BY HEAVEN – 4:32

2. TAKE AWAY MY SOUL – 6:13

3. WATERS FLOWIN’- 4:28

4. IT’S ALL BEEN SAID – 6:01

BG – DREAMS OF YESTERYEAR

TOTAL: 21:13

TOTAL GERAL – 46:48

Ouça o Art Rock com Uriah Heep que foi ao ar no dia 29/09/2018, clicando aqui.