Dave Brock & Nik Turner

“Boa noite, hoje vamos trazer no programa duas variações sobre o mesmo tema, com trabalhos solo de dois músicos ingleses unidos pela mágica do decano do space rock, o genial Hawkwind.

O grupo de Dave Brock é presença frequente aqui no Art Rock, desde os tempos em que ele tinha entre seus integrantes o baixista e vocalista Lemmy Killminster, muito antes dele fundar o Motörhead… e também já trouxemos suas muitas outras fases, incluindo seus trabalhos mais recentes que provam que continuam firmes e sem perder nada da sua viajante criatividade.

Mas, além de liderar o Hawkwind por meio século, Dave Brock também manteve uma carreira solo a partir dos anos 80, com trabalhos em que sempre conservou sua paixão declarada pelas paisagens cósmicas da ficção científica, de certo modo dando continuidade, ainda que de forma mais particular, ao que já desenvolvia em grupo com o próprio Hawkwind.

E, nessa primeira parte do programa, vocês vão conferir um pouco de “Brockworld”, o álbum solo de 2015 de Dave Brock, em que ele contou com o baixista Haz Wheaton e o baterista Richard Chadwick… e é claro, cuidou ele próprio dos vocais, guitarras, teclados, osciladores e até harmônica, mostrando que podia já ter passado dos 70, mas ainda não estava preparado para se aposentar…

Vocês ouviram Dave Brock com “Life Without Passion”, “Is no Life at All”, “Manipulation”, “Ascent of Man”, “Horizon”, “Leviathans of the Air” e “Falling Out of Love”.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer outro trabalho recente, mas de um ex-integrante do Hawkwind… o vocalista, flautista e saxofonista Nik Turner…

Essa figura lendária, que permanece em plena atividade, entrou para o Hawkwind em 69 e, no começo, era para ser só um roadie, pois ele tinha uma van e eles precisavam de alguém para levar o equipamento para os shows… mas descobriram que ele também era músico, e ele acabou entrando para o grupo, participando da fase mais celebrada e saindo apenas em 1976.

A partir daí Nik Turner fundaria os grupos Sphynx, Inner City Unit e Fantastic All Stars… e participaria de outros projetos e colaborações, além de manter uma prolífica carreira solo que também nunca deixou de lado suas alugações tanto com os enigmas do passado como com os mistérios do futuro…

E, para essa segunda parte do programa, selecionamos faixas do álbum “Final Frontier” de 2019, como sempre uma viagem por temas de ficção cientifica e com uma sonoridade que em momentos lembra muito os seus tempos de Hawkwind… e isso só é acentuado pela presença de outro ex-membro do grupo, o violinista e tecladista Simon House…

Com Nik Turner vocês ouviram “Out of Control”, “Interstellar Aliens”, “Thunder Rider”, “Back to the Ship” e “Calling the Egyptians”.

O Art Rock fica por aqui, o programa foi criado por Vidal Costa e Beto Bittencourt, a produção e a apresentação são de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na Paraná Educativa, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com, ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

DAVE BROCK

BG – GETTING OLD AND A SINGLE MAN

1. LIFE WITHOUT PASSION – 4:54

2. IS NO LIFE AT ALL – 2:15

3. MANIPULATION – 2:50

4. ASCENT OF MAN – 2:35

5. HORIZON – 5:05

6. LEVIATHANS OF THE AIR – 3:06

7. FALLING OUT OF LOVE – 3:26

BG – MAGNETISM

TOTAL – 24:11

NIK TURNER

BG – STRANGE LOOP

8. OUT OF CONTROL – 3:57

9. INTERSTELLAR ALIENS – 5:13

10. THUNDER RIDER – 6:36

11. BACK TO THE SHIP – 4:38

12. CALLING THE EGYPTIANS – 5:09

BG –THE FINAL FRONTIER, PT 1

TOTAL: 25:32

TOTAL GERAL – 49:43

Ouça o Art Rock com Dave Brock & Nik Turnerque foi ao ar no dia 13/07/2019, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Bom dia ouvintes do Porque Hoje é Sábado… aqui é Vidal Costa do Art Rock… e como esse é um sábado especial, pois é o Dia do Rock, eu estou dando uma passada aqui para colaborar na comemoração!

E nada melhor do que um dos hinos do rock… do grande The Who, uma faixa que foi inspirada na velha expressão inglesa usada quando morrem os seus soberanos… the King is dead, long live the King – o Rei está morto, vida longa ao Rei!

E como já nos anos 70 tinha gente declarando que o rock morreu… Pete Townsend respondeu com essa faixa clássica que diz tudo: ouçam “Long Live Rock!” com The Who.

BG – Baba O’Rilley

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: