Arquivo para Dead Can Dance

Dead Can Dance

Posted in Programas with tags on 22/08/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje no programa vamos trazer um tributo a um grupo antológico dos anos 80 e 90… o genial Dead Can Dance…

a2854506326_16

Já trouxemos muitas vezes no Art Rock esse grupo criado na Austrália, mas radicado na Inglaterra… hoje, porém, vamos apresentar um projeto diferente: a coletânea “The Lotus Eaters”, um tributo reunindo grupos góticos, da chamada darkwave e até do heavy e black metal… todos reimaginando a solene melancolia da obra de Lisa Gerrard e Brendan Perry.

O nome “Comedores de Lótus” foi extraído de uma faixa do Dead Can Dance… uma composição feita em 98 que acabaria só sendo disponível em uma box-set e na coletânea “Wake” de 2003… mas a expressão é também uma citação tirada de um dos episódios da “Odisséia” de Homero… e do célebre poema de Lord Tennyson sobre o futilidade dos esforços humanos ante a promessa sóbria, mas plácida, do abandono final.

Lançada em 2004, essa coletânea trouxe sonoridades distintas, reunidas apenas na direção que deram à sua música nas faixas selecionadas para o tributo… e vamos começar trazendo o grupo sueco Arcana, depois é a vez da dupla formada por Dan Lilker (do Nuclear Assault e Anthrax) e Lisa Sehreib… e, na sequência, a banda norueguesa Trail of Tears e os americanos do Amber Asylum e do Ephemeral Sun…

Com o Arcana vocês ouviram “In the Wake of Adversity”, depois foi “Cantara” com a dupla Danny Lilker e Lisa Sehreib, “The Arcane” com o Trail of Tears, “Cardinal Sin” com o Amber Asylum e “Avatar” com o Ephemeral Sun.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar trazendo agora um pouco do tributo “The Lotus Eaters”, que homenageia o grande Dead Can Dance, que se separou nos anos 90, mas voltaria à atividade em 2011…

Mesmo depois que deixaram de ser um casal, Lisa Gerrard e Brendan Perry continuaram a trabalhar juntos, mostrando que a sua relação não era feita só de promessas vazias… mas, em 98, enquanto parecia que a dupla estava preparando um novo álbum, foi anunciado o fim do Dead Can Dance, e levaria alguns anos para eles voltarem a se reunir.

Com o tempo, o contínuo interesse pelo grupo, assim como a repercussão de tributos como “The Lotus Eaters”, que foi lançado em 2004, acabariam por levar a um retorno… em 2005 eles fizeram uma tour concorrida pela Europa e Estados Unidos, mas essa volta não foi muito longe… só em 2011 é que uma reunião formal foi anunciada, com novas tours e o álbum “Anastasis”, lançado em 2012…

E, para essa segunda parte, nós selecionamos primeiro os ingleses do Antimatter, depois o grupo holandês The Gathering, seguido do Nightfall, da Grécia… e, para fechar, o multinacional Subterranean Masquerade…

Vocês ouviram o Antimatter com “Black Sun”, depois foi The Gathering com “In Power We Entrust The Love Advocated”, o Nightfall com “The Ubiquitous Mr. Lovegrove” e o Subterranean Masquerade com “Summoning Of The Muse (Deconstructed)”.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

THE LOTUS EATERS TRIBUTE TO DEAD CAN DANCE

BG – PERSEPHONE – SPIRIT

1. ARCANA – IN THE WAKE OF ADVERSITY – 4:27

2. DAN LILKER & LISA SEHREIB – CANTARA – 5:05

3. TRAIL OF TEARS – THE ARCANE – 4:19

4. AMBER ASYLUM – CARDINAL SIN – 5:42

5. EPHEMERAL SUN – AVATAR – 6:04

BG – FAITH AND THE MUSE – MESMERISM

TOTAL – 25:37

THE LOTUS EATERS TRIBUTE TO DEAD CAN DANCE

BG – JARBOE & THE BLACK PEARL SOCIETY – AMERICAN DREAMING

6. ANTIMATTER – BLACK SUN – 5:25

7. THE GATHERING – IN POWER WE ENTRUST THE LOVE ADVOCATED – 4:04

8. NIGHTFALL – THE UBIQUITOUS MR. LOVEGROVE – 4:56

9. SUBTERRANEAN MASQUERADE – SUMMONING OF THE MUSE (DECONSTRUCTED) – 9:29

BG – DARKWELL – ANYWHERE OUT OF THE WORLD

TOTAL: 23:53

TOTAL GERAL – 49:14

Ouça o Art Rock com Dead Can Dance que foi ao ar no dia 13/08/2016, clicando aqui.

Anúncios

REPRISE: Dead Can Dance & Beth Gibbons

Posted in Programas with tags , on 30/10/2015 by Artrock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa de 24-10-2015, foi um reprise com o Dead Can Dance & Beth GibbonsConfiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

dead-can-dance-anastasis-front

beth-gibbons-out-of-season

Dead Can Dance & Beth Gibbons

Posted in Programas with tags , on 30/01/2014 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje vamos trazer dois trabalhos recentes de representantes de uma geração de músicos que viu o pop e o rock se fragmentarem em estilos com nomes diferentes, criados por uma crítica musical que fugia dos rótulos convencionais.

Dead Can Dance - Anastasis - Front

Vamos começar com um dos grupos que melhor ilustra essa fuga dos formatos clássicos, o Dead Can Dance… um dos mais singulares exemplos do chamado dark wave, a variante sombria e melancólica do new wave, que teve suas origens no movimento pós-punk e reúne bandas com sonoridades diferentes sob uma bandeira comum… chegando a ser usado para descrever do Bauhaus ao Cocteau Twins.

E um caso a parte é o Dead Can Dance, que foi formado em Melbourne pela australiana Lisa Gerrard e pelo inglês Brendan Perry em 1981… que se mudariam para Londres no ano seguinte, lançando seu primeiro álbum em 84, um trabalho dominado por uma sonoridade etérea, que ganharia contornos quase medievais no EP “Garden of the Arcane Delights” ou no segundo álbum, “Spleen and Ideal” de 85.

Tornando-se cultuado no circuito alternativo, o grupo se separaria em 98, com Lisa e Brendan iniciando outros projetos e colaborações… mas eles voltariam, primeiro em 2005 e, mais recentemente, em 2012, lançando o álbum “Anastasis”… seu primeiro registro de estúdio em mais de 15 anos… e que nós selecionamos para essa primeira parte do Art Rock de hoje.

Com o Dead Can Dance vocês ouviram “Anabasis”, “Opium”, “Return of the She-King” e “All in Good Time”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer um trabalho solo de uma vocalista inglesa da geração dos anos 90, o álbum “Out of Season” de Beth Gibbons & Rustin Man…

Beth Gibbons - Out of Season

Conhecida como vocalista do grupo Portishead, Beth Gibbons contribui muito para a distinção do som do grupo, em meio a outros representantes do chamado trip hop, outra das designações que passaram a dividir o mundo do rock em nichos cada vez mais restritos, destinados a públicos segmentados, mais facilmente manipuláveis pela indústria musical.

Formado em 91, o Portishead não é um grupo muito prolífico… na primeira fase da sua carreira seriam lançados apenas dois álbuns de estúdio: “Dummy”, em 94 e “Portishead” de 97… depois disso houve uma breve separação, com um retorno somente em 2005… e foi durante esse período que Beth Gibbons gravaria seu álbum solo, uma colaboração com Paul Webb, ex-baixista do Talk Talk, que usou o pseudônimo Rustin Man.

Com uma sonoridade que mistura influências de jazz e folk, o álbum “Out of Season” saiu em 2002 e tem participações de integrantes do Portishead e do Talk Talk… mas é bem diferente de ambos, mostrando a variada gama de possibilidades dos músicos dessa geração difícil de categorizar… vamos ouvir um pouco desse único disco solo de Beth Gibbons…

Vocês ouviram Beth Gibbons & Rusty Man com “Mysteries”, “Tom the Model”, “Show”, “Sand River”, “Resolve”, “Drake”… essa última uma homenagem ao grande Nick Drake…

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

DEAD CAN DANCE

BG – KIKO

1. ANABASIS – 6:50

2. OPIUM – 5:45

3. RETURN OF THE SHE-KING – 7:51

4. ALL IN GOOD TIME – 6:38

BG – CHILDREN OF THE SUN

TOTAL – 27:04

BETH GIBBONS

BG – SPIDER MONKEY

5. MYSTERIES – 4:39

6. TOM THE MODEL – 3:42

7. SHOW – 4:26

8. SAND RIVER – 3:49

9. RESOLVE – 2:51

10. DRAKE – 3:54

BG – ROMANCE

TOTAL: 23:20

TOTAL GERAL – 50:24

Ouça o Art Rock com a Dead Can Dance & Beth Gibbons que foi ao ar no dia 25/01/2014, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *