Arquivo para Guru Guru

Guru Guru

Posted in Programas with tags on 22/06/2018 by Artrock

“Boa noite, para o programa de hoje nós escolhemos uma das lendas do progressivo germânico, o grande Guru Guru…

Esse grupo seminal do krautrock já foi trazido algumas vezes no Art Rock, mas claro que não poderíamos deixar de registrar um momento muito especial e que não chega para todo mundo… a comemoração dos 50 anos de carreira do grupo, que aconteceu em 2018, com direito até ao lançamento do álbum “Rotate!”…

Na verdade, o Guru Guru é um dos sobreviventes da sua geração… ele foi fundado em 68 e já passou por inúmeras fases… sempre sob a liderança do baterista e vocalista Mani Neumeier… e essa não foi a primeira vez que eles comemoraram uma data importante com um novo álbum, mostrando que continuam firmes com a sua proposta musical.

Para essa primeira parte, selecionamos justamente o álbum que foi lançado quando o Guru Guru celebrava 40 anos de atividade, e se mostrava sem perder nada da sua energia e criatividade… na época, podia até parecer que eles iriam diminuir o ritmo, mas, em vez disso, eles manteriam a boa forma nas excursões e apresentações em festivais… confiram um pouco do álbum “Psy” de 2008…

Vocês ouviram o Guru Guru, com “Dark Blue Star”, “Jaipur”, “Wonderland”, “Yellow Sunshine”, “Blue Angel” e “Spam Spam”

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer o álbum “Rotate!”, que comemora as cinco décadas de carreira do genial Guru Guru…

Desde o começo, o Guru Guru explorou diversas veredas musicais, da psicodelia ao rock experimental e avant garde, ao jazz-rock e até a world music, mas a sua marca também foi o ativismo politico… alguns membros do grupo chegaram a morar em comunas hippies e eles também praticavam a leitura de textos engajados nos intervalos entre as músicas durante os concertos…

Mani Neumeier continua inabalável e mantém seus companheiros de longa data Roland Schaeffler na guitarra e sax e Peter Kuhmstedt no baixo, além de um novo integrante, o guitarrista Jan Lindqvist… e juntos eles também continuam promovendo os já tradicionais Finki Festivals, celebrando o melhor do krautrock…

Musicalmente, o grupo permanece ignorando convenções… e Mani Neumeier, como um bom iconoclasta, ocupa um lugar semelhante ao de Christian Vander do Magma ou de Dave Brock do Hawkwind… todos catalizadores em torno dos quais se operam reações alquímicas, dentro e fora de seus grupos em verdadeiros movimentos musicais que progridem como deve ser: em todas as direções… vamos conferir um pouco de “Rotate!” o álbum dos 50 anos do Guru Guru.

Vocês ouviram “Rotate”, “I missed so many shootingstars”, “Anancoda”, “I am a spaceboy” e “Gurugu”… com o Guru Guru.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Araly Moser… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

GURU GURU

BG – DIE VERKÜNDUNG

1. DARK BLUE STAR – 5:07

2. JAIPUR – 3:32

3. WONDERLAND – 3:59

4. YELLOW SUNSHINE – 4:11

5. BLUE ANGEL – 3:12

6. SPAM SPAM – 5:52

BG – LUIGI

TOTAL: 25:43

GURU GURU

BG – ROLLO RIFF

1. ROTATE – 4:03

2. I MISSED SO MANY SHOOTINGSTARS – 6:34

3. ANACONDA – 6:15

4. I AM A SPACEBOY – 7:13

5. GURUGU – 0:11

BG – NANA

TOTAL: 24:16

TOTAL GERAL – 49:59

Ouça o Art Rock com Guru Guru que foi ao ar no dia 16/06/2018, clicando aqui.

Ash Ra Tempel & Guru Guru

Posted in Programas with tags , on 14/11/2011 by Artrock

” Boa noite, nosso programa de hoje terá dois belos exemplos do prog. germânico… ambos representantes da geração mais criativa do chamado krautrock…

Vamos começar com o Ash Ra Tempel… grupo pioneiro do chamado Kosmische Rock… que surgiu em 1970 em torno de duas figuras geniais… o guitarrista Manuel Göttsching e o grande tecladista e baterista Klaus Schulze do Tangerine Dream… contando ainda com o baixista Harmut Enke… um trio que lançaria em 71 o seu primeiro álbum, tornando-se imediatamente uma das referências do prog. alemão.

Mas o grupo não permaneceria com os mesmos integrantes… na verdade ele seria sempre um veículo para as viagens musicais de Manuel Göttisching, trabalhando com músicos diferentes de cada vez, à exceção dos retornos ocasionais do amigo Klaus Schulze, que voltaria no álbum de 73 e mais recentemente para excursionar a partir dos anos 90… a única constante seria a sonoridade, misturando as longas linhas melódicas de guitarra com uma incansável exploração de sons eletrônicos.

Mais tarde o grupo encurtaria o nome para Ashra, continuando em atividade a partir do álbum “New Age of Earth”, de 76… e, atualmente, Manuel Göttisching continua a apresentar-se ocasionalmente com o Ashra, além de gravar trabalhos solo e colaborações… mas, para o programa de hoje, nós selecionamos faixas da fase clássica do Ash Ra Tempel… extraídas do álbum “Starring Rosi”, de 73, em que o grupo contou ainda com a vocalista Rosi Müller…

Com o Ash Ra Tempel vocês ouviram “Laughter loving”, “Day-dream”, “Interplay of forces” e “Bring me up”.
A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nesta segunda parte do programa vamos trazer o extraordinário grupo alemão Guru Guru… uma das lendas do prog. Germânico.


Já trouxemos o Guru Guru algumas vezes no nosso programa, mas sempre é bom lembrar que ele foi fundado em 1970 e, em sua formação clássica, era um power-trio formado pelo guitarrista Ax Genrich, juntamente com o baixista Uli Trepte, e o baterista e vocalista Mani Neumeier, que sempre foi o líder do grupo, além de participar de muitos outros projetos, e ter uma carreira solo movimentada a partir dos anos 80.

Já tendo passado das quatro décadas de carreira, o Guru Guru teve muitas formações, mas sempre se manteve fiel e irredutível à sua abordagem única dos paradigmas do krautrock… misturando elementos de free jazz com as distorções da psicodelia e uma estrutura rítmica dominante…

Sem nunca ter se preocupado em correr atrás do brilho efêmero do sucesso, Mani Neumeier ainda mantém o Guru Guru em atividade, com apresentações constantes que incluem movimentadas tours europeias e também excursões pelo extremo oriente, em especial o Japão, onde o grupo tem muitos fãs… e, para o programa de hoje, nós selecionamos faixas dos álbuns “UFO”, de 1970 e “Hinten” de 71.

Vocês ouviram o Guru Guru, com “Stone in”, “Next time see you at the Dalai Lhama” e “Eletric Junk”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ASH RA TEMPEL

BG – THE FAIRY DANCE

1. LAUGHTER LOVING – 7:43

2. DAY-DREAM – 5:24

3. INTERPLAY OF FORCES – 8:48

4. BRING ME UP – 4:32

BG – SCHIZO

TOTAL – 26:27

GURU-GURU

BG – OOGA BOOGA

5. STONE IN – 5:43

6. NEXT TIME SEE YOU AT THE DALAI LHAMA – 5:59

7. ELETRICK JUNK – 11:03

BG FINAL – DER ELEKTROLURCH

TOTAL: 22:45

TOTAL GERAL: 49:12

Ouça o Art Rock com o Ash Ra Tempel & Guru Guru que foi ao ar no dia 07/05/2011, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Mahavishnu Orchestra & Guru Guru

Posted in Programas with tags , on 11/11/2009 by Artrock

” Boa noite… o som que vocês estão ouvindo ao fundo é do grupo Syd Bach… e nós vamos reiterar o chamado aos bateristas progressivos que estejam interessados em participar do retorno desse veterano do prog. rock curitibano dos anos 80… o contato é com o Nico pelo e-mail valvulado@hotmail.comou pelo telefone 9988-1828.

E agora vamos começar o programa de hoje, que vai trazer um pouco do jazz rock dos anos 70, começando com a insuperável Mahavishnu Orchestra, surgida das alugações do guitarrista John Mclaughlin, que já havia trabalhado com o grande Miles Davis e também na banda Lifetime de Tony Williams… e que reuniria um grupo de verdadeiras genialidades…

birdsoffire

Na formação clássica da Mahavishnu Orchestra estavam o violinista Jerry Goodman do Flock, o tecladista Jan Hammer que tocara com Elvin Jones e Sarah Vaugham, o baixista Rick Laird do grupo de Brian Auger e o baterista Billy Cobham, que tinha sido colega de McLaughlin no grupo de Miles Davis…. e o resultado dessa união foi registrado em três álbuns indispensáveis…

Depois a Mahavishnu continuaria com outros integrantes não menos geniais… o violinista Jean-Luc Ponty, o saxofonista Bill Evans e o baixista Jonas Hellborg… mas nós selecionamos faixas com a formação mais famosa do grupo, extraídas do genial álbum “Birds of Fire”, de 1973…

Vocês ouviram com a Mahavishnu Orchestra as faixas “Birds of Fire”, “Celestial Terrestrial Commuters”, “Thousand Island Park”, “Hope” e “One Word”.

A gente volta já!

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos continuar trazendo um pouco do jazz rock da década de 70… agora com o grupo alemão Guru Guru…

Formado nos anos 60, essa lenda viva continua em plena atividade, ainda sobre o controle do tecladista e baterista Mani Neumeier, às vésperas de completar 40 anos de carreira… e também continua excursionando e lançando trabalhos… os últimos dos quais foram os álbuns “Psy” de 2008 e “Live on Tour 2008”, lançado em 2009 e trazendo material gravado durante os shows mais recentes do Guru Guru pela Europa…

danceofflames

Desde o seu retorno no final dos anos 80, o Guru Guru passou por altos e baixos, mas não parou mais, e recuperou seu lugar no prog. alemão com ótimos trabalhos de estúdio como os álbuns “Moshi Moshi”, de 98, e “2000 Gurus”, do ano 2000… além de se apresentar com freqüência e participar de eventos progressivos e underground.

Mas, para o programa de hoje, nós selecionamos material do momento em que o grupo começaria seu prolongado interesse pelo jazz rock… o álbum “Dance of the Flames” de 74… em que Mani contou com o baixista Hans Hartmann e com o recém chegado guitarrista Houschang Nejadepour, que era muito influenciado por John McLaughlin e a Mahavishnu Orchestra…

Com o Guru Guru vocês ouviram “The Day of Timestop”, “The Girl from Hirschhorn”, “Dance of the Flames” e “God’s Endless Love for Man”.

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1…
Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… e, ao fundo, vocês ouvem o grupo curitibano Syd Bach… um veterano progressivo que está de volta e procurando um baterista… o contato é com o  pelo e-mail valvulado@hotmail.comou pelo telefone 9988-1828… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

MAHAVISHNU ORCHESTRA

BG – SYD BACH / MAHAVISHNU – OPEN COUNTRY JOY

1.    BIRDS OF FIRE – 5:48

2.    CELESTIAL TERRESTRIAL COMMUTERS – 2:54

3.    THOUSAND ISLAND PARK – 3:22

4.    HOPE – 1:59

5.    ONE WORD – 9:57

BG – RESOLUTION

TOTAL – 24:00

GURU GURU

BG – DAGOBERT DUCK’S 100 BIRTHDAY

1.    THE DAY OF TIMESTOP – 5:27

2.    THE GIRL FROM HIRSCHHORN – 8:36

3.    DANCE OF THE FLAMES – 3:30

4.    GOD’S ENDLESS LOVE FOR MAN – 7:27

BG – SYD BACH

TOTAL – 25:00

Total geral: 49:00

Ouça o Art Rock com Mahavishnu Orchestra & Guru Guru, que foi ao ar no dia 08/11/2009, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *