Arquivo para King Crimson

Greg Lake

Posted in Programas with tags , , on 21/12/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos um programa dedicado a um baixista e vocalista que foi figura central de dois dos mais importantes grupos da história do rock… o King Crimson e o Emerson, Lake & Palmer.

1

Estamos nos referindo a Gregory Stuart Lake, que nasceu em Dorset, na Inglaterra, em 1947 e compôs sua primeira música, “Lucky Man”, quando ainda tinha 12 anos… ela emergiria em um álbum muitos anos depois, mas primeiro ele teria lições de guitarra, e foi nessas aulas que ele conheceu um garoto da região que se tornaria seu amigo… o jovem Robert Fripp.

Mas, antes que essa amizade rendesse frutos, Greg Lake passaria por muitos grupos… ele começou tocando covers com o Unit Four… em 67 gravou o seu primeiro compacto com o Shame, depois gravaria outro com os Shy Limbs e também passaria um tempo com os Gods, junto de Ken Hensley, futuro Uriah Heep… até que, em 69, Robert Fripp o chamou para um novo projeto: o King Crimson.

2

Greg Lake seria o vocalista do novo grupo… só havia uma condição: ele teria que trocar a sua guitarra pelo baixo, pois a posição de guitarrista seria de Fripp… e assim nascia um dos grupos fundadores da linguagem progressiva… para essa primeira parte, nós selecionamos faixas dos dois primeiros álbuns do King Crimson, “In the Court of the Crimson King” de 69 e “In the Wake of Poseidon” de 70.

Vocês ouviram “21st Century Schizoid Man”, “The Court of the Crimson King” e “In the Wake of Poseidon”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar lembrando o grande Greg Lake, outra vítima do ceifador implacável, que estava muito ativo durante o ano de 2016…

3

Desde o começo, a repercussão do King Crimson foi grande, com o grupo sendo alçado para os primeiros escalões do rock inglês nessa nova linguagem musical que estava nascendo, o progressivo… mas, na bem sucedida tour americana de 69 eles tiveram como banda de apoio o Nice de Keith Emerson… e com isso surgiu a ideia de um novo projeto…

4

Greg Lake deixaria o King Crimson em abril de 1970 para formar o novo grupo junto com Keith Emerson e com o baterista Carl Palmer, ex-Atomic Rooster… e o E.L.P. se tornaria um dos maiores sucessos do rock dos anos 70, com uma sonoridade marcante, onde a complexidade e a fusão de elementos da música sinfônica não os impendiam de lotar estádios e vender milhões de cópias de seus álbuns… pois as gravadoras ainda não haviam resolvido deixar de divulgar o progressivo.

Greg Lake teria uma carreira longa e movimentada depois do ELP, que voltaria nos anos 90 e faria sua última apresentação no High Voltage Festival, em Londres, em 2010… Emerson escolheu deixar nossa mísera realidade em março de 2016… e, em sete de dezembro, foi a vez de Lake atravessar a barreira insondável, outra voz silenciada em um ano de grande tristeza e que levou muitas outras.

5

Vocês ouviram o Emerson, Lake and Palmer com “Knife-edge”, “Lucky Man”, “From the Beginning” e “Jerusalem”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin … lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… vamos encerrar com uma antológica versão à capela da clássica “Epitaph” do King Crimson, o tom apropriado para celebrar outro clamor silenciado da era progressiva… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

KING CRIMSON

BG – PICTURES OF A CITY

1. 21st CENTURY SCHIZOID MAN – 7:24

2. THE COURT OF THE CRIMSON KING – 9:23

3. IN THE WAKE OF POSEIDON – 7:57

BG – I TALK TO THE WIND

TOTAL – 24:44

EMERSON, LAKE & PALMER

BG – THE BARBARIAN

4. KNIFE-EDGE – 5:07

5. LUCKY MAN – 4:38

6. FROM THE BEGINNING – 4:18

7. JERUSALEM – 2:44

BG – KARN EVIL 9: 2nd IMPRESSION

TOTAL: 25:36

ENCERRAMENTO – KING CRIMSON

8. EPITAPH – 8:49

TOTAL GERAL – 50:20

Ouça o Art Rock com Greg Lake que foi ao ar no dia 17/12/2016, clicando aqui.

King Crimson

Posted in Programas with tags on 23/08/2016 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos trazer no programa um dos grupos fundamentais do rock progressivo… o grande King Crimson.

1

O velho rei é um dos criadores da linguagem progressiva… e continua em atividade, depois de bem mais de quatro décadas em que seu líder, o genial guitarrista Robert Fripp, reinventou o grupo muitas vezes, ao mesmo tempo em que construía um legado que permanece influenciando gerações de músicos nos mais diversos estilos do prog. rock…

Na verdade não precisamos dizer nada disso, pois o King Crimson é mais do que uma presença frequente no Art Rock, já que está no próprio tema do programa… mas a sua vasta discografia tem muitos grandes momentos… e hoje selecionamos três trabalhos essenciais, que capturam a primeira transição do grupo, com a saída do baixista e vocalista Greg Lake para integrar o Emerson, Lake and Palmer.

Apesar do momento atribulado e das mudanças de formação, o King Crimson ainda conseguia mostrar toda a força da sua proposta musical, onde peso e suavidade se mesclavam em meio à poética delirante de Peter Sinfield… vamos começar conferindo um pouco do seu segundo álbum, “In the Wake of Poseidon” de 1970… o último da primeira fase do grupo.

Com o King Crimson vocês ouviram “Pictures of a city”, “Cadence and cascade”, “In the wake of Poseidon” e “Peace – a theme”.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E nós vamos continuar trazendo agora um pouco do período de transição do King Crimson, que iria durar dois álbuns e prepararia o terreno para a fase com John Wetton no baixo e vocais.

Microsoft Word - Document20.docx

Com a saída de Greg Lake, Robert Fripp chamou o seu velho colega de escola, Gordon Haskell, para integrar o grupo como baixista e vocalista… e ele até já havia participado dos vocais da faixa “Cadence and Cascade” de “In the Wake of Poseidon”… mas seu potencial seria aproveitado mesmo no álbum seguinte… “Lizard”, que foi lançado ainda em 1970.

O flautista e saxofonista Mell Collins e o baterista Andy McCulloch, que haviam tocado como convidados passaram a integrar o grupo… e Fripp ainda contou com a ajuda de Jon Anderson do Yes… o resultado foi um trabalho que soava diferente dos dois primeiros álbuns do King Crimson… mas essa formação não iria longe, pois Haskell e McCulloch sairiam pouco tempo depois.

3

Tanto Elton John como Brian Ferry chegaram a ser cogitados para os vocais… e também John Wetton, que na época preferiu continuar no Family… assim os vocais ficaram para Boz Burrell, que havia tocado com Fripp no grupo Centipede… e a nova formação lançaria em 71 o álbum “Islands”… vamos ouvir um pouco desses dois trabalhos da fase de indefinição do King Crimson…

Vocês ouviram “Happy Family”, “Lady of the dancing water”, “Prince Rupert Awakes”, “Formentera Lady” e “Sailor’s tale” com o King Crimson.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

KING CRIMSON

BG – CAT FOOD

1. PICTURES OF A CITY – 8:01

2. CADENCE AND CASCADE – 4:37

3. IN THE WAKE OF POSEIDON – 8:28

4. PEACE (A THEME) – 1:16

BG – THE DEVIL’S TRIANGLE

TOTAL – 22:20

KING CRIMSON

BG – INDOORS GAMES

5. HAPPY FAMILY – 4:23

6. LADY OF THE DANCING WATER – 2:50

7. PRINCE RUPERT AWAKES – 2:50

8. FORMENTERA LADY – 10:18

9. SAILOR’S TALE – 7:33

BG – PRELUDE SONG OF THE GULLS

TOTAL: 26:54

TOTAL GERAL – 49:14

Ouça o Art Rock com King Crimson que foi ao ar no dia 06/08/2016, clicando aqui.

UK & King Crimson

Posted in Programas with tags , on 16/09/2014 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos começar com um dos grandes supergrupos ingleses do final dos anos 70… o genial UK.

   UK - Night After Night - 1979

O UK é figura conhecida aqui no programa, mas vale lembrar que ele foi formado em 1977, a partir de um projeto do baixista John Wetton e do baterista Bill Bruford, que haviam trabalhado juntos no King Crimson… e, a princípio, a ideia era um trio no estilo do Emerson, Lake and Palmer que teria na posição de tecladista ninguém menos do que Rick Wakeman, com quem Brill Bruford havia trabalhado nos seus tempos de Yes…

Mas o projeto não vingou e eles acabaram recrutando o tecladista e violinista Eddie Jobson, (ex Roxy Music) e o guitarrista Allan Holdsworth, responsável pelas fases jazzísticas do Soft Machine e do Gong… e o resultado foi o grupo UK, que lançaria seu primeiro álbum em 78… um dos melhores discos progressivos do ano, que parecia anunciar o começo de uma brilhante carreira.

uk live in boston - 2011

Claro que as grandes ideias nem sempre dão muito certo… Holdsworth e Bruford acabaram saindo logo depois da bem sucedida tour americana de 78… e o UK continuou como um trio, com a entrada de Terry Bozzio (ex-Zappa) para a bateria… mas o álbum “Danger Money” acabaria sendo o último registro de estúdio do grupo… vamos ouvir um pouco da performance ao vivo da sua fase clássica…

Vocês ouviram o UK com “Night after Night”, “Nothing to Loose”, “In the Dead of Night” e “Ceaser’s Palace Blues”, extraídas dos álbuns “Night after Night” de 79 e “Live in Boston”, lançado em 2011 mas registrando um show de 1978.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos trazer o grupo fundador de uma das grandes linhagens do rock progressivo… uma rica árvore genealógica com inúmeros integrantes… o grande King Crimson!

king-crimon-discipline-1981

Claro que não precisamos contar a história desse grupo seminal, ainda mais que é uma presença frequente no programa, e já no nosso tema de abertura… que é justamente da fase em que John Wetton e Bill Bruford ainda faziam parte do grupo, antes da primeira separação, em 74… na verdade, foi na tentativa de reformar o King Crimson que eles acabaram formando o UK…

king-crimson-beat-1982

Na época, o Rei Escarlate, isso é Robert Fripp, não tinha interesse em uma volta… ela só ocorreria anos mais tarde, e com uma formação diferente, que incluía Bill Bruford, mas completava o time com o guitarrista e vocalista Adrian Bellew (ex-David Bowie e Zappa) e o baixista Tony Levin da banda solo de Peter Gabriel… e o resultado foi um trio de álbuns clássicos, que recolocaram o King Crimson na linha de frente progressiva.

king-crimson-three of a perfect pair -1984

Vamos ouvir um pouco dessa série crimsoniana indispensável… “Discipline” de 81, “Beat” de 82 e “Three of a perfect pair” de 84… depois disso, Fripp dissolveria o grupo mais uma vez, e levaria mais 10 anos para ele ser ouvido novamente… vamos conferir um pouco dessa investida dos anos 80 do velho Crimson…

Vocês ouviram o King Crimson com “Frame by Frame”, “Discipline”, “Neal and Jack and Me”, “Heartbeat” e “Three of a Perfect Pair”…

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

UK

BG – RENDEZVOUS 6:02

1. NIGHT AFTER NIGHT – 5:23

2. NOTHING TO LOOSE – 5:17

3. IN THE DEAD OF NIGHT – 8:16

4. CEASER’S PALACE BLUES – 5:38

BG – TIME TO KILL

TOTAL – 24:34

KING CRIMSON

BG – SLEEPLESS

5. FRAME BY FRAME – 5:10

6. DISCIPLINE – 5:13

7. NEAL AND JACK AND ME – 4:22

8. HEARTBEAT – 3:55

9. THREE OF A PERFECT PAIR – 4:12

BG – WAITING MAN

TOTAL: 23:16

TOTAL GERAL – 47:50

Ouça o Art Rock com a UK & King Crimson que foi ao ar no dia 13/09/2014, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

 

 

Especial 15 anos

Posted in Programas with tags , , on 24/12/2012 by Artrock

“Boa noite, o Art Rock está entrando no ar, trazendo uma hora com o melhor do rock progressivo, uma das mais criativas tendências do rock e que, ao contrário do que muitos pensam, continua em plena atividade…

Pois é, com essas palavras, 15 anos atrás, eu, Vidal Costa, e o meu amigo Beto Bittencourt, demos início a uma viagem que não imaginávamos que duraria tanto tempo… na época o Art Rock fazia parte do horário de Todos os Caminhos do Rock, junto com outros programas que dominavam as noites de sexta-feira…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No começo a nossa “hora progressiva” era dividida em três blocos… mas isso mudaria com o tempo, assim como os horários em que o programa foi apresentado e até a sua duração, que chegou a ser de apenas meia hora por um breve período… mas, desde o começo, algumas coisas foram constantes… entre elas a nossa dedicação, e é claro o tema do programa, com o insuperável King Crimson.

E nós vamos começar esse programa especial trazendo justamente essa faixa clássica do álbum “Larks’ tongues in aspic”… um dos clássicos do King Crimson, que acabou de ser relançado em uma edição que é um verdadeiro presente de Natal para os fãs… uma caixa com 15 discos (!!) reunindo todas as gravações do álbum… vamos conferir um pouco de uma das versões alternativas desse que é o tema do Art Rock, que tem nos acompanhado nesses anos todos…

Vocês ouviram “Larks’ tongues in aspic” com o King Crimson, faixa título de um dos melhores álbuns do grupo… aqui em uma versão alternativa extraída da box set “Larks’ tongues in aspic: the complete recordings”, lançada em 2012.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora como é nosso aniversário e o Natal também está se aproximando, vamos trazer um dos presentes do ano… o álbum “Americana” do grande Neil Young.

Americana

Desde o começo o Art Rock sempre optou por reconhecer uma visão ampla da progressividade, reconhecendo não a miopia de um progresso de mão única, mas antes a ideia da pangressão em todas as direções… recuperando a matriz da música progressiva nos ano 60, quando o folk rock e o country conviviam com o nascente heavy metal… banjos e mandolins ecoavam ao lado das primeiras investidas eletrônicas… e as guitarras distorcidas passaram a poder ser ouvidas junto das orquestras sinfônicas.

E se há alguém que sempre convergiu as linguagens no mundo do rock… é o indestrutível Neil Young… que lançou em 2012 sua grande homenagem a essa música que surgiu na encruzilhada dos anos 60, com um álbum onde a força do grupo Crazy Horse aparece intacta, torcendo clássicos tradicionais em versões que lhes conferem uma renovada dimensão contestadora.

O velho Neil vai do country ao gospel… mas ele deixa uma surpresa para o fim: uma versão para “God Save the Queen”, que nos lembra que, como canadense, ele é um súdito de sua majestade… no vídeo, a rainha é mostrada vestida como Miss Liberty… mas Neil Young não podia deixar por menos e, nessa versão, o hino britânico aparece junto a “My country ‘tis of thee”, o primeiro hino americano, que usava a mesma música, mas com a letra composta por Samuel Francis Smith em 1831…

Queen Elizabeth Miss Liberty - Shepard-Fairey

Vocês ouviram “Clementine”, “Tom Dula”, “Gallows Pole”, “High Flyin’Bird”, “Wayfarin’Stranger”e “God Save the Queen”… com Neil Young.

O Art Rock de aniversário e de Natal fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pelos 15 anos de audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… e já que o mundo não acabou no dia 21, só nos resta dizer: até a semana que vem… mas vamos encerrar esse programa especial com um bônus, a primeira faixa que nós tocamos aqui no Art Rock… “America”, com o glorioso The Nice de Keith Emerson.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

KING CRIMSON

BG – LARKS TONGUES IN THE ASPIC (Part II)

1. LARKS TONGUES IN THE ASPIC (Part I – alternate version) – 11:12

BG – BOOK OF SATURDAY

TOTAL – 11:12

NEIL YOUNG

BG – OH SUSANNAH

2. CLEMENTINE – 5:42

3. TOM DULA – 8:13

4. GALLOWS POLE – 4:15

5. HIGH FLYIN’ BIRD – 5:30

6. WAYFARIN’STRANGER – 3:07

7. GOD SAVE THE QUEEN – 4:08

BG – JESUS’ CHARIOT

TOTAL – 30:55

THE NICE

8. AMERICA – 6:05

TOTAL GERAL – 48:07

Ouça o Art Rock com o Especial 15 anos que foi ao ar no dia 22/12/2012, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

King Crimson & David Gilmour

Posted in Programas with tags , on 31/08/2010 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos no programa momentos ao vivo de dois grandes nomes da história do rock, começando com um dos grupos fundadores da linguagem progressiva, que continua em atividade mais de quarenta anos depois… o insuperável King Crimson!

Naturalmente o King Crimson dispensa apresentações, ainda mais porque é figura constante em nosso programa, inclusive no nosso tema de abertura… e é também um dos grupos que melhor sintetiza o prog. rock, tanto por sua incansável exploração de ideias e conceitos musicais, como pela sua natureza polimórfica, com o entra e sai de músicos agregando sempre mais ao conjunto dominado pelo seu genial líder, o Rei Escarlate em pessoa, Robert Fripp…

Desde os tempos em que ainda era cabeludo, Fripp sempre se colocou em uma posição singular no mundo do rock… um guitarrista com uma sonoridade única, que influenciaria muita gente, sendo praticamente a matriz de muito do que é hoje feito no lado mais pesado do progressivo… ainda que os riffs poderosos e o clima angustiante de suas músicas se casassem com momentos de puro intimismo e melancolia, para formar amálgama preciosa que é o som do King Crimson.

E para essa primeira parte do programa de hoje nós selecionamos um dos incontáveis lançamentos ao vivo que Fripp providencia de quando em quando… e o escolhido foi o duplo ao vivo “Ladies of the Road”, lançado em edição limitada em 2003 e trazendo apresentações ao vivo gravadas no começo dos anos 70, quando o King Crimson contava em sua formação com Boz Burrell no baixo e vocais, Mel Collins no sax, Ian Wallace na bateria e, é claro, Robert Fripp na guitarra…

Vocês ouviram “Pictures of a city”, “Formentera Lady”, “21st Century schizoid man”… com o grande King Crimson.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora teremos outra figura frequente aqui no Art Rock, o guitarrista David Gilmour do grande Pink Floyd…

David Jon Gilmour também não precisa de maiores apresentações… pois se tornaria uma das forças criativas do Pink Floyd… e o líder do grupo depois da briga com o baixista Roger Waters… no fim, ele acabaria por ser praticamente o responsável pelos últimos trabalhos de estúdio do Floyd, entre o final dos anos 80 e o começo dos 90… ao mesmo tempo em que investia em sua carreira solo.

Os acordes espaciais da Fender Stratocaster de Gilmour estão entre os sons mais emblemáticos do progressivo… e ele levaria a sua marca nos discos solo e em suas inúmeras colaborações em trabalhos de diversos músicos, tanto na guitarra como na produção, em uma carreira ativa, mas com um perfil muito menos destacado do que o dos seus tempos de Pink Floyd.

Desde a reunião do grupo para uma única apresentação, no Live 8 em 2005, que circulam rumores de um retorno… e, por incrível que pareça, ele e Roger Waters se reaproximaram em 2010, tocando juntos em julho Oxfordshire e anunciando outros encontros… mas enquanto isso, vamos ouvir um pouco do álbum “At Hammersmith Odeon”, gravado em 1984, mas lançado em CD e DVD somente em 2009.

Vocês ouviram David Gilmour com “Untill we sleep”, “There’s no way out of here”, “Short and Sweet”, que teve a participação do genial Roy Harper e “Run Like Hell”…

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado…

Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

KING CRIMSON

BG – CIRKUS (0:52)

1. PICTURES OF A CITY – 8:46

2. FORMENTERA LADY – 6:42

3. 21ST SCHIZOID MAN – 8:58

BG – GROON

TOTAL – 24:26

DAVID GILMOUR

BG – BLUE LIGHT

1. UNTILL WE SLEEP – 5:54

2. THERE’S NO WAY OUT OF HERE – 6:28

3. SHORT AND SWEET – 6:49

4. RUN LIKE HELL – 6:38

BG – ALL LOVERS ARE DERANGED

TOTAL – 25:49

Total geral: 50:25

Ouça o Art Rock com o King Crimson & David Gilmour que foi ao ar no dia 01/08/2010, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *