Arquivo para Roxy Music

REPRISE: Roxy Music & UK

Posted in Programas with tags , on 23/05/2015 by Artrock

Olá ouvintes do Art Rock! O programa da semana passada (dia 16-05-2015), foi um reprise com o Roxy Music & UK. Confiram este programa clicando aqui!

Vocês também podem acessar o link do programa diretamente aqui.

roxymusic

for-your-pleasure

danger-money

uk

 

 

Anúncios

Roxy Music

Posted in Programas with tags on 13/04/2015 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos um programa dedicado a um dos grandes grupos dos anos 70, o Roxy Music, responsável pelo lado mais celebrado do Glam Rock…

stranded

O grande Roxy é presença frequente aqui no Art Rock… mas, para quem não sabe, ele começou em 1970 quando um ex-professor de cerâmica chamado Bryan Ferry resolveu levar adiante um projeto dos seus tempos de Art College, junto do seu velho amigo, o baixista Graham Simpson… o grupo The Gas Board.

country-life

Bryan colocou anúncio para um tecladista, mas quem apareceu foi o saxofonista Andy Mackay, que traria para o grupo genial Brian Eno, enquanto outro anúncio trouxe Paul Thompson para a bateria… a essa altura eles já eram o Roxy Music, e o seu primeiro guitarrista seria ninguém menos que David O’List, do grande The Nice de Keith Emerson… também conseguido na base do anúncio na Melody Maker.

flesh-and-blod

Essa versão do Roxy não duraria muito… e seria com Phil Manzanera na guitarra que eles tomariam forma definitiva, tornando-se um dos mais bem sucedidos grupos do rock inglês, com um som único, que cruzava as fronteiras entre os estilos musicais e traduzia toda a riqueza sonora da década de 70… e, para essa primeira parte, nós selecionamos faixas extraídas dos álbuns da sua fase intermediária, depois da saída de Brian Eno, substituído pelo multi-instrumentista Eddie Jobson, ex-Curved Air.

Vocês ouviram “Serenade”, “The Thrill of it All”, “Praire Rose”, “Love is the Drug” e “Both Ends Burning” com o Roxy Music.

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar com o Roxy Music, que voltou a se apresentar em 2001 depois de um longo silêncio, mas sem novos registros de estúdio…

A entrada de Eddie Jobson, em 73, acabou consolidando o Roxy Music naquela que se tornaria a sua formação mais duradoura… responsável por grandes álbuns e também pela ascensão do grupo, principalmente depois do sucesso de faixas clássicas como “Street Life” de “Love is the Drug”… e foi também a época em que todos começaram a experimentar com trabalhos solo e projetos paralelos…

manifesto

Em 76 eles se separariam, mas voltariam dois anos depois com um novo álbum, “Manifesto”, sem Eddie Jobson e contando apenas com Ferry, Thompson, McCay e Manzanera… foi o começo de uma nova fase, que mostraria o grupo tentando se conservar fiel ao seu estilo, em meio à força do punk rock e da disco music… e eles pareciam ter se reencontrado com o álbum “Avalon” de 82… mas ele acabaria sendo o último registro de estúdio do Roxy Music.

avalon

Uma reunião foi organizada em 2001, quando estavam comemorando os 30 anos do grupo… e eles voltariam a se apresentar juntos muitas vezes desde então… mas as gravações desta época não renderiam um novo trabalho de estúdio e acabariam sendo aproveitadas no álbum “Olympia” de Bryan Ferry… vamos fechar com um pouco do último período criativo do Roxy Music, entre 78 e 82…

siren

Vocês ouviram “Angel Eyes”, “Stranger through the years”, “My only love”, “More than this”, “Avalon” e “Tara”… com o Roxy Music.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ROXY MUSIC

BG –A SONG FOR EUROPE

1. SERENADE – 3:00

2. THE THRILL OF IT ALL – 6:25

3. PRAIRE ROSE – 5:13

4. LOVE IS THE DRUG – 4:11

5. BOTH ENDS BURNING – 5:16

BG – STREET LIFE

TOTAL – 24:05

ROXY MUSIC

BG – RUNNING WILD

6. ANGEL EYES – 4:13

7. STRANGER THROUGH THE YEARS – 6:14

8. MY ONLY LOVE – 5:19

9. MORE THAN THIS – 4:31

10. AVALON – 4:17

11. TARA – 1:47

BG – TAKE A CHANCE WITH ME

TOTAL: 26:21

TOTAL GERAL – 50:26

Ouça o Art Rock com a Roxy Music que foi ao ar no dia 04/04/2015, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Roxy Music & UK

Posted in Programas with tags , on 24/04/2013 by Artrock

“Boa noite, o Art Rock de hoje vai trazer dois grandes grupos do rock inglês, começando com um representante do lado mais sofisticado do glam rock: o genial Roxy Music.

roxymusic

Desde o começo, o Roxy inspirou-se nas viagens do art rock dos anos 60, misturando elementos de pop-art com as linguagens visuais do cinema noir… e combinando tudo em uma música complexa onde a guitarra de Phil Manzanera estabelecia diálogos com os teclados de Brian Eno, com o sax de Andy Mackay, a bateria de Paul Thompson e, é claro, os vocais refinados de Bryan Ferry.

O som do Roxy Music misturava elementos de sonoridades que iam do vaudeville ao eletrônico e nunca perdeu o seu prestígio, mesmo depois da saída de Brian Eno, que foi substituído por Eddie Jobson do Curved Air… e os álbuns sempre receberam muita atenção da mídia, assim como uma forte resposta do público, que acompanhou a evolução do visual glitter do começo da carreira para o look sério e charme forçado dos anos 80 e até o seu retorno triunfal no ano 2000.

for your pleasure

O que era para ser apenas uma rápida excursão com alguns shows acabou se tornando uma tour mundial que duraria dois anos… na época, eles haviam anunciado que iriam parar, mas outras tours se seguiram, a última das quais foi em 2011… desde então eles continuaram com seus trabalhos solo, mas não houve conversa de separação… e, para hoje, nós selecionamos faixas dos dois primeiros álbuns, com Brian Eno nos teclados.

Vocês ouviram faixas da primeira fase do Roxy Music, quando Brian Eno usava roupas douradas e ainda tinha longos cabelos loiros… primeiro foi “Re-make/Re-model”, depois “Virginia Plain”, “The Bob (Medley)”, “Do the Strand” e “For your pleasure”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Agora teremos outro grande nome do rock britânico… o supergrupo UK, que tinha em sua formação o guitarrista Allan Holdsworth, o tecladista e violinista Eddie Jobson, o baterista Bill Bruford e John Wetton no baixo e nos vocais.

Danger Money

Formado em 77, o UK teve uma carreira curta e brilhante, lançando seu primeiro álbum no ano seguinte e atraindo um grande número de fãs, tantos pelo pedigree dos seus membros, quanto pela qualidade do seu som… mas, infelizmente, ele não tinha muitas chances de sobrevivência no cenário musical do final dos anos 70, com a ascensão do punk rock e da discomusic.

Com uma formação que incluía músicos que haviam tocado no Yes, King Crimson, Gong, Soft Machine… e Roxy Music, o UK era uma verdadeira fusão do progressivo inglês… mas, logo depois da primeira tour, ele já sofreria suas primeiras baixas, com a saída de Bruford e Holdsworth, que resolveram tentar um projeto conjunto.

UK

John Wetton ainda chamou o batera Terry Bozzio (ex-Zappa) e tentou seguir em frente com o UK, lançando o álbum “Danger Money” em 79… mas eles se separariam pouco tempo depois do álbum ao vivo “Night After Night”, ainda naquele ano… e, apesar de muitos rumores, a reunião só ocorreria em 2012, com uma tour que se estenderia por 2013… mas vamos ficar com faixas dos dois álbuns de estúdio desse grande grupo.

Vocês ouviram com o UK as faixas “In the dead of night”, “Presto vivace and reprise”, “Rendezvous”, “The only thing she needs” e “Nothing to loose”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

ROXY MUSIC

BG – EDITIONS OF YOU

RE-MAKE/RE-MODEL – 5:14

VIRGINIA PLAIN – 2:59

THE BOB (MEDLEY) – 5:49

DO THE STRAND – 4:04

FOR YOUR PLEASURE – 6:52

BG – THE BOGUS MAN

TOTAL – 24:58

UK

BG – DANGER MONEY

IN THE DEAD OF NIGHT – 5:34

PRESTO VIVACE AND REPRISE – 3:06

RENDEZVOUS 602 – 5:02

THE ONLY THING SHE NEEDS – 7:57

NOTHING TO LOOSE – 4:00

BG – CEASER’S PALACE BLUES

TOTAL: 25:39

TOTAL GERAL – 50:37

Ouça o Art Rock com o Roxy Music & UK que foi ao ar no dia 20/04/2013, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Mott the Hoople & Roxy Music

Posted in Programas with tags , on 01/01/2011 by Artrock

“Boa noite, hoje teremos no programa dois exemplos do lado mais sofisticado do glitter ou glam rock, começando com um grupo que surgiu nos anos 60… o grande Mott the Hoople de Ian Hunter…

Nascido em Hereford, na Inglaterra, em 68, eles se chamavam originalmente Silence, e já contavam com o guitarrista Mick Ralphs, o tecladista Verden Allen, o baixista Overend Watts e o baterista Dale Griffin… mas foi só com a entrada do vocalista Ian Hunter que o grupo realmente tomou forma, adotando o nome Mott the Hoople, tirado do romance de Willard Manus…

No começo o seu som buscava uma abordagem radical e amplificada de folk rock, com pitadas de psicodelia, mas com o tempo, e a ajuda do amigo David Bowie, o Mott the Hoople acabaria se tornando uma lenda do glam rock… fazendo sucesso nos dois lados do Atlântico e vendendo milhões de cópias de álbuns clássicos como “All the Young Dudes” de 72 e “Mott” de 73…

Eles se separariam em 1978, quando já usavam o nome de British Lions e não tinham mais nenhum membro da formação original… mas, para essa primeira parte do programa, nós selecionamos faixas do começo de sua carreira, extraídas do álbum de estreia, “Mott the Hoople” de 69 e de “Mad Shadows” de 70… e também do seu trabalho mais celebrado, o genial “All the Young Dudes”…

Com o Mott the Hoople vocês ouviram “At the Crossroads”, “Rock and Roll Queen”, “Thunderbuck Ram”, “All the Young Dudes”… e, para fechar, a versão original da clássica “Ready for Love”, que se tornaria um grande sucesso no grupo que o guitarrista Mick Ralphs montaria mais tarde… o Bad Company.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Agora teremos outro grande grupo dos anos 70 que mesclava a estética do glam rock com um som de natureza complexa e genial, o Roxy Music.

Nas suas origens o Roxy Music inspirou-se nas viagens do art rock dos anos 60, misturando elementos de pop-art com as linguagens visuais do cinema noir com uma proposta musical rica, que se formava no diálogo entre os vocais de Brian Ferry, a guitarra de Phil Manzanera, o sax de Andy MacKay e os teclados de Brian Eno…

O som do Roxy era uma amálgama de estilos que iam do vaudeville ao eletrônico… e mesmo a saída de Brian Eno, que foi substituído por Eddie Jobson do Curved Air, não chegou a comprometer a proposta do grupo, que nunca perdeu o seu prestígio com a crítica e os fãs… algo que ficou bem demonstrado com o impacto do seu retorno triunfal no ano 2000.

O que era para ser apenas uma rápida excursão com alguns shows acabou se tornando uma tour mundial que duraria dois anos… e só terminaria em outubro de 2001, com uma apresentação lendária no Hammersmith Odeon de Londres… mas, para o programa de hoje, nós selecionamos faixas de dois de seus melhores álbuns… “Stranded” de 73 e “Country Life” de 74…

Vocês ouviram “Street Life”, “A song for Europe”, “The Thrill of it All”, “A really good time” e “Prairie Rose”… com o Roxy Music.

O Art Rock fica por aqui… obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você vai poder fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado…

Até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

MOTT THE HOOPLE

BG – SOFT GROUND

1. AT THE CROSSROADS – 5:33

2. ROCK AND ROLL QUEEN – 5:10

3. THUNDERBUCK RAM – 4:47

4. ALL THE YOUNG DUDES – 3:32

5. READY FOR LOVE – 6:48

BG – SWEET JANE

TOTAL: 25:50

ROXY MUSIC

BG – THREE AND NINE

1. STREET LIFE – 3:29

2. A SONG FOR EUROPE – 5:45

3. THE THRILL OF IT ALL – 6:24

4. A REALLY GOOD TIME – 3:46

5. PRAIRIE ROSE – 5:12

BG – TRIPTYCH

TOTAL – 24:36

GRAND TOTAL – 50:26

Ouça o Art Rock com o Mott the Hoople & Roxy Music que foi ao ar no dia 28/11/2010, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *