Arquivo para Supertramp

Supertramp & Roger Hodgson

Posted in Programas with tags , on 22/05/2018 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje vamos começar com um dos grupos mais bem sucedidos da história do rock inglês dos anos 70 e 80… o Supertramp, que costumava se situar meio na fronteira entre o pop e o progressivo.

Já trouxemos outras vezes o Supertramp no programa… e, normalmente, nos focamos mais na sua fase mais famosa, trazendo momentos dos álbuns clássicos entre 73 e 78 e até um pouco do período de maior sucesso, na virada para a década de 80… mas, dessa vez, vamos nos concentrar em uma hora de mudanças, depois da saída de uma de suas forças criativas, o vocalista, tecladista e guitarrista Roger Hodgson, em 83.

A crise acabaria rendendo um esforço criativo por parte do outro tecladista e vocalista do grupo, Rick Davies, que sempre havia sido o líder do Supertramp e queria mostrar que eles poderiam seguir em frente sem a marca do inconfundível vocal de Roger Hodgson… e o resultado seria o álbum “Brother Where you Bound”, que contava com a participação especial de David Gilmour do Pink Floyd.

A ótima recepção parecia indicar que o grupo havia realmente encontrado o caminho para a continuidade, mas “Free as a Bird” de 87 seguiria uma direção diferente e acabaria sendo o último álbum dessa fase e eles levariam 10 anos para voltar a gravar… e para essa primeira parte nós selecionamos um pouco de “Brother Where you Bound”, o inspirado trabalho de transição do Supertramp…

Vocês ouviram o Supertramp com “Cannonball” e “Brother Where you Bound”…

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos ouvir um momento da carreira solo de Roger Hodgson, que se manteve bem ativo depois que deixou o Supertramp, embora não tenha lançado muitos trabalhos…

Durante os seus últimos meses com o grupo, Roger Hodgson estava passando por uma ruptura pessoal… ele havia se mudado para os Estados Unidos, construindo um estúdio em sua casa na Califórnia e começando a gravar um álbum solo… era 1983 e ele ainda participou da gravação do álbum “…Famous Last Words” do Supertramp e também da tour mundial que se seguiu… mas sairia logo depois.

Com o nome “In the Eye of the Storm”, seu álbum solo acabaria saindo em 84 e foi um grande sucesso internacional, puxado pelos hits “Had a Dream” e “In Jeopardy”… mas ele quebraria os dois pulsos em uma queda logo antes do lançamento do seu disco seguinte, “Hai Hai” de 87… e passaria um logo tempo em recuperação…

Só em 97 ele lançaria “Rites of Passage”, que tinha como convidado o saxofonista John Helliwell, seu antigo colega do Supertramp… mas, apesar de se manter ativo e se apresentar com frequência, o seu último registro de estúdio seria o álbum “Open the Door” de 2000, contando com as participações de Trevor Rabin do Yes e também de Alan Simon… fiquem com um pouco desse belo trabalho de Roger Hodgson.

Vocês ouviram “Showdown”, “Death and a Zoo”, “Open the Door” e “For Every Mans”… com Roger Hodgson.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin, lá você poderá fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… tenham uma boa noite e até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

SUPERTRAMP

BG – STILL IN LOVE

1. CANNONBALL – 7:38

2. BROTHER WHERE YOU BOUND – 16:30

BG – NO INBETWEEN

TOTAL: 24:08

ROGER HODGSON

BG – THE MORE I LOOK

1. SHOWDOWN – 5:20

2. DEATH AND A ZOO – 7:32

3. OPEN THE DOOR – 8:55

4. FOR EVERY MAN – 4:44

BG – SAY GOODBYE

TOTAL: 26:30

TOTAL GERAL – 50:38

Ouça o Art Rock com Supertramp & Roger Hodgson que foi ao ar no dia 19/05/2018, clicando aqui.

Supertramp

Posted in Programas with tags on 23/11/2015 by Artrock

Boa noite, hoje teremos no programa um dos grandes nomes da história do rock… e que faz muito tempo que não trazemos aqui no Art Rock… o Supertramp!

1

Esse grupo lendário surgiu quando o milionário holandês Stanley Miesegaes decidiu deixar de financiar o grupo The Joint, e apoiar o seu tecladista, Rick Davies, para começar do zero em um novo projeto… entusiasmado, Rick colocou um anúncio no Melody Maker e logo ele tinha uma banda completa… Roger Hodgson no baixo e vocais, Richard Palmer na guitarra e Keith Baker na percussão…

Baker não duraria muito… e nem o nome do grupo, que era Daddy e logo mudaria para Supertramp, inspirado na obra do poeta vagabundo William Henry Davies… e o primeiro álbum seria lançado em 1970… um belo trabalho progressivo que acabou não tendo muita repercussão… o mesmo ocorrendo com “Indelibly Stamped” de 71.

2

O padrinho milionário acabou tirando o seu apoio e logo só Rick Davies e Roger Hodgson continuavam no grupo… no fim, seria com a entrada de Dougie Thompson para o baixo, John Helliwell para o sax e Bob Sienbenberg para a bateria que o Supertramp se reinventaria… mas vamos conferir primeiro um pouco dos seus dois primeiros álbuns, os mais progressivos…

Vocês ouviram o Supertramp com “It’s a long road”, “Try Again” e “Aries”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos continuar com o grande Supertramp, um dos mais bem sucedidos grupos do rock inglês dos anos 70 e 80…

3

Com a entrada dos novos integrantes, Roger Hodgson, que já havia migrado para a guitarra no segundo álbum, começou a expandir ainda mais, adotando também o piano elétrico… enquanto isso, Rick Davies também já estava bem mais confortável assumindo os vocais em mais faixas… e a relação de ambos com o restante do grupo passou a ser mais criativa, permitindo novas sonoridades.

O álbum “Crime of the Century” abriria o caminho para o sucesso internacional, e seria seguido por uma série de trabalhos clássicos como “Crisis? What Crisis”, “Even in the Quietest Moments” e, é claro, o mega hit “Breakfast in America”, de 79, que levaria o Supertramp ao mega-estrelato… e também ao começo da crise que levaria à saída de Roger Hodgson depois do álbum “Famous Last Words”, de 82.

4

O grupo seguiria em frente e lançaria bons trabalhos… depois passaria por hiatos e reuniões, nenhuma das quais envolveu Roger Hodgson… e em 2015 eles cancelaram a sua primeira tour em quatro anos por problemas de saúde de Rick Davies… mas, essa fase extensa e de pouca repercussão do grupo fica para outro programa, para fechar o programa de hoje nós selecionamos faixas dos álbuns “Crime of the Century” de 73 e “Breakfast in America”, de 79…

Vocês ouviram as faixas “School”, “Bloody Well Right”, “Crime of the Centur”, “The Logical Song” e “Goodbye Stranger”, com o Supertramp.

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição impecável de Abílio Henrique, que foi também quem sugeriu o Supertramp para o programa de hoje… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

SUPERTRAMP

BG – SHADOW SONG

1. IT’S A LONG ROAD – 5:34

2. TRY AGAIN – 12:03

3. ARIES – 7:37

BG – TRAVELLED

TOTAL – 25:15

SUPERTRAMP

BG – HIDE IN YOUR SHELL

4. SCHOOL – 5:34

5. BLOODY WELL RIGHT – 4:31

6. CRIME OF THE CENTURY – 5:35

7. THE LOGICAL SONG – 4:11

8. GOODBYE STRANGER – 5:50

BG – TAKE THE LONG WAY HOME

TOTAL: 25:41

TOTAL GERAL – 50:56

Ouça o Art Rock com Supertramp que foi ao ar no dia 14/11/2015, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *