Arquivo para Vanilla Fudge

Vanilla Fudge

Posted in Programas with tags on 30/06/2015 by Artrock

“Boa noite, hoje vamos trazer no programa um dos maiores nomes da era psicodélica, o grande Vanilla Fudge, que está bem vivo e lançou em 2015 um álbum imperdível… “Spirit of 67”…

1

A história dessa lenda viva do rock americano começou em 65 quando o tecladista Mark Stein e o baixista Tim Bogert ainda tocavam no grupo The Snowmen… eles resolveram formar o seu próprio grupo com o guitarrista Vinve Martell e com o baterista Joey Brennan… e adotaram o nome The Eletric Pidgeons… mas seria só com a entrada de um novo batera, Carmine Appice, que eles conseguiram se firmar.

Mudando o nome para Vanilla Fudge eles seguiram com a proposta de Mark, que explorava a sonoridade dos órgãos hammond para criar climas pesados, elaborando arranjos e mudanças de tempo em cima de faixas pop de sucesso, que ficavam simplesmente irreconhecíveis e se tornariam a sua marca registrada.

2

O Fudge se tornaria um fenômeno depois da sua versão para “You keep me hangin’on”, faixa clássica das Supremes… e lançariam uma série de álbuns indispensáveis nos anos 60, influenciando grupos como o Deep Purple… com Ritchie Blackmore chegando a declarar que o seu sonho, no começo, era chegar a ser como o Vanilla Fudge… vamos ouvir um pouco desse grupo seminal…

Você ouviram o Vanilla Fudge com “Bang Bang” de Cher (que hoje é mais conhecida na versão de Nancy Sinatra), depois foi “You keep me hanging on” das Supremes, “That’s what makes a man”, que é do próprio Fudge, e “Shotgun” do Junior Walker & the All-Stars…

A gente volta já.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora nós vamos continuar com o Vanilla Fudge, trazendo o excelente álbum “Spirit of 67”, que foi uma recomendação do nosso amigo Almir Octávio…

3

Depois da separação em 1970, os membros do Fudge não ficaram parados… Tim Bogert continuaria trabalhando ao lado de Carmine Appice… juntos els montariam o Cactus e depois outro projeto de vida curta, o genial Beck, Bogert & Appice com o insuperável Jeff Beck… já Mark Stein montaria o Boomerang, que não iria muito longe… mas ele manteria o contato com os velhos amigos para futuras reuniões.

Nos anos 80 eles lançariam o álbum “Mystery”… e voltariam a se reunir muitas vezes, incluindo tours com a formação original e álbuns como “The Return” de 2001 e “Out through the in door”, uma coletânea de covers do Led Zeppelin, lançada em 2007… a homenagem foi muito bem recebida, principalmente para quem lembra que o Led chegou a abrir os shows do Vanilla Fudge no final dos anos 60.

4

Mas a grande surpresa veio com o lançamento de “Spirit of 67”, que contou com os membros originais Mark Stein, Vince Martell e Carmine Appice, tendo Pete Bremy no baixo… o nome é uma homenagem ao disco de Paul Revere & The Raiders”, mas é o tratamento Fudge que impressiona, pois mostra que o grupo ainda é capaz de reinventar clássicos… um grande álbum dos anos 60, gravado em 2015.

Com o Vanilla Fudge vocês ouviram “I heard it through the grapevine” de Marvin Gaye, “The letter” dos Box Tops, “I can see for miles” do Who, “Break on through (To the other side)” dos Doors e “Whiter shade of pale” do Procol Harum…

O Art Rock fica por aqui… o programa tem a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… ele foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

VANILLA FUDGE

BG – TICKET TO RIDE

1. BANG BANG – 5:28

2. YOU KEEP ME HANGING ON – 6:45

3. THAT’S WHAT MAKES A MAN – 4:29

4. SHOTGUN – 6:13

BG – TAKE ME FOR A LITTLE WHILE

TOTAL – 22:55

VANILLA FUDGE

BG – I’M A BELIEVER

5. I HEARD IT THROUGH THE GRAPEVINE – 5:29

6. THE LETTER – 5:54

7. I CAN SEE FOR MLES – 4:56

8. BREAK ON THROUGH (TO THE OTHER SIDE) – 5:45

9. WHITER SHADE OF PALE – 5:11

BG – GIMME SOME LOVIN’

TOTAL: 27:15

TOTAL GERAL – 50:10

Ouça o Art Rock com Vanilla Fudge que foi ao ar no dia 27/06/2015, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Anúncios

Vanilla Fudge & Cactus

Posted in Programas with tags , on 20/11/2013 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje vamos trazer dois grupos lendários que voltaram à atividade na década passada… e vamos começar por um dos grandes nomes da psicodelia americana dos anos 60… o Vanilla Fudge.

vanillafudge-boxoffudge

O velho Fudge está entre os grupos mais antigos ainda em atividade… ele surgiu em Long Island, em 65, com o nome The Eletric Pigeons… mas seria como Vanilla Fudge que eles se tornariam um grande sucesso, sempre explorando as improvisações em cima de hits pop convertidos em viagens sonoras pelo talento de seus integrantes, o tecladista Mark Stein, o baixista Tim Bogert, o guitarrista Vince Martell e o baterista Carmine Appice.

No seu auge, o Vanilla Fudge era um dos nomes mais celebrados do rock pesado americano… e chegaram a ter o Led Zeppelin como sua banda de apoio, na sua tour de 69… mas eles se separariam pouco tempo depois, com a saída de Bogert & Appice, e só retornariam no começo da década de 80, com ninguém menos do que o grande Jeff Beck assumindo as guitarras, sob o pseudônimo de J. Toad.

Desde então as reuniões com várias formações ocorreriam com frequência, mas eles só voltariam para valer (e com os seus integrantes originais) depois do ano 2000, lançando dois álbuns de estúdio e vários ao vivo… e, para o programa de hoje nós selecionamos faixas extraídas da caixa “Box of Fudge”, que inclui clássicas, material inédito e também a íntegra do Concerto da noite de Ano Novo no Filmore West em 68…

Vocês ouviram “Shotgun”, “You keep me hangin’on”, “Good good livin’” e “Like a Rolling Stone” com o Vanilla Fudge ao vivo em San Francisco na Véspera de Ano no de 1968.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos continuar na família do Vanilla Fudge, com um dos seus mais importantes descendentes… o grupo Cactus.

Cactus V2

Na origem, o Cactus surgiu como um projeto de Jeff Beck, que iria ser formado a partir da primeira formação do Jeff Beck Group… incluindo o próprio Jeff e também o vocalista Rod Stewart… e tendo como outros integrantes Tim Bogert e Carmine Appice, que na época ainda estavam no Vanilla Fudge… mas isso acabou não acontecendo devido ao acidente que tirou Jeff Beck de circulação por mais de um ano.

No fim, enquanto Rod Stewart ia para os Faces, Bogert & Appice resolveram levar adiante o projeto por conta própria, chamando o vocalista Rusty Day dos Amboy Dukes e o guitarrista Jim McCarthy, ex-Mitch Ryder’s Destroit Wheels e Buddy Miles Express… e o resultado foi um supergrupo de peso, que lançaria 4 álbuns antológicos até 1972… quando Jeff Beck resolveu reaparecer.

A criação do megagrupo Beck, Bogert & Appice acabou decretando o fim do Cactus… e só em 2006 eles voltariam a se reunir, em parte pela própria reunião do Vanilla Fudge e seguindo como projeto paralelo… vamos ouvir um pouco do excelente álbum de retorno, “Cactus V”, que tinha Jimmy Kunes do Savoy Brown assumindo os vocais, no lugar de Rusty Day, que deixou a nossa realidade em 82.

Vocês ouviram o Cactus com “Cactus music”, “High in the city”, “Day for night”, “Shine” e “Jazzed”.

O Art Rock fica por aqui… o programa teve a produção de Vidal Costa e de Beto Bittencourt, a apresentação de Vidal Costa e a edição de Abílio Henrique… obrigado pela audiência e continuem na É Paraná, 97.1… visite o nosso Blog em https://artrock.wordpress.com… que foi idealizado e é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin Volpão… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e também deixar o seu recado… até a semana que vem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

VANILLA FUDGE

BG – TAKE ME FOR A LITTLE WHILE

1. SHOTGUN – 6:35

2. YOU KEEP ME HANGING ON – 7:24

3. GOOD GOOD LIVIN’ – 5:05

4. LIKE A ROLLING STONE – 7:00

BG – TICKET TO RIDE

TOTAL – 26:04

CACTUS

BG – ELETRIC BLUE

1. CACTUS MUSIC – 4:3

2. HIGH IN THE CITY – 4:12

3. DAY FOR NIGHT – 5:49

4. SHINE – 3:57

5. JAZZED – 4:42

BG –THE GROOVER

TOTAL: 23:14

TOTAL GERAL – 49:54

Ouça o Art Rock com a Vanilla Fudge & Cactus que foi ao ar no dia 16/11/2013, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

 

Vanilla Fudge

Posted in Programas with tags on 20/04/2010 by Artrock

“Boa noite, no programa de hoje teremos um dos grandes nomes do rock americano dos anos 60, que foi uma força da psicodelia e também um pioneiro do rock pesado… o grande Vanilla Fudge.

 

Formado em Long Island, Nova York, em 1965, eles no começo se chamavam The Eletric Pigeons… e já contavam com o genial tecladista Mark Stein e o baixista Tim Bogert… aos quais se juntariam mais tarde o guitarrista Vince Martell e o baterista Carmine Appice… uma formação de peso que adotou em 67 o seu nome definitivo: Vanilla Fudge.

O primeiro álbum sairia em 68… e logo eles se tornaram uma sensação, principalmente depois de uma aparição antológica no show de Eddie Sullivan… e também graças à sua versão insuperável para a clássica “You Keep Me Hangin’ On” das Supremes de Diana Ross… uma faixa romântica que ganharia uma sonoridade cheia de viagens e improvisações, uma prática que seria a marca registrada do grupo.

Mas o Vanilla Fudge ia muito além das covers que os tornariam famosos, com álbuns clássicos como “The Beat Goes On”, “Near the Beginning” e “Rock and Roll” oferecendo uma combinação única na época, misturando arranjos sinfônicos com os riffs e fraseados de órgão, solos de guitarra e bateria… e para essa primeira parte a gente selecionou faixas da fase clássica dessa lenda da era psicodélica.

Com o Vanilla Fudge vocês ouviram “Ticket to Ride”, “You Keep me Hangin’On”, “The Windmills of your Mind” e “Where is my Mind”.

A gente volta já…

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

E agora vamos continuar trazendo um pouco mais do Vanilla Fudge, uma lenda que, de vez em quando, volta a se reunir… excursionando e lançando alguns álbuns, mas sem se comprometer com um retorno de verdade.

Ao contrário de muitas das grandes bandas da sua época, o Vanilla Fudge se separou no auge, em parte porque os músicos não agüentavam a pressão das constantes tours mundiais… mas também por que estavam interessados em desenvolver outros projetos, alguns dos quais acabaram dando frutos.

Carmine Appice e Tim Bogert seguiram com outros projetos, primeiro com o Cactus e depois com o Beck, Bogert & Appice… para não falar nas investidas de Carmine no rock pesado nos anos 80 e 90… mas o Vanilla Fudge sempre permaneceu como um marco, e eles até chegaram a tentar uma volta em 1984, que não deu muito certo e rendeu apenas o álbum “Mystery”…

Em 2002 eles tentariam novamente com “The Return”… e, desde então, houve outros álbuns de estúdio e ao vivo, embora continuem com vários outros projetos… mas isso fica para outro programa, para hoje nós selecionamos faixas do genial “Out Through the In Door”, de 2007… a homenagem do Vanilla Fudge a um grupo que costumava abrir para eles nos anos 60… um certo Led Zeppelin…

Vocês ouviram “Ramble On”, “Dazed and Confused”, “Black Mountain Side”, “Babe, I’m Gonna Leave You” e “Your Time is Gonna Come”… com o Vanilla Fudge tocando faixas de um grupo que eles ajudaram a lançar nos Estados Unidos… o Led Zeppelin.

Art Rock fica por aqui, obrigado pela audiência, tenham uma boa noite e continuem na Paraná Educativa, 97,1…

Visite o Blog do Art Rock em https://artrock.wordpress.com… que é administrado pela nossa querida amiga Ana Barbara Vicentin… lá você pode fazer downloads do conteúdo do programa e deixar o seu recado… até a semana que vem.”

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

VANILLA FUDGE

1.TICKET TO RIDE – 6:04

2.YOU KEEP ME HANGIN’ON – 7:25

3.THE WINDMILLS OF YOUR MIND – 6:03

4.WHERE IS MY MIND – 2:43

TOTAL – 22:15

VANILLA FUDGE

1.RAMBLE ON – 4:30

2.DAZED AND CONFUSED – 5:57

3.BLACK MOUNTAIN SIDE – 3:31

4.BABE, I’M GONNA LEAVE YOU – 7:05

5.YOUR TIME IS GONNA COME – 5:46

TOTAL – 26:49

Total geral: 49:04

Ouça o Art Rock com Vanilla Fudge que foi ao ar no dia 04/04/2010, clicando aqui.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *